A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Tudo o que você precisa saber antes de começar a estudar ciências matemáticas

Par Fernanda le 30/12/2016 Blog > Reforço escolar > Matemática > O guia para fazer aulas de matemática
Table des matières

A matemática é uma das disciplinas mais procuradas no Superprof quando o assunto é aula particular. Certamente é uma das matérias que os alunos encontram mais dificuldades!

Mas, além disso, as ciências matemáticas têm muita importância na vida escolar e pessoal de todas as pessoas.

Acima de tudo, ela é importante para decifrar e compreender melhor o mundo que nos cerca. Além disso, tem papel fundamental na vida profissional. A matemática está presente em toda a nossa vida!

Por isso, muitos estudantes, do ensino fundamental aos anos preparatórios do vestibular, buscam reforço, apoio ou acompanhamento especializado. Uma alternativa eficaz para acabar com as dificuldades existentes, mas também para motivar os estudos.

Descubra agora todas as informações que você precisa saber antes de começar suas aulas particulares!

Por que fazer aulas de matemática?

É bem comum muitas crianças encontrarem dificuldades com essa disciplina ao longo do ano letivo.

Por que estudar números em casa. Não deixe as dificuldades se tornarem um problema ou um trauma na escola. Que tal experimentar aulas particulares?

E isso preocupa muito os pais, claro, muito natural. É uma disciplina muito importante, que pode reprovar o aluno. Ela também é fundamental na vida pessoal e profissional. Nesse caso, as aulas particulares podem ser uma boa saída, não é mesmo?

Mas será realmente necessário fazer aulas particulares de matemática? Será que meus filhos têm razões suficientes? Hoje em dia, as aulas particulares são metodologia muito bem aceita entre os pais, e se demonstram muito eficazes na hora de dar o apoio ao ano letivo. Por isso, o Superprof separou 11 bons motivos para fazer aulas em casa.  Conheça eles:

  • 1. Você não está mais sozinho diante dos problemas: essa é uma ótima ocasião para deixar de encarar os problemas sozinho, e contar com a ajuda de um profissional especializado. Chega de bloqueios desnecessários!
  • 2. Você tem um conteúdo sob medida: com o acompanhamento e o apoio de um professor particular, você tem uma personalização do conteúdo. Na verdade, antes de mais nada, o professor vai identificar seu nível de estudos: quais são suas dificuldades, seus pontos de atenção, seus pontos fortes.
  • 3. Você percebe e entende melhor o mundo à sua volta: as aulas de matemática ajudam na compreensão do mundo em que vivemos: você passa a ser mais participativo, mais criativo, mais comunicativo e articulado. A matemática é uma ciência que contribui para a cidadania!
  • 4. Você pode trabalhar em diversas áreas: a matemática está presente em inúmeras profissões: contabilidade, engenharia, administração, medicina, química, hotelaria, restauração, agronomia, maçonaria… e por aí vai!
  • 5. Você tem o professor só pra você: ou seja, você tem a atenção exclusiva do seu professor. Na verdade, ele está lá só para você: aproveite para tirar todas as dúvidas, trocar ideias, conversar sobre situações do dia a dia que envolvem os conteúdos matemáticas. É uma oportunidade única!
  • 6. Você aprende com um método feito pra você: às vezes, o ritmo das aulas tradicionais e os livros didáticos não se adaptam a todos os alunos. Muitas escolas ainda aplicam um ensino padronizado e, portanto, fora de contexto das diferentes realidades dos estudantes.
  • 7. Você ganha confiança em si mesmo: sob o aspecto psicológico, as aulas personalizadas são um grande suporte: você descobre aos poucos suas habilidades e competências.
  • 8. Você tem aulas acessíveis e de qualidade: hoje em dia, as aulas particulares não são mais um luxo para poucos. Com o aumento da oferta e a alta concorrência de professores, o mercado de aula particular se tornou bem acessível.
  • 9. Você tem aulas eficazes: é comprovada a eficácia da aula particular ou de reforço escolar de matemática, seja voltada para ensino fundamental, médio ou pré-vestibular.
  • 10. Uma boa relação professor-aluno: nas aula particulares, professor e aluno estão em posições iguais. A relação torna-se uma experiência de troca de conhecimentos e, por consequência, é muito enriquecedora. O aluno, aliás, ganha autonomia e liberdade para abordar e atacar dúvidas, medos, dificuldades.
  • 11. Você tem liberdade de escolha: existem aulas particulares de todos os tipos e métodos. Em pequenos grupos, em grupos por nível de estudos, em grupos com objetivos específicos (preparatórios ou conteúdos especiais), enfim.

Por que a matemática é indispensável?

Sabemos que matemática é uma das ciências mais antigas do mundo. Ao longo da história, o homem sempre precisou calcular: medir espaço, tempo, construir, fazer trocas…

Hoje, quando nos perguntamos sobre a relevância dessa disciplina no nosso dia a dia, a resposta é evidente: estudar os números e os cálculos contribui muito para que as crianças entendam e decifrem o mundo e a sociedade que as cercam.

A matemática também é indispensável para entender a arte em geral. Que tal descobrir a geometria por meio de Vasarely, Kandinsky, Mondrian ou Picasso? Ou então por meio do origami! Você também pode aprender muito sobre lógica e raciocínio com alguns jogos e brinquedos. Utilizar os jogos durante as aulas tem muitas vantagens: desenvolve o espírito de pesquisa, permite a compreensão dos erros, estimula o pensamento lógico, ajuda na superação de bloqueios e muito mais. Experimente usar o Dominó, Lego, Sudoku, Mastermind, ou tantos outros!

Os números e as artes visuais. Você consegue enxergar a matemática nessa obra do Victor Vasarely?

Existem muitos benefícios comprovados da matemática na vida prática. Quem já não ouviu aquela pergunta clássica: « Mas profe, para que serve aprender isso?? » Pois saiba que as respostas são muitas: fazer economia doméstica, calcular os impostos, taxas de juros de compras parceladas, calcular porcentagens, distâncias, entender e converter as medidas, ter noção de espaço e de tempo, saber proporções, descobrir as probabilidades em um sorteio, cozinhar…

Enfim, além disso, na vida profissional a matemática é onipresente. Em muitos setores, conhecer os números e os cálculos é condição sine qua non. Sobretudo nas áreas de finanças, seguros, setor bancário, engenharia, energia ou então logística.

Como encontrar um professor de matemática?

É fato: aumenta cada vez mais a procura por cursos de apoio e reforço escolar, além das aulas particulares em casa.

Mas como encontrar um professor?  É muito difícil achar o profissional mais adequado ao perfil do meu filho?

Comece a busca no seu próprio bairro: muitos professores deixam anúncios em quadros disponíveis no comércio local, como padarias, supermercados, mercearias, farmácias, até mesmo em igrejas e centros culturais. É uma das formas de achar um profissional que esteja próximo de você.

Aliás, os próprios estabelecimentos escolares possuem locais reservados para anúncios, inclusive de aulas particulares.

A Internet é outra alternativa muito eficaz na busca de professores particulares de matemática.

Recomendamos que você vá diretamente ao site do Superprof. Existe uma quantidade enorme de professores de matemática disponíveis em diversas cidades do Brasil. Na plataforma do Superprof você também consegue fazer a primeira seleção dos profissionais que procura em função dos alguns critérios.

Por fim, por que não tentar os cursos de matemática online? No Youtube há dezenas de opções de cursos ministrados por professores, tudo em vídeos online. A maioria desses cursos são extremamente divertidos. Professores caracterizados, recursos visuais, jogos interativos, músicas e referências modernas fazem parte do pacote.

Como escolher um professor de matemática?

A aprendizagem de matemática nos primeiros anos da Educação Básica tem como principal objetivo ensinar aos mais jovens sobre o mundo que os cerca, e sobre as regras que o compõem.

Nem precisamos ir muito longe para saber da importância dos estudos de ciências exatas para todos os alunos.

Por isso é crucial escolher o professor mais adequado às demandas de seu filho. Não é tarefa fácil!

É preciso que as aulas aconteçam presencialmente, na casa do aluno, e com uma certa regularidade. Outra condição é que o professor precisa adaptar todo seu conteúdo em função do aluno. Desde suas maiores dificuldades em sala de aula até os bloqueios psicológicos, passando inclusive por sua personalidade. Tudo isso deve ser levado em conta.

Nós aconselhamos como prioridade observar a experiência do profissional. Antes de assumir o compromisso, converse com ele e investigue se tem o hábito de fazer aulas individuais.

O professor particular é capaz de inverter a tradicional posição hierárquica imposta pela escola clássica, onde os alunos têm de obedecer à autoridade, o professor. Nas aulas em casa, professor e aluno estão no mesmo nível. Pelo contrário, o centro se torna o aluno, uma vez que todas suas necessidades e dificuldades devem ser trabalhadas de maneira individual e personalizada. É também um ambiente bem mais descontraído.

Depois de iniciar sua busca por um professor particular, você vai precisar fazer uma entrevista com os selecionados. Por isso, deve formular uma série de perguntas para que consiga fazer a sua escolha de maneira consciente e adequada. Veja alguns exemplos aqui:

  • Há quanto tempo você dá aulas particulares em casa?
  • Você tem referências de trabalhos anteriores?
  • Qual a sua formação?
  • Qual o valor da sua hora/aula?
  • Quais são os conteúdos de matemática de sua preferência?
  • Você dá aulas de outras disciplinas?
  • Você segue alguma metodologia específica?
  • Você tem facilidade de deslocamento e pode dar as aulas em nossa residência?
  • Você já teve algum aluno com perfil similar ao do nosso filho?
  • Você acredita que pode ajudá-lo a melhorar suas notas/conceitos e seu desempenho escolar?

Os valores cobrados pelos professores de matemática

Quantos reais vai cobrar o professor particular? Você sabe o preço de uma aula de matemática em casa?

Para muitas famílias, o preço é o primeiro critério na hora de escolher um profissional que ministre aulas em casa.

Mas quanto custa, na prática, uma hora de aula particular? Isso vai depender de diversos fatores. Da modalidade, metodologia, experiência, formação, localização… Veja alguns exemplos.

Quando falamos de aulas em escolas ou instituições privadas, cada estabelecimento tem suas tarifas próprias. Mas sabe-se que esse tipo de local precisa pagar diversos encargos, como as folhas de pagamento e os impostos, o que gera um aumento considerável no valor das aulas particulares. Os valores de uma mensalidade também variam de cidade para cidade. Hoje em dia, em geral, o preço nas escolas gira em torno de 200 a 300 reais por mês.

Há também a possibilidade de recorrer a estudantes universitários, que costumam oferecer aulas de disciplinas específicas. Esses estudantes, que procuram uma renda extra no final do mês, frequentemente fazem um acordo informal, ou seja, sem nenhum contrato ou encargos trabalhistas envolvidos. Atualmente, os valores estão em torno de 35 e 50 reais a hora.

Outra opção muito indicada é o portal do SuperProf. Na plataforma, o próprio professor determina o valor de sua hora/aula. Entre sua experiência, sua formação, sua metodologia e sua disponibilidade, ele fixa um valor que considera justo dentro do mercado de aulas particulares. No descritivo de cada profissional é possível visualizar sua experiência, sua formação, sua metodologia de ensino, além dos comentários e nota deixados por estudantes anteriores. Um recurso simples, funcional e prático!

Muitas escolas particulares hoje em dia também oferecem um serviço de reforço escolar individualizado. Com outros professores, em horários alternativos, essas aulas tendem a ser mais divertidas e personalizadas. O objetivo principal é se afastar da metodologia tradicional da aula regular e dar atendimento individual ao aluno que tem essa necessidade. A grande maioria das escolas contam com o serviço dentro da própria mensalidade. Existem escolas de rede municipal e estadual que também oferecem esse serviço como um projeto de contraturno.

Na internet é possível encontrar algumas plataformas que oferecem o reforço escolar online. Plataformas, cursos online, videos tutoriais no youtube, sites especializados, jogos… São muitas as opções, e muitas delas gratuitas. Para não errar na hora da escolha, a regra principal é verificar se o site é recomendado, seja pela escola, professores, outros pais de alunos e colegas.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Fernanda
Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz