Página principal
Dar aulas
alt_photo

Alessandro

Embaixador

  • Preço hora/aula R$80
  • Tempo de resposta 1h
  • Número de alunos 16
Pedir aulas

Aula de Redação, por vídeo chamada, para nota máxima nos Vestibulares mais concorridos (de sua escolha) e no Enem.

Embaixador

É a crème de la crème dos professores. Perfil de qualidade, diploma verificado e resposta garantida. Alessandro marcará sua primeira aula de Língua portuguesa e literatura (Escolar).

Sobre a aula

Aulas on-line de redação, por Skype, Zoom ou outra plataforma de sua preferência, como se o professor estivesse na sua casa, em dias e horas agendados, independentemente do nível de dificuldade do aluno. Método e materiais próprios de ensino em que todo(a) aluno(a) aprende por ser um processo treinável.

Metodologia

A metodologia de ensino vai desde a estrutura básica do texto dissertativo-argumentativo (mais comum nos vestibulares) até as mais complexas argumentações com uso de termos avançados e outros gêneros textuais, como é o caso da Unicamp. A partir da(s) escolha(s) feitas pelo estudante, ou responsável por ele, do(s) processo(s) seletivo(s) de vestibulares ou concursos que irá prestar, o professor faz uma varredura minuciosa dos processos de correção da(s) instituição(ões) escolhida(s) e inicia-se o treinamento e adequação textual personalizado da redação.
No decorrer das aulas, o professor mentoria o aluno na elaboração dos textos, na escolha da argumentação, da coesão, do projeto de texto (coerência), no léxico (escolha de palavras), na gramática e na proposta de intervenção quando houver (no Enem há). A cada nova aula, o aluno vai ficando mais independente e passa a necessitar cada vez menos de orientação profissional. No momento em que se constatar a não mais necessidade do auxílio, é quando as aulas sobre aquele tipo específico de redação se encerram, precisando o estudante apenas se manter no nível que alcançou ao seguir as orientações docentes. O tempo para domínio completo de um gênero textual de redação vai de aluno para aluno, uns levam mais, outros levam menos quantidade de aulas.

matérias

  • Língua portuguesa e literatura (Escolar)
  • Redação
  • Preparação para vestibular
  • +2

    Redação dissertativa

    Dissertação

línguas

  • Português

níveis

  • Formação para adultos
  • MBA
  • Ensino Superior
  • +4

    3º ano / ENEM

    2º ano do Ensino Médio

    1º ano do Ensino Médio

    Fundamental 2

Mais sobre Alessandro

Possui especialização em Língua Portuguesa e Literatura, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2018), e graduação em Letras, pela Universidade Braz Cubas (2007). Atualmente, é professor convidado no curso de pós-graduação em língua portuguesa e literatura, na RS Educação, professor efetivo de Língua Portuguesa e Literatura no Governo do Estado de São Paulo e corretor de redações dos colégios Anglo Leonardo Da Vinci e Etapa Educacional. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura e Redação, atuando principalmente nos seguintes temas: criação literária, discurso, estilo, literatura comparada, mangá, mito, redação escolar e preparação para vestibulares. É professor particular desde 2017 com dezenas de alunos aprovados nos vestibulares, concursos e processos seletivos mais concorridos do país cuja comprovação pode ser visualizada nas recomendações e avaliações deste anúncio.

Tarifas

pacotes

  • 5h: R$400
  • 10h: R$800

webcam

  • 80R$/h

Precisão

5 aulas R$360,00 (10% de desconto)
10 aulas R$680,00 (15% de desconto)

Outros descontos especiais para aulas em grupos com duas ou três pessoas.

Mais detalhes sobre Alessandro

  • 01

    Tem quanto tempo que você possui interesse pela matéria que você leciona e por dar aulas particulares?

    Desde 2005, no primeiro semestre do curso de letras, venho interessado pela matéria e pelo ensino de redação, quando ainda corrigia textos dos participantes do concurso de redações da TV Diário. No decorrer da carreira, o interesse aumentou ao atuar nos ensinos Fundamental II e Médio, em escolas, durante mais de década. A partir de 2016, passei a atuar com aulas particulares. Ao final de 2019, grandes resultados foram alcançados com estudantes que alcançaram suas vagas nos cursos de medicina que almejavam. A partir de 2020, com a Pandemia e a expansão do ensino remoto, as aulas de redação ganharam novo formato à distância, por vídeo chamada, que elevou ainda mais a eficiência da aula, uma vez que o compartilhamento de tela do aluno me permite ver aquilo que ele vê e interagir ainda mais precisamente nos momentos em que surgem suas dificuldades para orientá-lo.

  • 02

    Conte-nos um pouco sobre a matéria que você leciona: o que você mais sente prazer em ensinar e o que, eventualmente, te agrada menos?

    Existem várias espécies de redação. No que toca aos processos seletivos de ingresso ao ensino superior, por exemplo, existem as bancas da Vunesp, da Fuvest, da Convest e do Enem que possuem critérios de correção diferentes, ainda que avaliem o texto dissertativo argumentativo. Portanto, quando o aluno chega com um objetivo específico de prestar uma delas, irá aprender como tirar a nota máxima na banca específica de sua prova. Muitas vezes, há estudantes que desejam as quatro bancas e, então, precisam de mais tempo para discernir as diferenças entre cada uma. Porém, o que me deixa extremamente empolgado é quando um(a) aluno(a) aparece com o desejo de passar em um processo seletivo que para mim é novo! Dessa forma, começam meus estudos acerca da banca, até então desconhecida, a qual também passo a dominar aumentando meu repertório e me superando novamente. De forma inversamente oposta, quando o aluno diz "quero fazer aulas par aprender a escrever melhor", temos um problema. O problema está relacionado ao fato de que não há um objetivo para "aprender a escrever melhor". Sem objetivos, o aprendizado fica desfocado e o(a) mesmo(a) aluno(a) acaba desistindo de estudar. Por isso, a dica é: tenha um, ou mais, objetivo! São os objetivos que te darão a persistência e o foco necessários ao aprendizado, junto com a metodologia eficiente do professor, claro.

  • 03

    Qual(ais) é(são) seu(s) modelo(s) ou inspiração(ões)? Pode ser desde um professor até um artista ou obra que tenha te inspirado!

    Cinco são os modelos e/ou inspirações que me recorrem à mente
    quando penso na precisão cirúrgica que almejo ter na orientação e na correção dos textos. Duas são acadêmicas e conheci-as em minha pós-graduação, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, o professor Adalto, cuja frase proferida, em sua primeira aula, me ecoa até hoje: "não fiz doutorado porque, quem dá aula de verdade sabe, são 40 horas em sala e outras 80 fora dela preparando-as". De sua fala, constato, a cada dia, como de fato é gasto tempo de vida com o preparo de um trabalho de excelência. A Professora Norma, com seus mais de 75 anos, aposentada compulsoriamente, com vida produtiva e ainda aprendendo enquanto ensinava me fez ver que a máxima estoica "enquanto vives, continue a aprender" é real em minha profissão.

    A terceira inspiração me é saudosa da infância de quando via a precisão com a qual minha mãe fazia a faxina e limpeza da casa. Dessa memória guardo o capricho com o qual devo trabalhar e a limpeza do texto, a qual relaciono.

    Os dois exemplos finais estão na arte: na literária, dos versos do poeta brasileiro Manuel Bandeira, "A grande arte é como/ Lavor de joalheiro", os quais miram na lapidação do texto; na arte clássica, com os desenhos e esculturas do artista Gabriel Navarro, cujas aulas também podem ser encontradas nesta plataforma, aprendi o detalhe, a sofisticação e o requinte que o trabalho duro pode trazer.

    Além deles, preciso mencionar outras duas inspirações: o livro "a arte de argumentar", de Antônio Suarez Abreu, cuja leitura recomendo a todos, dada sua explicação sobre a importância da argumentação na comunicação humana, e, por fim, os animais, em especial os cães e os gatos, que conheci pois não hesitam no amor e na coragem que somente eles possuem.

  • 04

    Quais são, na sua opinião, as qualidades necessárias para ser um excelente profissional na sua especialidade de ensino?

    Para ser um excelente profissional no ensino de redações é preciso, primeiro, já ter passado por dificuldades no processo de escrita e ter encontrado suas próprias maneiras de saná-las. Em segundo lugar, é necessário conhecer especificamente a estrutura e os critérios de correção de cada uma das bancas de redação as quais pretenda ensinar e estar sempre atualizado sobre eles. Por fim, desenvolver seu método próprio de ensino que seja assertivo em dar as ferramentas necessárias para que os estudantes obtenham resultados satisfatórios e conquistem seus objetivos com a nota da redação no processo seletivo a que forem prestar.

  • 05

    Você teria alguma história e/ou curiosidade engraçada relacionada à sua profissão ou as aulas para compartilhar?

    Certa vez havia uma turma de Ensino Médio com a qual parecia que, não adiantava o que fazer, eles não compreendiam tão bem os conteúdos. Então, durante uma prova avaliativa do 2° bimestre, um aluno levantou a mão e perguntou: "professor, obra tem alguma coisa a ver com livro?". Esse foi o gatilho disparador para parar tudo! E foi justamente o que fiz ao responder: "Para tudo! Alguém mais não sabe se a palavra obra tem a ver com livro? Sobre o que vocês acham que ela se refere?" Foi quando constatei que os alunos estavam relacionando a palavra obra, que na aula de literatura se referia a livros escritos, à obra de construção civil, de pedreiros. Por isso não estavam aprendendo, não conhecia o significado de muitas palavras que estavam sendo utilizadas. Longe de ser engraçada, a situação constatou uma necessidade que não pode ser nunca mais deixada de ser levada em consideração: em todas as aulas, assim como nas redações dos vestibulares, todos os termos que aparecerem devem ser didaticamente explicados. Não se pode passar pelo pressuposto de que os alunos já saibam as informações. Tudo precisa ser sempre detalhadamente evidenciado para a assertividade do aprendizado e para evitar confusões.

  • 06

    Confesse pra gente, você também já passou por alguma dificuldade na escola/faculdade na matéria que você leciona...

    Eu também já tive sérios problemas para escrever redações. Quando era criança, a ideia de ter que produzir uma redação era assombrosa! Entrava em pânico e não conseguia produzir uma linha sequer! Chegava ao ponto de minha mãe pedir a meu irmão mais velho que ditasse uma para mim só para eu ter o que entregar na escola. Esse problema só veio a ser sanado quando, no Ensino Médio, um bom professor de língua portuguesa ensinou estruturas prontas de redação que, na época, eram as tipologias ensinadas: "descrição", "narração" e "dissertação". Depois disso, na graduação em letras, foram em contextos reais de uso, nos artigos científicos a serem publicados, que minha escrita dissertativa foi se desenvolvendo e se aperfeiçoando até o TCC, trabalho de conclusão de curso. Posteriormente, já lecionando língua portuguesa, pude constatar dificuldades parecidas em outros estudantes e compreendê-las. No entanto, mesmo já obtendo bons resultados com os alunos, foi após a primeira participação nas formações de corretores de redações do Enem, pelo Inep, que tudo mudou, pois, as informações precisas sobre os critérios de correção, unidas à minhas metodologias de ensino, trouxeram avanços surpreendentes no processo de ensinar corretamente a escrever redações. A partir daí, tratei de saber os critérios de correção das redações dos demais processos seletivos e a participar das formações oficiais acerca deles, como as da Unicamp e do Inep.

  • 07

    Nos ajude a te conhecer um pouco melhor, conte-nos um pouco sobre suas paixões!

    Minhas paixões atuais são: redação, literatura e animais! Não necessariamente nessa ordem.Os cães e os gatos que adotei no decorrer de minha vida me ensinaram os conceitos mais importantes da vida. A literatura me proporcionou encontrá-los nos ditos de outros escritores e, quem sabe, a redação me permita escrever, um dia, tudo o de mais importante que aprendi na vida.

  • 08

    O que faz de você um Superprof (além de ter respondido a esta entrevista :-P)?

    São a insistência na superação dos próprios limites e o conserto de minhas imperfeições, além do aperfeiçoamento constante da técnica e do caráter, que me levam a crer que posso ajudar outros a também fazê-los!

Encontre seu professor de língua portuguesa e literatura (escolar)
14490 profes disponíveis

  • Professor de língua portuguesa e redação! Formando em letras com habilitação em espanhol na Universidade Federal de São Paulo - Guarulhos.

    Well Nascimento

    5 (5 avis)
    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora formada pela USP com experiência no ensino de redação para Enem e principais vestibulares; domínio de gramática para concursos e ensino de Literatura brasileira e portuguesa.

    Thayslane

    5 (3 avis)
    • 45 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de jornalismo dá aulas de reforço escolar em SP para todas idades

    Djenifer

    Jardim Imperador

    5 (2 avis)
    • 30 R$/h
    • 1h grátis
  • Reforço Estudantil nas áreas das Ciências Humanas - Redação e História. Ainda, disciplinas acadêmicas específicas do curso de Direito, abrangendo o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil.

    Carol

    Itaquaquecetuba

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Recém formado em letras com excelente habilidade na língua nativa. Estudante de pedagogia 2ºsemestre

    Anderson

    São Paulo

    • 45 R$/h
    • 1h grátis
  • Aulas particulares de reforço ( gramática , ortografia e interpretação de texto) para ensino fundamental , médio e concursos públicos.

    Daniel

    São Paulo

    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora particular (Letras - USP) com 5 anos de experiência em São Paulo - SP

    Luana

    Jardim Campos

    • 65 R$/h
    • 1h grátis
  • Escritor Joad Lima oferece aulas de alfabetização, poesia, em Guarulhos SP e online

    Joad Lima

    Parque Jandaia

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Venha aprender mais sobre a língua portuguesa, nossa literatura e concordância! Não pense duas vezes!

    Anésia Nádia

    Itaim Paulista

    • 42 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora de Português , literatura e produção de textos em São Paulo/SP.

    Beatriz

    Jardim Lourdes

    • 60 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Letras da Universidade Federal de São Paulo dá aulas de português- gramática, redação e literatura. Também auxilio na elaboração de trabalhos e TCC.

    Beatriz

    Vila Monte Belo

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Graduada em RH e Graduando em Pedagogia - Aulas em São Paulo

    Tailane

    São Paulo

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Letras dá aulas de Gramática, Redação e Literatura em Poá - SP

    Thiago

    Jardim Ivonete

    • 30 R$/h
    • 1h grátis
  • Pedagoga e Psicopedagoga. Trabalho com crianças de 5 a 13 anos. Auxílio em atividades escolares, alfabetização, dificuldades de aprendizagem e reforço escolar.

    Gabrielle

    Jardim Camargo Novo

    • 48 R$/h
    • 1h grátis
  • Opte por Literatura brasileira, viagem nos clássicos e contemporâneos! (Preço que cabe no seu bolso)!

    Jardim das Oliveiras

    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Língua portuguesa e língua inglesa é literatura brasileira venham conhecer melhor .

    ADONIAS

    Jardim Tropical

    • 50 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de Direito da PUC-SP dá aulas de Reforço para o Ensino Fundamental

    Andrei

    Jardim Margarida

    • 35 R$/h
    • 1h grátis
  • Estudante de psicologia da reforço escolar e aulas pré vestibular, aproveite já!

    Larissa

    Jardim do Vale

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Professora de Acompanhamento e Reforço Escolar / fundamental I, II e ensino médio  (Lingua portuguesa)

    Jaqueline

    Poá

    • 40 R$/h
    • 1h grátis
  • Aprovada em medicina em duas universidades de São Paulo, dou mentoria para vestibulandos de qualquer área, com foco na sua universidade dos sonhos

    Isabella

    Parque Suzano

    • 55 R$/h
    • 1h grátis
  • Ver mais professores