Como diria um antigo dito popular: "Tudo o que é bom, é imoral, é ilegal ou engorda".

Quem nunca se lembrou dessa fase ao começar a fazer dieta? Mas esqueça as dietas radicais. Sabe aquelas que prometem emagrecimento imediato? Que anunciam a perda de 10kg logo de cara, na primeira semana? Provavelmente, elas são muito restritivas e podem desencadear outros problemas de saúde. E é certo que quase todo mundo já fez uma dessas dietas, especialmente na adolescência.

Para conquistar a silhueta dos seus sonhos, é necessário muito mais do que aderir a uma dieta que promete a perda de peso na velocidade da luz. A reeducação alimentar, embora possa representar um processo mais lento de diminuição dos quilos, é uma forma eficaz de manter-se magro depois, e tudo isso de forma saudável. E sem frustrações, já que uma dieta pode fazer com que você recupere os quilos perdidos (e um pouco mais) assim que volta a "comer normalmente".

Por essa razão, vamos começar aqui um curso gastronomia para você aprender dietas que realmente valem a pena e não prejudicam sua saúde. Trata-se de um direcionamento para dar adeus ao "efeito sanfona" (engorda e emagrece).

Os melhores professores de Culinária disponíveis
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Curso de culinária online - Dieta Dash

A dieta Dash foi desenvolvida nos Estados Unidos, pelo National Institute of Health, tendo recebido, por 10 anos, o prêmio de melhor dieta. Na verdade, seu principal objetivo é atuar como uma forma de tratamento para hipertensão.  Automaticamente, também ajuda a reduzir os riscos cardiovasculares. Podemos considerar que a pressão alta é um problema que atinge pessoas de todas as idades em nosso país.

Se é o seu caso, continue acompanhando esse verdadeiro culinária curso. Está querendo vencer a hipertensão? Então entenda que o Dash é, na verdade, um programa de reeducação alimentar a ser seguido ao longo do tempo. Outro ponto positivo é que toda a família pode fazer o programa, o que evita a frustração de ver os demais comendo e ter que privar-se disso.

O teor de açúcares e gorduras saturadas é baixíssimo nessa dieta, o que ajuda a melhorar a saúde do seu coração. A pressão arterial vai baixar e o colesterol também. É possível perder 2 a 3 quilos por mês, dependendo do seu metabolismo. Também, é importante que ela venha acompanhada da prática de atividade física e outros hábitos saudáveis, como eliminar o tabagismo e o alcoolismo.

Resumidamente, funciona assim:

  • Um grão em toda refeição;
  • Cinco porções de frutas e vegetais por dia;
  • Duas a três porções diárias de laticínios (prefira queijos magros);
  • Carnes magras em pequenas porções, no almoço e no jantar. Evite as carnes frias;
  • Duas ou três porções de gorduras magras por dia, como azeite e óleo de coco ou girassol;
  • Uma a três porções semanais de legumes;
  • Menos de duas porções diárias de açúcares, preferencialmente em sua forma natural, como mel ou chocolate amargo;

Curso de culinária na dieta mediterrânea

A dieta cretense ou mediterrânea é reconhecida como uma das melhores do mundo. Embora inclua gorduras, ela proporciona uma boa saúde cardiovascular para as pessoas ao redor do Mediterrâneo. Como assim? Graças ao azeite, muitas plantas, nozes, peixes, mariscos, vinho tinto, e baixa quantidade de itens industrializados.

Quer entrar nessa dieta? Aqui estão algumas regras a seguir:

Prato com azeite
A dieta mediterrânea se baseia em frutas e azeites, dentre outros itens.
  • Frutas e vegetais à vontade na base de todas as refeições, crus ou cozidos;
  • Azeites, frutas secas, ervas e especiarias também em pequenas quantidades;
  • Grãos integrais e leguminosas em todas as refeições;
  • Água à vontade;
  • Peixes, ovos e frutos do mar pelo menos duas vezes por semana;
  • Carnes brancas em baixíssimas quantidades. Nada de carnes vermelhas ou frios;
  • Produtos lácteos em quantidades moderadas e, preferencialmente, em forma de iogurtes;
  • Vinho tinto em quantidade moderada;
  • Evitar doces e abolir os produtos industrializados.

Adeus quilos extra com a dieta flexitariana

O flexitarianismo surgiu na década de 1990, nos Estados Unidos. Trata-se de uma dieta boa tanto para a saúde quanto para o planeta. Você não precisa necessariamente se tornar vegetariano, mas a premissa é a redução no consumo de carnes, e até mesmo peixes.

O princípio não é se proibir, mas preferir alimentos de melhor qualidade, nos quais você encontra todos os nutrientes necessários. Seu objetivo principal não é a perda de peso, mas o fato de reduzir o consumo de carnes e peixes, e aumentar a ingestão de frutas e vegetais permite que você consuma menos gorduras, o que consequentemente leva à perda de peso.

O que comer então?

  • Carne, preferencialmente branca, uma ou duas vezes por semana;
  • Peixe, uma ou duas vezes por semana;
  • Frutas e vegetais à vontade, em todas as refeições;
  • Proteínas vegetais (soja, frutas secas, sementes oleaginosas, sementes, legumes e grãos inteiros);
  • Naturais e orgânicos: esqueça os produtos industrializados.

Você pode, inclusive fazer cursos de confeitaria para aprender novas receitas.

Os melhores professores de Culinária disponíveis
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Curso de culinária: a dieta de Okinawa

A dieta de Okinawa surgiu em uma pequena ilha no Japão, um dos locais com maior número de pessoas centenárias do mundo. O estilo de vida e os hábitos alimentares dos habitantes de lá permitem uma vida longa e saudável. Se você quer eliminar os quilos extra ou apenas evitar o ganho significativo de peso, não hesite em adotar a dieta de Okinawa, rica em ômega 3 e micronutrientes.

Princípios básicos dessa dieta:

  • Muitas frutas, vegetais e peixes;
  • Comer somente em pequenas porções, parar antes de sentir-se saciado;
  • Promover a variedade de cores no prato;
  • Carnes frescas e mal-passadas, evitando microondas e churrascos;
  • Cozinhar e consumir os alimentos separadamente.
Cores no prato
As cores no prato devem ser variadas nessa dieta.

Falando de forma mais concreta, funciona mais ou menos assim:

É necessário consumir diariamente:

  • 7 a 13 porções de vegetais;
  • 7 a 13 porções de grãos inteiros ou leguminosas;
  • 2 a 4 frutas
  • 2 a 4 porções de soja ou repolho;
  • 2 a 4 porções de alimentos ricos em cálcio (brócolis, peixe, iogurtes, queijo);
  • 1 a 3 porções de alimentos ricos em ômega 3 (peixes, frutos do mar, nozes e sementes);
  • 1 a 2 colheres de sopa de óleo vegetal e condimentos (ervas, especiarias, molho de soja);
  • Chá à vontade;
  • Oito copos de água.

Consultoria com os Vigilantes do Peso

Se você está a procura de uma dieta eficaz, junto a uma comunidade unida em torno do único objetivo de eliminar peso, você precisa conhecer os Vigilantes do Peso. O programa, baseado em uma alimentação balanceada e saudável, combina esses hábitos a reuniões semanais que ajudam os participantes a se motivar.

O método gira em torno de um programa de pontos, que é determinado com base na idade, sexo, altura, peso e nível de atividade física. Ele permite que você perca até 15% do seu peso após apenas 2 meses seguindo a esses princípios.

Copo com água
A maioria das dietas demanda ingerir bastante água.
  • Coma de tudo e varie sua dieta o máximo possível;
  • Beba de 1,5 a 2 litros de água por dia;
  • Como pelo menos 5 porções de frutas ou vegetais por dia;
  • Consuma diariamente 3 laticínios;
  • Reduza as fontes de lipídios;
  • Exercite-se regularmente.

E a nossa aula de gastronomia para emagrecer continua...

Jejum intermitente - já ouviu falar?

Trata-se de uma ótima maneira de perder peso com saúde e eficiência. O método consiste em comer apenas por um período de 8 horas do seu dia, reservando as outras 16 para ficar em jejum. Vamos supor que você escolheu se alimentar entre as 12h e as 20h, por exemplo. É só se esquecer de tomar o café da manhã. E, nesse caso, não leve em conta a questão de que se tratada refeição mais importante do dia.

Durante o jejum, no entanto, é permitido beber água, café e chá, desde que sem açúcar, é claro. O corpo vai usar a gordura armazenada, fazendo com que você elimine peso. Essa modalidade também ajuda a baixar os níveis de colesterol e glicemia no sangue.

Você vai eliminar os quilos de forma lenta, porém eficiente e contínua. Nos finais de semana, por exemplo, se desejar se dar uma folga, você pode tomar o café da manhã e deixar o jejum para outro período do dia.

Aula de gastronomia - Dieta do baixo índice glicêmico

Açúcar não traz vantagem nenhuma. Há indícios de que ele atua no organismo como uma droga, viciante. Essa dieta consiste em eliminar ao máximo os açúcares da sua alimentação, mantendo apenas os considerados bons. Substâncias erradas superestimulam a produção de insulina, o que leva o organismo a armazená-las.

O que não comer então?

  • Pão de farinha branca;
  • Refrigerantes e sucos de frutas;
  • Sobremesas doces;
  • Batata frita ou purê;
  • Massas cozidas demais;
  • Bolos.

Prefira legumes, pães e macarrão integrais, arroz integral, frutas e vegetais. Você vai sentir as mudanças em seu corpo rapidamente, em especial na região da barriga. Outra grande vantagem é que essa dieta diminui a sensação e inchaço e aumenta a energia.

Uma aula de confeitaria para um jantar fitness

Para finalizar, vamos falar de outra dieta que é fácil de fazer e o risco de frustração é baixo. Você faz uma alimentação balanceada ao longo do dia e não janta após as 20h. Para quem quer perder peso, a última refeição do dia é a maior vilã. Afinal, depois dela, você vai para a cama, sem queimar as calorias.

Antes de dormir, prefira comer uma maçã ou tomar um chá de ervas.

Segurando uma maçã
Uma maçã à noite ajuda a eliminar peso extra.

Quanto ao jantar, comece com uma entrada vegetal, uma porção de proteínas leves cozidas ou grelhadas e uma maçã de sobremesa.

E você já escolheu qual dessas dietas quer seguir? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe conosco.

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Marcia

Jornalista. Professora. Tradutora. Bailarina. Mãe. Mulher. Dedicada às minhas lutas diárias. Em constante transformação. Quando não há mais nada a dizer, escrevo!!!