Que a tecnologia em nossas vidas é algo tão necessário disso já sabemos. No entanto, existe um contraponto nessa afirmação, pois se ela é de fato importante para a sociedade, por que, então, não passa a ser uma disciplina oficial a ser trabalhada nos bancos escolares?

Obviamente que essa questão esbarra em diversos aspectos que vão desde vontade política até recursos para a sua realização.

De qualquer forma, mesmo que essa realidade não esteja em vigência em nosso sistema educacional como um todo, é interessante considerar essa discussão, uma vez que, segundo especialistas, só há vantagens quando uma instituição adota o ensino de matérias relacionadas à tecnologia, como por exemplo, os principais conceitos de programação.

Com certeza iremos nos deparar nesse debate com argumentos pertinentes que afirmam a necessidade de inovação por parte das escolas pública e até mesmo dos particulares para que seja possível a implementação de um curso básico de programação, por exemplo.

Além disso, existe a máxima de que sim, os alunos não são os mesmo de décadas passadas, e como as tecnologias estão a fazer parte de suas vidas, as escolas precisariam compreender a importância de acompanhar todo esse processo para que, desse modo, fosse de fato implementada novas ferramentas, bem como outros recursos capazes de proporcionar o ensino dessa matéria.

Se você tem interesse nessa discussão, acompanhe neste post algumas considerações que denotam claramente a importância das aulas de programação ou um curso de programação de sistemas nas escolas públicas e privadas.

Os melhores professores de Programação disponíveis
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

A programação é uma realidade que precisa ser percebida

Sem dúvida, uma pessoa que se dedica à programação está a se dedicar a uma atividade totalmente aliada à tecnologia.

Isso significa que tudo que vem a se relacionar com a carreira de um programador ou programadora, por exemplo, se dá em razão da constante evolução da própria tecnologia no mundo.

Esse aspecto se dá não apenas para tais profissionais, mas também para todas as pessoas, inclusive as crianças, afinal, a tecnologia (por meio de cursos programação) é uma realidade cotidiana que, embora a utilizemos constantemente, ela ainda não é totalmente percebida.

Garota da sala de aula sorrindo segurando um tablet.
A utilização de dispositivos na escola, com o auxílio do professor, pode ser um aliado no aprendizado das crianças!

Sendo trabalhada na escola, a programação proporciona um contato com recursos bem-conhecidos por todos nós. Ou seja, um curso de programação nas escolas convencionais trabalha com a criação de programas, aplicativos, sites, games ou qualquer outra coisa que tenha relação com essa ciência.

Assim como o inglês e o espanhol são necessários para o processo de aprendizagem das crianças e adolescentes, a programação também se faz urgente, pois ela está estritamente ligada ao uso diário que fazemos das tecnologias e como já foi dito aqui, grande parte das crianças, por exemplo, crescem rodeadas por essa realidade.

A tecnologia como um recurso motivador na sala de aula

Normalmente, crianças e adolescentes se mostram extremamente interessados quando estão diante de uma nova tecnologia, como celular ou tablet.

Tendo em vista tal afirmação, é interessante destacar que dentro de um ambiente escolar um trabalho pedagógico feito com dispositivos tecnológicos aumentariam ainda mais o interesse dos estudantes.

Isso não significa a permissão indiscriminada de aparelhos que provavelmente atrapalhariam as aulas, mas uma abordagem conduzida pelo corpo docente em que os respectivos conteúdos poderiam também contar com outras ferramentas de exemplificação, como computador com internet, tablet ou qualquer outra tecnologia.

A boa utilização dos recursos tecnológicos em sala de aula favorece o interesse dos alunos quanto aos conteúdos, lembrando, inclusive, que tais ferramentas facilitariam muito a vida de profissionais da educação.

Tal afirmação se dá em razão de que, hoje em dia, muitas escolas acabam vetando o uso do aparelho celular na sala de aula, pois de fato, a presença sem nenhum critério desses dispositivos durante a explanação do professor ou da professora só tendem atrapalhar o andamento dos trabalhos.

Por outro lado, é importante considerar que a realidade vigente na vida de alunos e alunas são os famigerados smartphones e, desse modo, existem muitas formas de fazer uso dessa tecnologia a favor do projeto pedagógico.

Garotinha sorrindo de casaco marrom e headphones.
Várias ferramentas tecnológicas podem ser interessantes nas atividades na escola!

Para que seja possível uma abordagem satisfatória no ambiente escolar é interessante fazer uso de estratégias específicas que possam ser incorporadas nas metodologias, como por exemplo a utilização de jogos como um componente de interação entre os estudantes.

Além disso, é possível utilizar esses dispositivos para fazer pesquisas, lembrando, inclusive, que tais ferramentas são excelentes para alunos da inclusão, sem falar que a classe pode criar um fórum relacionado às aulas, em que qualquer um da sala poderá acessá-lo para tirar dúvidas.

O bacana disso tudo é que situações como essas seriam preponderantes para a implementação de um curso lógica de programação, mesmo porque é bem provável que a classe questionará o professor acerca de como se deu a criação de um determinado programa ou aplicativo, bem como o desenvolvimento de game específico. Ou seja, o interesse foi desperto, agora é só desenvolver o trabalho com a garotada

Os melhores professores de Programação disponíveis
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Gabriel
5
5 (55 avaliações)
Gabriel
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alessandra
5
5 (36 avaliações)
Alessandra
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (13 avaliações)
Everton
R$59
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Arthur barbosa
5
5 (17 avaliações)
Arthur barbosa
R$200
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Tiago
5
5 (25 avaliações)
Tiago
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (33 avaliações)
Rafael
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
João otavio
5
5 (24 avaliações)
João otavio
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lucas vicente
5
5 (42 avaliações)
Lucas vicente
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Como estimular o uso de tecnologias de forma responsável

Se tem uma coisa que não podemos negar é que, hoje em dia, parece que a criançada já nasceu sabendo mexer no smartphone. Sem dúvida esses aspectos já estão fazendo parte do nosso modo de vida, de convivência e de entendimento de mundo.

E tendo em vista que nossos pequenos já começam a dominar essas ferramentas mais cedo do que a gente imagina, é crucial que se tenha alguém que possa de fato mostrar a elas de que a utilização de um conhecimento em tecnologia não deve ser somente para a diversão e comunicação.

Todavia, vale abrir um parêntese aqui e lembrar que esse papel dever ser desempenhado pelos pais ou qualquer outro responsável, sendo que, além disso, é imprescindível ter em mente que a exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos.

E não é só isso, a utilização da internet por menores de idade sem qualquer tipo de controle ou esclarecimento por parte dos pais podem resultar grandes riscos, ou seja, problemas que podem estar relacionados a questões de:

  • Abuso sexual de crianças e adolescentes na web;
  • Cyberbullying/Assédio virtual;
  • Exploração sexual de crianças e adolescentes na Internet;
  • Exposição a conteúdos inapropriados;
  • Grooming (estratégia que um adulto tem para ganhar a confiança de uma criança);
  • Publicação de informações privadas;
  • Happy slapping (uma forma de cyberbullying transmitido em redes sociais);
  • Sexting (uma forma de assédio sexual);
  • Sextorsão – sextortion (chantagem virtual).
Pessoa encostada no muro com rosto escondido nos joelhos.
O cyberbullying pode ocorrer nas mídias sociais, plataformas de jogos e celulares!

Uma vez que esse trabalho de acompanhamento por parte dos responsáveis é feito, cabe à escola reforçar tais cuidados, sendo que, somente depois entrará uma nova etapa que, neste caso, é fazer com que toda essa afinidade natural da criança com a tecnologia possa de fato se transformar em uma profissão.

E é aí que entram as atividades relacionados às aulas de programação para crianças e adolescentes, mostrando a esses estudantes que as atividades de um desenvolvedor não estão voltadas somente para quem está no curso de ciência da computação.

Na verdade, é importante salientar aos alunos que todas as profissões terão, de alguma forma, seus processos transformados, pois estamos vivendo sim a 4ª Revolução Industrial, ao passo que é indispensável deixar claro a eles que dominar pelo menos o básico dos conceitos de programação é mais do que essencial.

Benefícios de um curso de programação na sala de aula

Existem inúmeros benefícios ao adotar na sala de aula um trabalho que tem por intuito ensinar o bê-á-bá da programação aos alunos.

E dentre essas vantagens, a melhora do raciocínio lógico, bem como um melhor desempenho em demais disciplinas são do mesmo modo essenciais para grande parte dos estudantes.

Outro diferencial de um eventual curso programação voltado para escolas públicas e privadas é quanto a estimulação da criatividade, sem falar que, ao aprender a programar, o aluno tem grandes chances de conseguir contextualizar o aprendizado que obteve em tecnologia com as demais disciplinas da grade curricular.

O interessante dessa facilidade em contextualizar é que há aí a possibilidade de uma efetiva destreza em aplicar muito do que foi explicado nas aulas convencionais diretamente aos acontecimentos do dia a dia, bem como nas avaliações semestrais.

E quanto ao corpo docente, vale destacar que há também uma utilidade crucial, pois alguns professores deixariam de ser meros replicadores de conteúdo para se tornarem facilitadores do aprendizado.

Essa questão nos faz concluir que esse profissional da educação será responsável por motivar e reforçar nos alunos e alunas valores pertinentes a partir das aulas programação, como planejamento do tempo, organização, trabalho em equipe e conceitos de empreendedorismo.

Aprendendo a programar brincando

Garotinha loira de casaco vermelho olhando para o celular
As crianças têm mais facilidade em aprender programação por já saberem mexer em dispositivos!

Cada vez mais novos aplicativos surgem atraindo a atenção de crianças, jovens e adultos, o que nos faz inferir que mesmo antes do ambiente escolar já é viável para esses indivíduos aprender alguma coisa tendo aula de programação.

Ou seja, é possível descobrir excelentes opções em que a garotada pode conhecer como se dá o desenvolvimento de um sistema ou software, sem precisar ser algo maçante, pelo contrário, se divertindo bastante.

Por conta disso, vale destacar que dentre tantos apps interessantes, existe um que, cá entre nós, está entre os mais baixados da web. Trata-se do RoboGarden que, de fácil compreensão, faz com que as crianças aprendam codificação de forma ativa, partindo do zero.

O bacana de aplicativos como esse é que é possível ter acesso, de forma lúdica, às linguagens Javascript e Python, as quais são utilizadas por grande parte de empresas renomadas, como é o caso da Microsoft, para o desenvolvimento de softwares.

O RoboGarden se assemelha muito ao famoso Super Mario World, porém, ele é jogado no computador, onde os alunos aprendem brincando os principais conceitos de programação.

Para se ter uma ideia, só é possível passar de fase quando o jogador desenvolve seus próprios códigos e os aplicam nos cenários científicos e matemáticos.

Sem dúvida, é uma excelente opção de aprendizado em programação para crianças, uma vez que esse pequeno sequer percebe que está a assimilar conceitos de programação, sem falar que há implícito aí um estímulo à criatividade, pois a criança estará o tempo todo pensando em criar soluções para resolver seus desafios no jogo.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Erico

Sou roteirista, redator e CEO da Eckoa Digital, além de músico nas horas vagas.