Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Torne-se baterista a partir de cursos online

De Marcia, publicado dia 04/11/2018 Blog > Música > Aulas particulares podem torná-lo um baterista

Quando crianças, aprendemos a falar apenas repetindo os sons que o mundo ao nosso redor emite. Não temos noções de ortografia ou gramática: esses conhecimentos chegam somente mais tarde, com o início da vida escolar. Para aprender a tocar bateria, podemos levar em consideração o mesmo raciocínio.

Hoje em dia, fazer aulas de bateria tem se tornado mais fácil do que era há algumas décadas: podemos encontrar diversas modalidades de cursos, e até mesmo as crianças que já manifestam algum talento no instrumento, podem começar a frequentá-los.

Há quem diga que só não aprende a tocar bateria por falta de tempo para ir até uma escola. Entretanto, com os avanços da tecnologia, esse fator deixa de ser um problema: existem cursos online, que você pode fazer sem sair de casa.

Parte da nossa cultura A bateria está presente até mesmo nas escolas de samba.

Se você deseja saber mais sobre os cursos de bateria online, continue lendo abaixo. Preparamos um post com as principais informações sobre o tema.

Anatomia da bateria

Uma bateria é composta por diversas partes. São tambores, cilindros, pratos, pedais e diversas outras peças menores. A primeira dúvida que costuma surgir para quem adquire sua primeira bateria diz respeito à montagem do instrumento.

Para você não sofrer com isso, segue o descritivo de cada parte da bateria:

  • Tarola – Normalmente posiciona-se entre as pernas do baterista e é tocada com a mão não-dominante. O som emitido é mais seco e ela normalmente é equipada com contas de metal que, colocados sob a caixa, produzem barulho. Você pode sufocar esse som ou simplesmente deixá-lo vibrar;
  • Bumbo – Trata-se da parte maior do instrumento, que fica apoiada diretamente no chão e suporta os volumes mais altos. Ele é tocado com o pé dominante (direito, para os destros e esquerdo, para os canhotos) e o som emitido é forte e sério;
  • Tons – São os tambores menores, suspensos acima do bumbo. Normalmente são três, sendo o da direita o mais grave de todos. Ainda assim, são menos graves que o surdo;
  • Pratos – Podem ser classificados em quatro tipos: prato de ataque (crash) (acentuam o fim ou início de um compasso); prato de condução (ride) (serve como base para as batidas mais acentuadas); prato de corte (splash) (normalmente usado em batidas mais baixas) e prato chinês (predominância de tons médios e agudos, usados para dar destaque a alguns trechos);

Tipo de prato Os pratos são uma das partes mais conhecidas da bateria.

  • Surdo – Muito usado em escolas de samba, normalmente fica a direita do baterista e produz sons relativamente graves.

Início das aulas de bateria

Antes de sair à procura de aulas online para tocar bateria, você precisa estar preparado. Conhecer a postura e a forma de segurar as baquetas e entender a área de impacto é fundamental. Entretanto, devemos informar que a parte mais difícil de tocar bateria é, sem dúvidas, a coordenação: lembre-se de que você terá que movimentar ambas as mãos e ambos os pés durante os acordes.

Por isso podemos dizer que tocar bateria é mais difícil do que dominar um violão ou piano, por exemplo. Mas isso não significa que seja impossível.

As baquetas podem ser posicionadas de duas maneiras: entre o polegar e o indicador, seguradas firmemente, porém sem tensão e com uma certa flexibilidade. Outra opção, muito usada pelos bateristas do jazz é mantê-las na palma da mão, entre polegar, indicador e anelar.

Quanto à postura, é importante manter a coluna ereta, os ombros ligeiramente girados para trás e a cabeça alinhada. As pernas devem estar a 90º. Os tons podem ficar afastados, de modo a manter a precisão e o conforto nos movimentos.

Note que, quando se toca bateria, são os dedos que fazem as notas e não o punho ou o braço. A partir de uma técnica conhecida como “controle de dedo”, é possível segurar o impacto a cada acorde. O pulso também deve estar sempre flexível, de modo a permitir o movimento.

Por fim, um conselho prático: comece sempre devagar. Se você está começando a aprender agora, nada de tentar acordes super elaborados ou aventurar-se nas mais difíceis canções. O nível de dificuldade é conquistado aos poucos, à medida que se avança nas aulas e nos conhecimentos.

Curso de bateria online

É comum ouvirmos que começar as aulas de bateria online é mais difícil que aprender violão. Essa questão pode ser considerada contraditória. Tocar bateria é mais difícil do que tocar violão, porém, se você realmente se dedicar, o aprendizado pode ser mais rápido que o de outros instrumentos. Mas uma coisa é fato: nenhum instrumento musical é fácil de aprender: todos eles exigem muitas horas de estudos e práticas.

Particularmente quando o assunto é bateria, o plano de estudos pode ser estruturado. No nível iniciante, normalmente aprende-se a conhecer as partes da bateria e os sons que podem ser emitidos por cada uma delas. No nível intermediário, aprende-se a dosar intensidades de sons e fazer manobras específicas. No nível avançado, o aluno aprende finalmente a tocar bateria, em diferentes estilos.

As aulas de bateria online também podem auxiliar o aluno na conquista de alguns objetivos pessoais. Lembre-se de que a bateria é o principal instrumento de uma banda e tocá-la significa ocupar um lugar de destaque no mundo da música, um verdadeiro sonho para quem se interessa pelo tema.

Banda com baterista Tocar bateria pode ajudá-lo a ter sua própria banda.

Entretanto, podemos dizer que as pessoas decidem aprender a tocar bateria por diferentes razões:

  • Diversão – há quem aprenda pelo mero prazer de tocar;
  • Projeto pessoal – pessoas que nascem com alma de músico, se realizam quando aprendem a tocar o instrumento dos seus sonhos;
  • Projeto semiprofissional – toda banda precisa de um baterista. Se o seu sonho é formar uma com seus amigos, alguém precisará aprender a tocar o instrumento;
  • Projeto profissional – escolas de bateria estão sempre a procura de professores. Também há quem opte por ensinar na modalidade particular. Se você deseja muito mais que aprender, mas ensinar o instrumento, pode estudar para tornar-se professor de bateria.

A paixão, a graça e o desejo de tocar é o que leva muitas pessoas aos cursos de bateria. É por isso que, em meio a uma rotina muito movimentada, há quem opte pelas aulas online ou mesmo pela instalação de aplicativos para celular que auxiliam no aprendizado do instrumento.

Efetividade das aulas online

Muitas vezes, fazer aulas em casa, pode ser complicado. Um professor particular precisaria deslocar-se até o aluno para ministrar as aulas. Problemas com transporte público, engarrafamentos ou mau tempo podem tornar-se motivo para cancelamento das aulas.

É por isso que muitos encontram a solução que precisam nos cursos online. Dessa forma, não será necessário frequentar escolas ou estúdios, ou mesmo esperar que um professor vá até a sua casa. Basta ligar o computador e começar a estudar, no seu melhor horário e no seu ritmo. Não é à toa que a procura por aulas de música online só cresceu nos últimos 10 anos.

Ainda que você seja iniciante, é possível começar a qualquer momento: basta escolher o canal online ou a escola de música remota que vai atendê-lo. Normalmente, há cursos flexíveis e aulas focadas em diferentes modalidades, de modo que o músico possa escolher a forma de aprendizagem que mais lhe satisfaz.

Devemos lembrar que há opções pagas e gratuitas para essa modalidade de aprendizado. Tudo vai depender do formato do curso, dos adicionais oferecidos (baixo, piano e canto) e da duração e frequência das aulas.

É inegável, porém, que os cursos online apresentam algumas vantagens em relação a outras formas de estudo:

  • Há plataformas que contam com a presença de professores online, seja para ministrar ou corrigir lições;
  • Os horários são flexíveis, e você pode se organizar da maneira que melhor lhe convier;
  • Não importa a distância entre você e o professor: essa barreira é vencida através da tela.

Pode ser que você esteja se perguntando se é realmente eficaz aprender pela internet. Podemos dizer que essa modalidade servirá, ao menos, para você se familiarizar com o instrumento.

Lições de iniciante, como coordenação, ritmos básicos, e correções comuns para quem está começando costumam fluir bem nas aulas online. Entretanto, devemos ressaltar que ninguém se tornará um renomado baterista estudando apenas a partir da tela do seu computador.

Para se tornar um bom profissional, será necessário frequentar escolas de música e cercar-se de bateristas renomados, que poderão fornecer dicas úteis e experiências.

A diferença entre um professor presencial e as aulas online está basicamente nas correções. Provavelmente, pequenos erros não serão notados e corrigidos se você não estiver lado a lado com o profissional.

Acesso a cursos de bateria online

Se você está começando, ou mesmo estudou bateria há muitos anos e gostaria de retomar agora, os cursos online são uma ótima pedida. Para ter acesso a eles, basta pesquisar por plataformas e aplicativos que contam com a opção. Existem, inclusive, canais do Youtube que permitem o aprendizado por vídeos.

Aprender sem sair de casa Você pode aprender a tocar bateria a partir da tela do seu computador.

Além disso, você pode estudar online com um professor particular, a partir do Skype ou outros programas de bate-papo. Para isso, basta acessar plataformas direcionadas a esse tipo de anúncio. O Superprof é um bom exemplo de site onde você pode encontrar diversos profissionais do ramo.

Certamente um deles terá o perfil e a disponibilidade ideal para ministrar suas aulas. Que tal começar a procurar agora mesmo?

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar