Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Reforço escolar: a solução ideal para passar nos concursos da vida

De Joseane, publicado dia 28/04/2019 Blog > Aulas particulares > Reforço escolar > Aula particular para se dar bem!

Seja com o objetivo de tirar uma boa nota numa prova de matemática, história ou geografia, passar em um concurso para uma das várias escolas federais, ou até mesmo ser aprovado em uma prova escrita ou oral de línguas como o TOEFL ou o DALF, o reforço escolar pode ser a ajuda que você procura.

Levando em consideração o contexto cultural e econômico em que vivemos, os jovens brasileiros não podem se permitir de sair do sistema escolar sem um (para não dizer vários) diplomas. É aquela velha história, ter um ou vários diplomas não garante nada. Porém não tê-los é quase uma certeza de que as coisas não serão nada boas do ponto de vista financeiro.

Nesse caso, não nos resta muitas possibilidades além de fazer mais e mais provas, concursos e mais concursos. A concorrência, bom… não preciso nem falar né.

Seja um concurso para ter acesso a uma das escolas consideradas boas, ou para entrar na faculdade, em um emprego melhor….a nossa vida se resume a provas e concursos.

Felizmente com a ajuda de professores capacitados e cientes da realidade, podemos começar a nos preparar desde cedo para as provas da vida. A aula de reforço escolar é uma das soluções para nos ajudar a chegar “lá”.

Acompanhando o aluno em seu percurso escolar, a aula de acompanhamento escolar prepara desce cedo para uma vida acadêmica e profissional de sucesso.

Aula de apoio escolar : Diga não a reprovação!

Provas finais… Ai que medo né?

Ter notas baixas nas provas finais significa muitas vezes perder um ano letivo. Nada pior do que experiência da reprovação para fazer com que o aluno perca o interesse em estudar. Uma triste realidade.

A reprovação é um fator que desmotiva o aluno a continuar…

Para evitar ter um histórico escolar cheio de médias baixas que podem impossibilitar o aluno de candidatar-se a uma vaga numa boa universidade no exterior, por exemplo, ou em um emprego no futuro com mais facilidade, a preparação deve começar bem cedo, ainda no primário!

Mas de quem é a culpa quando um aluno não consegue aprender e acaba sendo sentenciado a reprovação?

A culpa é do professor!

Dizer é fácil. Porém se considerarmos a realidade do sistema de ensino brasileiro, notamos que o professor acaba ele também sendo vítima.

Os professores da escola tradicional não conseguem detectar a tempo as dificuldades de seus alunos. Primeiramente devido a salas de aula superlotadas, o que impossibilita uma análise individual de cada aluno. Depois, o tempo de aula é muito curto com relação ao programa que o professor deve trabalhar. É um malabarismo impossível para muitos professores: trabalhar o extenso programa escolar ao mesmo tempo em que resta atentivo a problemática de cada aluno individualmente.

A culpa é da família!

O fracasso da escola primária pode ter consequências desastrosas para a integração social do aluno.

Diante das inúmeras dificuldades enfrentadas por crianças do país inteiro na escola primária,  é frequente ver discussões que pretendem apontar o culpado de tal feito. De um lado as famílias que jogam a culpa no poder público e nas escolas e de outro lado a escola culpando as famílias.

Encontrar o culpado nesse caso não ameniza em nada o problema. O ideal é realmente buscar soluções para evitar o problema da reprovação, ou das possíveis lacunas no aprendizado.

A aula de reforço escolar, por exemplo, é uma excelente opção quando o aluno começa a demostrar inaptidão no domínio de algum conteúdo durante o seu processo de aprendizagem.

Por se tratar de uma aula adaptada e sob medida que traz excelentes resultados para o aluno, os pais escolhem o apoio acadêmico como recurso educacional. A aula particular de acompanhamento escolar ajuda a melhorar as notas e médias dos alunos, além de prepará-los para provas e concursos mais importantes.

Dentre os benefícios da aula de reforço escolar, destacamos:

  • Possibilidade de oferecer diferentes métodos de aprendizado ao aluno

O reforço escolar se mostra como a oportunidade dos alunos estudarem a partir de métodos diferentes dos adotados costumeiramente. Participando de um grupo menor, tendo maior atenção do professor, os estudantes poderão descobrir quais formas de estudo melhor se aplicam a eles, seja fazendo resumos, praticando exercícios ou lendo em voz alta. Com a orientação do professor, ele vai identificar mais facilmente qual método melhor se encaixa no seu processo de aprendizado.

  • Promove o desenvolvimento da autoconfiança intelectual

Com o reforço escolar, muitas dificuldades são eliminadas e assim, os alunos desenvolvem maior autoconfiança. Com a chegada dos resultados positivos, as barreiras se tornam menos ameaçadoras e os estudantes se sentem mais aptos para superar quaisquer desafios.

  • Motivar os alunos a atingirem o máximo do seu potencial

Os educandos participantes do reforço escolar demonstram muitos avanços durante a aprendizagem. Muito disso se deve ao fato de poderem contar com a atenção total do professor. Isso faz toda a diferença no desenvolvimento intelectual do aluno.

  • Permitir que os alunos aprendam de acordo com seu próprio ritmo

Uma vez que assumimos a premissa de que nenhum indivíduo é idêntico a outro, também devemos assumir o mesmo sobre o ritmo de aprendizado de cada estudante. Algumas turmas de alunos demonstram certas defasagens nos processos de desenvolvimento intelectual: alguns alunos têm maior habilidade para aprender determinado conteúdo como línguas ou gramática, enquanto outros apresentam maior facilidade com matemática e ciências, por exemplo.

Para suprir tais desníveis, o reforço escolar pode ser um grande aliado. O tratamento individualizado pode atender com maior atenção às necessidades específicas dos estudantes.

  • Possibilitar que os alunos aprendam dentro de um método de ensino ideal

Uma das principais vantagens oferecidas pelo reforço escolar é que ele promove o respeito das diferenças. Por exemplo, vejamos uma criança com déficit de atenção: ela precisará de mais cuidado e de uma abordagem mais próxima dos professores.

Assim, ela poderá aprender dentro de um método de ensino que seja cabível e adequado para as suas necessidades.

  • Oferecer aulas mais leves e divertidas durante o reforço escolar

Para estudantes mais novos, uma aula de reforço escolar pode ser mais produtiva e até mesmo divertida. Como há poucos alunos na sala, a atenção aumenta e a bagunça diminui. Isso possibilita que o professor crie um espaço de aprendizado mais saudável, leve e que gere mais rendimento para os estudantes.

Para evitar a reprovação é preciso que todos os agentes do processo de ensino-aprendizagem estejam comprometidos, isto é, escola, família e obviamente, o aluno.

Como anda a educação pública brasileira?

Os números da educação pública brasileira não agradam os olhos. Infelizmente o Brasil ocupa um péssimo lugar no ranking da educação mundial.

Em 2016, segundo dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA) 0 Brasil obteve uma queda de pontuação nas três áreas avaliadas: ciências, matemática e leitura, descendo ainda mais no ranking que avalia o nível da educação mundial.

Preocupados com essa condição, pais e formandos buscam recursos educacionais externos a escola. O objetivo é que o aluno não tenha o seu percurso acadêmico prejudicado.

Uma criança que apresenta dificuldades de aprendizagem durante as aulas regulares, ao ter acesso a uma série de aulas de reforço escolar, passa a ter maiores chances de ter uma melhor formação, muito mais completa. -IPED-

Graças a aula particular de reforço escolar, muitos estudantes conseguem superar a deficiência deixada pelo ensino da escola pública. O tutor, conhecendo essa realidade, põe em prática todas as ferramentas de ensino necessárias para ajudar o aluno a obter bons resultados e alcançar seus objetivos acadêmicos e, futuramente, profissionais.

Segundo o IPED, uma criança que faz uso do reforço escolar, uma das melhores coisas de todas é o acesso a uma outra forma de linguagem, diferenciada e mais facilitadora do que a do seu professor de sala de aula habitual. Deste modo, a criança passa a visualizar os conteúdos da matéria problemática de modo completamente diferente e muito mais abrangente, com toques e dicas que normalmente o professor de sala de aula não consegue tempo para mostrar.

Se, de um lado, um professor de reforço escolar não deve ser visto como algo tão ou mais importante do que o professor de sala de aula, já que ninguém pode substituir este último dentro do processo de aprendizagem, de outro lado, a maior parte dos especialistas acaba por concluir que o mais adequado a ser feito é enxergar o professor de reforço escolar como uma força auxiliar, que entrega uma ajuda importante para a formação e para o aprendizado da criança.

Com a utilização do reforço escolar, uma criança passa a ter acesso a mais horas de aprendizado e de estudo para as matérias que lhe trazem mais dificuldades e mais problemas.

Educação privada como ferramenta contra a reprovação escolar?

A pedagogia ou as pedagogias (sim, pois geralmente o professor recorre a diferentes pedagogias) adotada(a) pelo professor particular ajudará o seu filho a compreender melhor as suas fraquezas: na aula a domicílio, o principal objetivo é fazer com que o aluno adquira todas as habilidades necessárias para obter bons resultados em suas provas.

A aula de apoio escolar é uma super aliada contra a reprovação!

Muitas vezes, o aluno encontra-se bloqueado em uma ou mais disciplinas sendo o medo o fator que desencadeia tal bloqueio. É o medo de falhar e não a falta de compreensão do conteúdo que leva mais alunos a reprovação. O tutor de acompanhamento escolar pode ajudar com o conteúdo e também com certos problemas de bloqueio, como a timidez ou o medo. O método baseado na fluidez proposto pela aula de reforço, encoraja o estudante a recuperar a sua estima pessoal e enfrentar a escola de uma maneira mais corajosa.

O Apoio escolar certamente será útil para melhorar as notas em disciplinas como matemática, história, português, inglês, geografia, entre outras. Ao mesmo tempo em que ajuda o estudante a ter sucesso com os resultados escolares, o professor particular participa da vida do aluno como conselheiro pedagógico, orientando-o aluno na sua escolha profissional.

Um professor particular para ajudar com as grandes provas e concursos

O vestibular ou o Enem são as maneiras como estudantes brasileiros têm acesso a universidade nos dias atuais.

A escola tradicional embora conheça a dificuldade que os estudantes enfrentam para serem aprovados nesses concursos, na maioria das vezes não toma nenhuma medida suplementar para preparar os alunos para essa fase tão decisiva na continuação do percurso acadêmico.

Por se tratar de uma transição importante da escola para faculdade, os alunos têm a tendência a se sentir pressionados e estressados, fatores que tornam o momento ainda mais complicado.

A aula de acompanhamento escolar ajuda a preparar o aluno com o conteúdo necessário para encarar essas provas com mais segurança. O tutor de apoio escolar tendo ele mesmo enfrentado essa realidade, saberá como tranquilizar o aluno dando o suporte e apoio necessário para que este encare essa fase de uma forma mais confortável e sem pressão.

A relação de proximidade estabelecida entre o professor particular e o aluno é eficaz para a criação de um processo de aprendizagem cujo foco é o estudante e os seus objetivos a atingir. O aluno sabe que pode contar com o professor, podendo compartilhar com ele todos os seus medos e receios. O professor, por sua vez, poderá dar o incentivo necessário para que o aluno se sinta confiante para prestar essas provas e dar o melhor de si mesmo sem pressões e estresses desnecessários.

A seriedade com que o professor encara a aula particular bem como o acompanhamento regular que ele oferece, seja fisicamente ou através de cursos on-line, permite ao aluno de consolidar seus conhecimentos e promover o desenvolvimento de suas habilidades e competências intelectuais.

Reforço escolar para se dar bem no ENEM?

ENEM… é de comer?

Não! não é somente para ver e nem para comer, o Exame Nacional do Ensino médio (também referido como ENEM) foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho dos estudantes das escolas públicas e particulares do ensino médio.

É preciso muito preparo para ter um bom resultado no Enem

Desde o ano de 2009, o Enem também funciona como prova de seleção. Estudantes de todo o país que almejam uma vaga nas universidades públicas federais e estaduais precisavam obter boas notas nas provas do Enem. Além disso, aqueles que pretendem participar de programas do governo federal como o Sisu, Prouni ou Fies para obter financiamento e ajuda para pagar uma faculdade particular devem obrigatoriamente fazer o Enem.

Pois é… O Enem é o novo bicho de sete cabeças e ao mesmo tempo o tão desejado da nação.

As estatísticas do Enem não são as melhores, ao contrário. Dados mostram que o ensino público brasileiro está longe de ser considerado pelo menos bom, considerando o nível internacional. Se além de fazer o Enem para obter uma vaga na faculdade, você ainda sonha em ver o seu filho ocupando uma cadeira em Harvard, é melhor correr para encontrar outras soluções de aprimoramento do conhecimento. Aliás, você não precisa correr! Consulte o  banco de dados do superprof e contrate hoje mesmo um professor de reforço escolar para o seu filho!

Felizmente existem opções que podem ajudar o seu filho a conquistar o sonho da vaga universitária. O reforço escolar é uma delas. Com a ajuda de um professor particular , o estudante terá um acompanhamento contínuo ao longo do ano escolar permitindo que este melhore e mantenha não somente um bom nível e boas notas, mas também mantenha a calma para o que está por vir: provas e concursos até dizer chega!

E por falar em ENEM, confira algumas dicas para passar no ENEM:

  • Saiba o que será cobrado em cada uma das provas
  • Cuidado com as atitudes que possam desclassificá-lo
  • Leia bastante e saiba interpretar textos
  • Faça simulados e controle o tempo de prova
  • Pratique a redação
  • Chegue com bastante antecedência
  • Descanse na véspera da prova

 Apoio escolar para vencer as provas da vida

Vale ressaltar aqui que o papel primordial do professor é colaborar para o desempenho positivo dos alunos, seja no aumento das notas ao qual estimula o aluno, seja como um exemplo a ser seguido.  Nesse sentido, o profissional da educação deverá estar inserido em um universo de muito estudo, dedicação, paciência e perseverança para que seja capaz de identificar prontamente as dificuldades particulares de cada educando e, assim, aplicar seu conhecimento prático pedagógico a cada dificuldade encontrada.

O preparo pra vida começa desde cedo…

Fatores que podem fazer com que os alunos apresentem dificuldade de aprendizado:

  • As perturbações emocionais derivadas de mudanças, perdas na vida da criança ou de sua família;
  • Desorganização na rotina familiar, excesso de atividades extracurriculares, pais muito ou pouco exigentes;
  • Envolvimento com drogas, álcool;
  • Efeitos colaterais de medicações que causam hiperatividade ou sonolência;
  • Situações escolares de inadequação metodológica ou situações de bullying.

O professor, seja esse em sala de aula ou o professor de reforço, deve saber identificar quando o aluno apresenta um mai rendimento. Esse levantamento é importante para definir as causas reais da dificuldade do aluno. Quando constatado que o problema vem da maneira como o conteúdo está sendo transmitido, é necessário que o professor faça uma análise dos seus métodos.

É nesse momento que as aulas de reforço escolar mostra seu aspecto positivo e motivacional no desempenho do aluno, pois além de corroborar com o desenvolvimento intelectual do aluno, os professores são altamente qualificados para atender a carência que fica quando o ensino regular não dá conta.

O suporte escolar vai na contramão das aulas regulares superlotadas, no sentido de que as aulas são dadas individualmente, aplicando um cronograma que une a necessidade do aluno aos conteúdos dados na escola. Atenciosamente o professor busca ouvir o aluno, restaurando dia após dia o interesse deste nas matérias.

Se o seu objetivo é preparar o seu filho para uma boa colocação nos vestibulares, concursos e provas da vida, pare de pressioná-los e tenha em mente que os professores privados podem implementar uma nova metodologia de ensino que ajudará o seu filho a obter o tão desejado sucesso.

Chega de aulas massantes e enfadonhas, a aula a domicílio de reforço escolar é a solução que você procurava!

Dicas para dar uma boa aula de reforço escolar

Essa dica vai exclusivamente para os professores que desejam começar no mercado das aulas particulares. Primeiramente é preciso ter certeza sobre a sua real capacidade em ensinar. Nem todo mundo pode transmitir conhecimento, ainda que uma pessoa conheça muito bem um determinado assunto, ela pode não ter a didática necessária para ensinar o que sabe.

Como ser um professor criativo? Na profissão docente, criatividade é (quase) TUDO

É preciso, também, ter consciência de que uma aula particular deve ser exclusiva. Preparada de forma a atender as necessidades específicas de cada aluno individualmente. Isso significa que cada aula pode ser completamente diferente ainda que fale do mesmo assunto, isso porque cada aluno tem uma maneira diferente de aprender, e o professor particular deve respeitar esse aspecto.

Acho que todo professor sabe, mas não custa nala lembrar que o processo de ensino para uma criança e para um adulto são bastante diferentes. Crianças em idades diferentes também costumam se interessar por coisas diferentes, o que fará com que você use da sua criatividade ao máximo para se adequar aos diferentes públicos.

Algumas características que farão de você um Superprofessor particular:

  • Compromisso com a formação do aluno
  • Profundo domínio do assunto das aulas
  • Boa comunicação
  • Abertura de espírito
  • Facilidade de se relacionar com outras pessoas
  • Criatividade
  • Paciência
  • Já falamos paciência?

Além disso, é preciso que você esteja preparado para:

  • Planejar o processo de ensino-aprendizagem
  • Selecionar e preparar o conteúdo da disciplina
  • Manter-se atualizado sobre metodologias de ensino
  • Acompanhar os avanços tecnológicos
  • Se reciclar sobre determinados conteúdos da sua área de atuação

Se você é professor e quer tentar a aventura de dar aulas particulares, crie um anúncio aqui no Superprof, a maior comunidade de aulas particulares do Brasil. Desde 2016 o Superprof faz a ponte entre alunos e professores apaixonados e dedicados pelo saber. Junte a nossa comunidade que hoje conta com mais de 6 milhões de professores espalhados por 25 países!

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar