Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

Dicas para encontrar o melhor professor particular de inglês

De Fernanda, publicado em 22/06/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como fazer aulas particulares de inglês?

Nós não vamos cansar de afirmar: você precisa dominar o inglês! É a língua internacional que permite a comunicação em todo o mundo.

Não menospreze suas aulas de inglês! Elas são um benefício pessoal e profissional efetivo!

Mas como aprender inglês?

Devemos passar por uma escola de inglês?

Uma instituição privada?

Ou por aulas particulares on-line?

Siga nossas dicas para fazer aulas de inglês e sair falando a língua de Shakespeare!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Quanto custa uma aula particular de inglês?

Os preços podem variar muito. Antigamente as aulas particulares eram um luxo acessível para poucos; no entanto, hoje em dia, com o crescimento desse mercado, é possível encontrar valores bem acessíveis, ainda mais se estamos falando de aulas de inglês, a língua universal por excelência.

Fazer aulas de inglês se tornou uma verdadeira necessidade para certas pessoas!

Mas com um mercado ascendente, e milhares de ofertas, como encontrar o melhor professor de inglês com o preço mais acessível?

No Superprof, por exemplo, os professores são livres para definir seus próprios preços de acordo com critérios diferentes:

  • O nível da aula solicitada pelo aluno: um iniciante vai pagar menos do que uma pessoa que deseja aprimorar os conhecimentos que já tem. Da mesma forma, uma aula para um estudante de ensino fundamental deve custar menos do que uma para um estudante de ensino médio ou um vestibulando.
  • A duração da aula: a duração pode muitas vezes aumentar em função do tipo da aula (1 hora por semana para aulas de auxílio no dever de casa de casa a 8 horas para um intensivão) e, com ela, o preço da aula particular.
  • O perfil de professor: um estudante ou universitário cobra menos do que um professor já experiente. Por exemplo, alguns professores podem treinar seus alunos para passar o TOEIC – Teste de Inglês para Comunicação Internacional.

Quanto custa uma aula de inglês? O SuperPROF não cobra nenhuma comissão sobre os preços das aulas fornecidas pelo professor; isso significa que ele se recebe integralmente o montante que é pago pelo aluno.

Vamos avaliar os preços cobrados por localidade? As capitais costumam centralizar os preços mais elevados de hora aula, não importa a disciplina ou área de conhecimento.

Conheça agora o preço médio de uma aula de inglês em diferentes capitais brasileiras:

  • São Paulo – 61 reais
  • Rio de Janeiro – 57 reais
  • Curitiba – 45 reais
  • Belo Horizonte – 49 reais
  • Recife – 44 reais
  • Vitória – 49 reais
  • Porto Alegre – 51 reais
  • Brasília – 58 reais
  • Salvador – 46 reais
  • João Pessoa – 54 reais
  • Florianópolis – 48 reais
  • Manaus – 64 reais
  • Belém – 39 reais

Como otimizar suas aulas de inglês?

Você já pensou que, quando você está frente a frente com um bom professor de inglês, 100% da concentração dele está voltada para você e para o ensino de inglês? É por isso que, mesmo se o aluno não optou voluntariamente por essas aulas particulares (não estamos dizendo que este é o caso para todos, pelo contrário!), é importante aproveitar ao máximo o momento e aprender bastante.

Para aproveitar ao máximo suas aulas de inglês, é preciso planejá-las com inteligência. E o seu professor está lá para lhe ajudar. Ele vai se concentrar sobretudo no programa definido, mas também irá procurar entender quais são seus pontos fracos em inglês; eles serão prioridade. Claro, é sempre interessante reforçar os pontos fortes de um estudante por meio da consolidação dos conhecimentos, mas o primeiro objetivo de uma aula particular é eliminar todas as dificuldades existentes na língua!

O objetivo de fazer um curso ao longo do ano tem dois aspectos: adquirir sólidos conhecimentos em um determinado assunto, em primeiro lugar, mas também saber utilizar esses conhecimentos em todos os contextos da vida. Como, por exemplo, em avaliações e provas. Para ter sucesso em todos os exames, as aulas são sempre uma grande ajuda.

Outro ponto importante é a expressão oral. Se há uma maneira de progredir rapidamente em inglês, é por meio da prática da conversação. Ela estimula todos os aspectos da língua nos interlocutores, especialmente para aqueles que estão iniciando seus estudos. Como, por exemplo, no caso do entendimento dos sotaques (veja nosso artigo sobre como melhorar sua pronúncia no inglês). Praticar a conversação ajuda a entender as diferenças entre o sotaque americano, o britânico e o escocês… Compreensão oral é realmente um componente essencial do conteúdo de inglês.

É importante aproveitar a presença do professor particular para falar bastante, uma excelente oportunidade para melhorar a fluidez da comunicação. Quando começamos a falar, mesmo se tivermos uma boa base gramatical e um bom vocabulário, nós travamos em alguns momentos, gaguejamos. Nosso cérebro cria pequenos bloqueios na tentativa de pronunciar corretamente as palavras e construir as frases de maneira fluida.

Como fazer render seus estudos.Como aproveitar melhor suas aulas de inglês?

Como escolher o seu professor de inglês?

Ao contrário de uma aula de grupo, o curso com um professor individual lhe permite desfrutar de toda a atenção do profissional para que ele atenda a todas as suas dúvidas.

As aulas vão avançar de acordo com o seu ritmo e não de acordo com o ritmo do grupo: em função do seu nível, dependendo de qual ano você está (se você frequenta o ensino fundamental, ensino médio ou ensino superior), o professor vai trabalhar com base em suas habilidades e também em seus objetivos.

Mas como escolher o profissional ideal? Um professor com licenciatura em letras, dedicado exclusivamente à sua disciplina, ou um estudante que já morou anos em um país anglófono? Como tomar a boa decisão?

A grande vantagem de ter um estudante como professor particular é a sua proximidade com o universo acadêmico e com o aluno. Ele certamente é uma pessoa mais acessível. Agora, se você decidir optar por um profissional experiente, vai encontrar outro perfil de educador. Ele sabe de antemão o que o aluno espera, as barreiras que irá enfrentar; ele pode antecipar suas reações e lhe dar soluções para superar esses obstáculos.

Além disso, o domínio do conteúdo será muito útil: ele pode dar ou revisar um capítulo inteiro ou trabalhar um conceito específico que o aluno não tenha compreendido.

Geralmente, é o aluno que vai escolher o perfil do professor de acordo com suas habilidades, necessidades e orçamento.

Como escolher seu profissional de educação particular? Um bom professor irá indicar boas referências de recursos que auxiliam nas suas aulas.

O que é um bom professor particular de inglês?

  • É um profissional que tenha sólida experiência e conhecimento e que domine o inglês com perfeição: ele vai se adaptar às necessidades de cada aluno.
  • É um professor que dá gramática quando necessário e não de maneira sistemática. É um professor que não se esquece de trabalhar expressão oral e comunicação.Nenhum aspecto do idioma deve ser esquecido como falar, escrever, vocabulário, gramática, pronúncia, etc.
  • É alguém que não fala português (ou bem pouco) durante as aulas, visando à imersão total. Isso permitirá que você melhore rapidamente sua pronúncia.No entanto, se um conteúdo de gramática precisa de esclarecimentos ou de maior profundidade, será preferível explicá-lo em português.
  • É um professor que lhe permite falar e se expressar, que não interrompe para corrigi-lo sistematicamente: ele primeiramente toma algumas notas e, em seguida, corrige. O importante é a fluidez, o desejo de se comunicar em inglês e, assim, liberar o estudante de seus bloqueios.
  • É um professor que lhe dá exercícios para fazer em casa: um pequeno texto do seu interesse para ler, uma lista de 10 palavras do vocabulário para aprender, etc.
  • O professor deve ter excelente pronúncia: para melhorar a sua, ele deve ser capaz de reproduzir claramente as sonoridades para você.

Os melhores conselhos para ajudar seu filho na hora de aprender inglês

Alguns pais não falam Inglês.

Nesses casos, ajudar seus filhos com o dever de casa em inglês é um grande desafio….

Nós trazemos algumas dicas para ajudar os pais que não falam o idioma inglês:

  • Evolua ao mesmo tempo que a criança
  • Estimule seu filho a falar em inglês na sua frente
  • Inverta os papéis – professor e aluno
  • Não procure traduzir tudo palavra por palavra
  • Envolva o seu filho por meio da música
  • Encontre e converse com o professor de inglês
  • Invista em livros com conteúdo em inglês
  • Leia revistas ou jornais em inglês
  • Frequente aulas noturnas ou on-line, como pai

Quantas horas de aula são necessárias para dominar a língua inglesa perfeitamente?

Quanto maior a qualidade do seu aprendizado de inglês, menos horas de curso serão necessárias. Na verdade, tudo depende de como o aprendizado está acontecendo e da qualidade das aulas particulares de inglês que você frequenta. Se você aumenta em qualidade, certamente vai reduzir em quantidade.

Para evitar o desperdício de tempo e de dinheiro nas suas aulas de inglês, aqui estão algumas dicas:

  • Os dois primeiros conselhos já foram dados: você precisa encontrar um professor que combine com você e também precisa estudar em casa.
  • Pratique bastante a expressão oral, conversando com amigos ou familiares.
  • Não hesite em fazer perguntas ao seu professor durante a aula (ou fora delas, por e-mail, por exemplo). Ele está lá para isso, não é mesmo?
  • Assista a séries ou filmes em versão original. Dica: comece com as versões originais com legendas em português, e depois vá para as versões originais com legendas em inglês….
  • Ouça música em inglês, imprimindo as letras para acompanhar o que está ouvindo. Leve esse material para seu professor, tire as dúvidas de vocabulário que surgirem.
  • Leia livros em inglês. Comece com livros para o público jovem, que não costumam empregar palavras ou estruturas muito complicadas de frase (Harry Potter, por exemplo).

Finalmente, a grande questão: quanto tempo você vai levar para falar com sucesso um bom inglês? Infelizmente, não há resposta precisa, porque você tem de levar em conta uma série de critérios, como por exemplo:

  • Seu nível do idioma: se você nunca estudou inglês antes e se você está começando do zero, você vai levar mais horas do que se já tivesse uma base de conhecimentos da língua. Isso faz um pouco de sentido, certo? Tudo depende do nível de onde você se encontra.
  • Seu objetivo: se você quer se tornar bilíngue mas ainda é principiante em inglês, vai levar ainda mais horas do que se já soubesse falar. Nesse último caso, as aulas particulares serviriam apenas para aprofundar certos conceitos ou aprender conteúdos específicos, como inglês para negócios, por exemplo. De novo, isso faz todo o sentido.

É por isso que é inútil simular um cálculo de quantidade de horas necessárias para chegar à fluência de uma língua. Seria sem sentido e irreal. O importante não é o « quanto », mas o « como » e, sobretudo, o « por quê » (seus objetivos).

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *