Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Todos unidos contra a reprovação escolar

De Joseane, publicado dia 27/11/2017 Blog > Aulas particulares > Reforço escolar > Reforço escolar: um trabalho de equipe!

O apoio escolar não é algo tão simples. O professor quando assume um compromisso junto a pais e alunos para ajudar este último a evoluir do ponto de vista acadêmico, ele conhece o tamanho da sua responsabilidade. Não se trata de fazer hora, nem tampouco de repetir de forma automática cada uma das lições, a missão do tutor de aula particular exige muita dedicação e pesquisa minuciosa.

É isso mesmo , dar aula particular a domicílio é uma tarefa para gigantes. Mas para que os objetivos sejam facilmente alcançados, o trabalho não cabe  somente ao professor.

O reforço escolar trata-se de um trabalho de equipe entre professor, pais e aluno. Cada um deve fazer a sua parte. E cada um deve confiar no outro, embora por razões distintas, para que a relação aporte os frutos esperados.

Mas o objetivo final é sempre o mesmo: melhorar a média, expandir o conhecimento , desenvolver uma habilidade numa matéria específica, passar numa prova ou concurso de admissão, como os praticados por algumas escolas federais, colégios militares e escolas técnicas.

Vamos analisar juntos e fazer algumas considerações sobre a complexa relação professor x pais x alunos …

Por que os pais tem recorrido as aulas de apoio?

Antes de tudo, uma relação de confiança

A cada ano observamos que a procura por  aulas particulares e cursos de reforço escolar tem se tornado cada vez mais comum.

Obviamente, aqui no Superprof, estamos perfeitamente numa posição que confirma esse fenômeno.

É importante que o aluno não veja a aula de reforço como uma punição!

Hoje já são muitas as plataformas online ou não que divulgam o serviço de aula particular.  Professores e estudantes em formação de todo o país, de áreas variadas, se metem a serviço da educação. O reforço escolar é visto como um método alternativo de ensino.

Quanto mais o serviço se desenvolve, menos os pais hesitam em confiar a educação do seu filho a um professor particular e abrem as portas de sua casa para esse recurso suplementar conhecimento como reforço escolar.

De fato, a aula particular de apoio escolar é uma relação de confiança estabelecida entre as 3 partes desde então: o professor, os pais e o aluno. Todos devem fazer sua parte do trabalho para que a criança ou adolescente possa alcançar seus objetivos na escola. Um verdadeiro trabalho de equipe.

Seria uma questão de tempo ou de competência?

Mas como podemos explicar atualmente o uso cada vez mais sistemático da aula particular a domicílio?

Ora, talvez não precisemos ir muito longe para responder a essa questão.

Se abrirmos nossos olhos para a realidade em que vivemos, encontraremos facilmente essa resposta em dois aspectos importantes da sociedade.

  1. Os pais não tem tempo> Longe de nós apresentar julgamento de valor quanto a essa questão. Cada família sabe  como melhor se gerenciar. Mas, ao contrário do que acontecia na época de nossos avós (ou bisavós) onde geralmente o homem trabalhava fora e a mulher se encarregava do lar e da educação das crianças. Nos nossos dias, isso é menos comum. Geralmente pais e mães possuem suas profissões e trabalham fora , consequentemente possuem menos tempo para se dedicar de forma direta a educação dos filhos. Esse é o perfil número 1 dos pais que buscam aula particular de apoio escolar. Felizmente para esses pais, o reforço escolar oferece um método flexível e funcional.
  2. Os pais dispõem de boa vontade mas falta a capacidade> Gente, não existe vergonha nenhuma nesse aspecto. O currículo e a organização escolar tem mudado na velocidade da luz, pois estes objetivam preparar o aluno para o futuro profissional. Antigamente, muito antigamente, existia uma supervalorização de uma formação generalizada onde o indivíduo se cultivava em inúmeros sujeitos e formas. As coisas mudaram…. as distintas áreas estão bem delimitadas ( exatas, humanas, ciências da terra e da natureza) e cada um foca no seu lado do bolo. Desde muito cedo cada aluno já é orientado a escolher um lado e se dedicar mais a esta ou aquela disciplina… Esses alunos crescem e tem filhos e se vêem muitas vezes incapazes de ajudar seus filhos com matéria da escola que não são exatamente aquelas que eles possuem mais competência.

É a vida. Felizmente os professores particulares existem!

Aula particular a domicílio: o que esperar?

Mas, afinal de contas, por que usar o apoio escolar, a tutoria e acompanhamento escolar? Esse recurso é realmente útil quando meu filho frequenta a escola regularmente?

Não é que o currículo escolar do Ministério da Educação Nacional seja ruim. A questão é que o mundo lá fora está muito exigente mesmo hehe.

É melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

Compreender como funciona o acompanhamento escola, se dar conta que este vai muito além da ajuda com o dever de casa, reconhecer os benefícios da aula particular e como essa pode ser a a chave para o sucesso acadêmico dos seu filho.  Digamos que com as aulas a domicílio numa relação um por um, o aluno geralmente se sente mais estimulado.  A construção pedagógica do apoio escolar , permite uma maior liberdade de expressão ao aluno, este participa de maneira mais natural e interativa, deixando fluir sua curiosidade e criatividade. Algo simples mas que o estudante nem sempre pode fazer na aula, seja por timidez ou mesmo pela falta de oportunidade.

É claro que na escola regular, o professor não pode se debruçar sobre as dificuldades de um aluno porque ele tem trinta outros para acompanhar , além de tempo limitado para cumprir o seu programa. Problemas que o professor particular não enfrenta! Na aula de reforço escolar, o trabalho é muito mais preciso e consequentemente os resultados são melhores.

Entre outras, a vantagem da tutoria é oferecer uma pedagogia mais livre e por que não mais descontraída do que na escola. A aula pode ser bem mais focada. Não há necessidade de se trabalhar todo o currículo! O professor particular vai certamente priorizar os pontos que o aluno considera mais difíceis ao mesmo tempo em que convida este a ser mais autônomo no seu processo de ensino-aprendizagem.

Finalmente, o curso a domicílio também permite ir além do programa escolar, com dois objetivos como alvos: sucesso escolar e bom futuro profissional.

Continue lendo para saber como se dá a essencial relação entre professor, pais e alunos rumo ao sucesso escolar…

Cooperação entre professor, pais e aluno para uma educação de sucesso

Sem uma relação de confiança entre estas  três partes, o objetivo da tutoria não pode ser alcançado.

Trabalho de equipe rumo ao sucesso acadêmico

Para dar mais clareza a esse conceito, analisemo-os  em três partes a seguir:

A relação entre pais e alunos

Como todos os pais neste mundo (ou quase) você se preocupa naturalmente com a escolaridade do seu filho especialmente se este se encontra numa situação de dificuldade acadêmica. Nesses momentos, é verdade que nem sempre sabemos o que fazer. É um contexto que não é resolvido apenas pelo encorajamento.

Mas os pais não deveriam optar por aulas particulares apenas quando o estudante já está afogado em complicações. Ao invés de remediar o mal, o apoio escolar é recomendado principalmente para prevenir que os estudantes enfrentem maiores dificuldades na escola. Os pais devem ter a sabedoria de antecipar o bom andamento das coisas.

Uma vez decidido que a aula particular será parte da rotina dos filhos, os pais devem trabalhar no encorajamento destes. É importante explicar as crianças sobre a importância de investir no futuro. O estudante não deve ver a aula particular como uma forma de punição, ao contrário, trata-se de algo positivo e importante para o desenvolvimento pessoal intelectual da criança e cabe aos pais a tarefa de fazê-lo compreender.

A relação entre professores e pais

Mais uma vez, é interessante falar sobre a confiança.

Contratar um professor particular é uma tarefa que exige tempo e dedicação. A formação do professor é importante, mas a sua personalidade também. Se o seu filho está com dificuldade em matemática e ele não consegue se entender com o professor durão, não adianta você optar por um professor particular com as mesmas características! será mais do mesmo…entendeu?

Finalmente você decidiu, conversou com o seu filho e encontrou um professor particular adequado.

Não tome o “problema” como resolvido ainda. Você conhece o seu filho. Mas o professor, embora capacitado, acabou de chegar. Cabe a você pai e mãe, esclarecer os objetivos iniciais esperados para que o professor possa construir as suas aulas encima.

É importante dizer ao professor como o seu filho funciona, quais são os seus pontos fortes e fracos. Seu filho é preguiçoso? conte ao professor- embora ele vá descobrir rápido- mas sabendo com antecedência ele fará uma aula adaptada desde o começo!

Quanto mais a relação entre pai e professor for estreita, mais chances seu filho terá de chegar ao sucesso com a aula de reforço escolar.

A relação entre professor e aluno

A relação entre professor e aluno é primordial para uma educação de sucesso.

Aluno e professor são partes do mesmo time!

 

É confirmado que uma relação de afetividade entre os sujeitos no processo educativo traz benefícios imensuráveis.

Se uma proximidade é estabelecida entre os dois e eles se entendem perfeitamente, os resultados podem exceder as expectativas.

O processo pode durar um tempo como em qualquer outra relações. Inicialmente o professor deve ser “adotado” por seu novo aluno. Aqui é importante que o professor fique atento aos detalhes. Aprender a comunicar com o aluno é um ponto importante, dar importância as suas necessidades reais, sem desperdiçar o seu tempo.

Aqui não cabe mostrar que é o professor e quem é o aluno, isso se fará naturalmente sem que uma hierarquia seja imposta.

Além disso, se o aluno apresentar sérios bloqueios psicológicos em relação a disciplina do curso de apoio, o professor terá a tarefa pesada de identificá-los e resolvê-los.

É neste aspecto que o trabalho de um tutor privado e a profissão de apoio escolar torna-se mais psicológico do que teórico. Muita sutileza e paciência para lidar com momentos difíceis.

Estudantes e professores jogam no mesmo time. É assim que deve ser.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar