Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

Como dar aulas particulares de um instrumento?

De Carolina, publicado em 12/03/2017 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > Como ensinar música quando se é professor particular?

Você é apaixonado por música?

Você toca um instrumento e tem um nível bom?

Você procura um trabalho para ganhar um dinheiro extra?

Piano, guitarra, trompete, saxofone, violino, violão, bateria, baixo… transmita a sua paixão tornando-se professor particular em domicílio!

Como dar aulas particulares de música? De acordo com o seu nível, você pode dar aulas de iniciação para crianças, de nivelamento ou de aperfeiçoamento. Em todo o caso, as aulas de música acontecem da mesma maneira em geral.

Pense simplesmente na duração de cada aula com relação a idade do aluno. Os pequenos têm muita dificuldade de se concentrar durante uma hora!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

O que acontece em uma aula de música?

“A música é além das palavras” dizia Julien Green, escritor americano.

Quando a gente começa um instrumento, a gente já quer tocar como o nosso músico preferido, certo? Porém, é importante esperar e praticar muito antes de se lançar em um solo de guitarra como Jimi Hendrix ou de tocar piano como Lang Lang.

Antes de qualquer coisa, é indispensável estudar o solfejo e as técnicas de base do instrumento. É importante lembrar também que uma lição de música também é um lazer!

As notas são a base de qualquer aprendizado musical Ler a música em todas as suas formas é muito importante

Geralmente, a gente divide a aula de música em 4 partes:

  • Retomada da aula anterior e os exercícios dados: é a ocasião de ver com o aluno se ele guardou as noções dadas na aula anterior ou se ele teve dificuldades quando foi treinar em casa sozinho.
  • Praticar o solfejo: indispensável, o solfejo permite ler uma partitura e aprender a acompanhar um ritmo de música.
  • Ensinar uma música: a gente passa para a prática. É o momento que o professor ensina novas técnicas e dá conselhos para interpretar a música escolhida.
  • Exercícios para fazer em casa: no final da aula, o professor dá tarefas para fazer em casa. A prática regular do instrumento é importante para ter uma progressão rápida e ganhar velocidade e fluidez. O treinamento em casa também permite uma boa compreensão das noções vistas em aula.

Cada professor particular tem uma maneira de ensinar. É sempre possível optar por uma pedagogia alternativa. É a vantagem de aulas particulares em domicílio. A gente pode se adaptar mais facilmente a um aluno e propor aulas mais lúdicas.

A prática do solfejo pode combinar com a técnica. A gente pode ler uma partitura e treinar o posicionamento dos dedos na corda de um violão ao mesmo tempo.

O trabalho de um educador nem sempre é simples! Quando a gente ensina a música, temos que ser bons pedagogos, ser paciente e se adaptar a cada aluno para dar aulas interessantes e colocar em prática uma relação de confiança.

Quais músicas escolher para dar nas aulas particulares?

A escolha de uma música é muito importante na aprendizagem de um instrumento. Para fazer isso de maneira eficaz, elas devem estar adaptadas ao nível e, ao mesmo tempo, oferecer novas técnicas ao aluno. Para te guiar na preparação de suas aulas, você pode se apoiar em um método, ou, ao contrário, ensinar de maneira totalmente livre.

Ensinar música através de um método

Você está acostumado a dar aulas com um método clássico?

Existem vários:

  • métodos de aprendizagem propostos por marcas (Suzuki, Yamaha…),
  • os métodos adaptados às crianças,
  • métodos realizados por músicos (Willems, Dalcroze…)…

A oferta é grande para dar um acompanhamento para suas aulas particulares de piano, por exemplo!

As aulas particulares são para você um trabalho de estudante?

Esses suportes são muito completos e podem ser bastante preciosos quando a gente começa a ensinar e quando a gente não é um “expert” em preparação de aulas particulares.

Porém, se você quer personalizar suas aulas de música e dar a possibilidade para seus alunos de abordar registros musicais mais variados, esses métodos são limitados.

As aulas de música devem ser também uma diversão! Os métodos muito escolares podem desencorajar alguns.

Todo professor transmite seus conhecimentos Saber posicionar os dedos nas cordas é um exercício importante

Então, não deixe de desenvolver o seu próprio método!

Proponha aulas particulares personalizadas

Para começar, os clássicos são os mais certeiros. Porém, não devemos ignorar os gostos e motivações de seus alunos.

Se seu aluno pensar que ele não para de treinar os acordes ou que ele está cansado de tentar tocar “Für Elise” de Beethoven e que não sabe tocar nenhuma outra música, ele não terá prazer praticando. Então, o resultado não será nada produtivo…

É melhor, principalmente em aulas particulares, ensinar  a música e a prática do instrumento utilizando músicas que vão motivar o aluno. Prepare para ele um programa personalizado!

Em suas aulas de piano, você pode alternar clássico, jazz, trabalhar arranjos de músicas de filmes, por exemplo. Um adolescente vai adorar tocar a música do filme “Piratas do Caribe”, por exemplo.

Para o violão ou a guitarra, se seu aluno é fã de rock, pense em tocar algumas canções que ele gosta. Os grupos são vários:

  • Rolling Stones,
  • Deep Purple,
  • Metallica
  • Jimi Hendrix,
  • Beatles…

O música está ali para ser treinada, consolidar os aprendizados e ensinar as técnicas. Os avanços dos alunos dependem do número de horas que ele vai dedicar para o aprendizado do instrumento. Propondo treinar com uma música que ele gosta, ele vai ter menos resistência para praticá-la sozinho e vai fazer um melhor trabalho!

O ideal é que o aluno pratique pelo menos 15 minutos por dia para uma boa revisão de técnicas vistas em aulas.

Descubra também como funciona uma aula de esportes e como aprender a dar uma aula de idioma…

Enriqueça a cultura musical de seu aluno

Os brasileiros amam a música!

Vários ritmos como a bossa Nova, o samba entre outros foram criados aqui. Nossa música é conhecida mundialmente e cai no gosto de quase todos.

Além disso, nosso país tem uma verdadeira cultura musical. Sempre quando encontramos os amigos, tocamos, cantamos e dançamos. Podem acreditar, isso não acontece em todos os lugares e normalmente isso é uma das primeiras coisas que os gringos notam nos nossos hábitos!

Então, sendo professor particular, seu papel não é somente ensinar as técnicas para tocar um instrumento. Você pode aumentar a cultura musical de seu aluno e abrir novos horizontes para ele.

Começar desde cedo é uma boa maneira de ser um craque depois Os pequenos aprendem música mais fácil

Aproveite suas aulas particulares para lhe ensinar novos estilos musicais e músicos que eles não conhecem. Apresente diferentes correntes musicais, sem esquecer das influências dos principais artistas.

Assim, você vai despertar o interesse e a motivação do aluno, mas também transmitir seus conhecimentos e mostrar lhes que a música abre múltiplas perspectivas.

Durante uma aula de violão, você pode ensinar blues, jazz, reggae, rock, pop, country, sertanejo, samba, bossa nova…

Se as técnicas de base continuam as mesmas, será a ocasião de apresentar técnicas complementares próprias a cada corrente musical:

  • o picking,
  • a utilização de bottle-neck,
  • o sweeping…

Aulas particulares de música e iniciação ao improviso

Para um músico, tocar é um prazer, mas é também um meio de expressão muito importante. Seja interpretando uma música escrita por outra pessoa ou fazendo uma improvisação, através do instrumento, a gente transmite e compartilha muitas emoções…

Quem nunca teve arrepios ao escutar uma música cheia de emoção?

Seus alunos sonham em montar um grupo ou fazer um luau com seus amigos? Ensine para ele a arte da improvisação. Se isso pode parecer difícil no começo, com alguns pequenos conselhos e as técnicas da base de improvisação, eles podem facilmente se aventurar e aproveitar disso.

O que é uma improvisação?

Seu aluno pensa que um músico que improvisa toca notas ao acaso e que o resultado é impressionante porque ele tem um dom ou um talento? Mostre para ele que ele também é capaz!

Improvisar é acima de tudo conhecer as notas, os sons, as harmonias. Explorar todos os nossos conhecimentos musicais e tocar instintivamente demanda muita perseverança! Mas você está ali para lhe dar todo o apoio necessário e ensinar os macetes que vão levar seu aluno ao sucesso!

É um exercício interessante para colocar no seu programa de aulas particulares depois que seus alunos tiverem o conhecimento básico e ficarem à vontade com o instrumento.

Além de impressionar, a improvisação também é uma técnica de aprendizado Tocar de improviso pode ser uma boa maneira de progredir na música

Para que seu aprendiz de música possa conseguir boas improvisações, é importante lhe dar os meios:

  1. Desenvolver seu ouvido: escutar é uma das chaves para uma boa improvisação. Ensine a seus alunos a escutar as notas cantadas, reconhecer se elas são justas ou não, juntá-las para ver se elas soam bem ou não…
  2. Aprender as frases musicais: para improvisar, a gente aprende as sequências que a gente escuta sempre ou que a gente conhece. Elas funcionam como frases musicais que a gente pode juntá-las.
  3. Trabalhar as sequências: para conseguir, é importante saber errar. Incentive seu aluno a se aventurar, ousar, improvisar. Se os primeiros resultados forem ruins, o importante é testar as combinações. Ele vai guardar aquelas que soam bem e vai reutilizá-las.

A improvisação é uma arte formadora. Com certeza, os músicos autodidatas não ignoraram essa característica. Aprender a tocar de ouvido não deixa de ser uma improvisação e um risco, não é mesmo? Por isso, não tenha medo de errar porque todos os erros podem se transformar em acertos com a prática e a perseverança.

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *