A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Adora educação? Seja um professor particular!

Par Fernanda le 30/12/2016 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > Gostar de ensinar é suficiente para dar aulas?
Table des matières

É fato: a tecnologia e a web trouxeram um impulso no setor de aulas particulares e de reforço escolar. Hoje, é possível encontrar professores em quase todas as áreas do conhecimento: matemática, inglês, língua portuguesa, gastronomia, economia, yoga… Aulas presenciais ou até via skype!

Alguns professores se lançam na carreira porque precisam de um dinheiro extra, outros porque são motivados por amigos e conhecidos, outros porque desejam adquirir experiência na educação.

Mas entre todos esses profissionais, há ainda aqueles que lecionam porque são apaixonados pelo que fazem.

Como sabemos, gostar do que se faz é algo raro e fantástico, e que nos permite qualificar e aprimorar nossa profissão. Quando gostamos do que fazemos, não vemos as horas passarem!

Que tal então deixar de enxergar a sua profissão de professor como jeito de ganhar dinheiro e passar a ver como uma realização pessoal?

Um segundo trabalho para descobrir sua verdadeira essência

Como fazer da sua profissão uma paixão? Aprimore suas qualidades de professor e ensine melhor!

É muito comum encontrar professores particulares cujo trabalho principal não seja esse! Na verdade, para a grande maioria dos professores, essa é uma atividade complementar.

Como o Super-Homem ou o Homem-Aranha, eles possuem outra profissão, que geralmente não apreciam, mas que paga as contas no final do mês. Um trabalho que não proporciona nenhuma satisfação. Todo dia, a rotina é cumprida e, vai saber, talvez seus colegas nem reparem que ele está ali. Triste!

Como Clark Kent ou Peter Parker, jornalista e fotógrafo respectivamente, e que possuem uma profissão apenas para poder viver em sociedade.

Esses super-heróis também preferem sua segunda profissão. A profissão de usar suas habilidades e competências para ajudar os outros.

Bom, ok, os óculos do Clark Kent lembram um pouco a profissão de professor. Mas, acima de tudo isso, o professor particular compartilha da mesma ambição que o super-herói: cumprir uma missão do bem. Orientar, corrigir e auxiliar os alunos a melhorarem seu desempenho. Além de se tornar referência para eles. Isso traz satisfação pessoal e traz a possibilidade de revelar sua verdadeira personalidade. Muitas pessoas experimentam os mesmos sentimentos quando possuem dois empregos: como a garçonete, que conta cada hora de trabalho, esperando o momento de segurar o microfone e cantar, expressando sua paixão…

A alegria de assumir o papel de educador

Depois de passar grande parte da sua infância observando diferentes professores, seus gestos, seus movimentos, seus jeitos esquisitos, suas maneiras de lidarem com os alunos…. Depois de vê-los falar, gritar, rir durante cinquenta minutos ou até mesmo duas horas, naquela hora da manhã que dá mais sono… Depois de vê-los escrevendo no quadro negro, nas agendas, e dando notas vermelhas nas suas provas… Veja só você! Os papeis se inverteram!

Chegou a hora de você vestir o jaleco, passar para o outro lado da sala e transmitir seu conhecimento, tudo isso em nome do prazer de ensinar! Todo o mistério que você sempre quis desvendar sobre a profissão de professor agora será representado por você! Que alegria, não é mesmo?

O que é necessário para dar aulas em casa? É preciso ter algum diploma para se tornar professor particular?

Agora é a sua vez de conduzir o barco, portanto é você que vai decidir sobre sua metodologia de ensino e recursos a serem utilizados. São as suas preferências, o seu jeito! Veja algumas dicas para começar:

  • Faça uma adaptação de sua linguagem ao universo dos jovens: descubra suas gírias e fale a mesma língua, para que vocês se entendam apesar da diferença entre gerações;
  • Prepare minuciosamente suas aulas, pensando em adaptar os conteúdos e a metodologia às necessidades do aluno;
  • Lembre-se sempre abordar atualidades, contextualizando o conhecimento, para que o aluno se sinta motivado e envolvido;
  • Traga livros, filmes, músicas, jornais, dicas de blogues e redes sociais que apresentem o conteúdo de um novo jeito; isso vai dar uma injeção de ânimo em suas aulas.

Essas dicas poderão ajudar seus alunos a melhorar nos estudos, deixando as dificuldades de aprendizagem para trás. No entanto, existem outras questões mais específicas que exigem de você uma profissionalização. Por exemplo: você conseguiria ajudar seu aluno a passar no vestibular? Ou então ajudá-lo a se tornar bilíngue? Ou acompanhá-lo na formação do curso de engenharia? Ou obter uma nota excelente no Enem?

A satisfação de transmitir seu saber

Um estudo recente sobre aspectos da educação mostra que quem estuda mais tende a ser mais feliz e ter uma expectativa de vida maior. O levantamento What are the social benefits of education? (Quais são os benefícios sociais da educação?, em tradução livre) foi produzido pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e realizado em 15 países membros da organização – do qual o Brasil não faz parte. “A educação ajuda as pessoas a desenvolver habilidades, melhorar a sua condição social e ter acesso a redes que podem ajudá-las a terem mais conquistas sociais”, dizem os autores da pesquisa.

Segundo o estudo, as pessoas que estudam mais são mais felizes porque têm maior satisfação em diferentes esferas de sua vida. Esse nível de satisfação pessoal é de, em média, 18% a mais para que têm nível superior em relação àquelas que pararam no ensino médio.

Portanto, se as pessoas que estudam tendem a serem mais felizes ou, no mínimo, irem em busca de sua felicidade pessoal, seja por meio de uma vida acadêmica ou uma realização profissional, seu papel como professor é fundamental. Dar aulas particulares pode ser algo muito motivador!

Fazer coaching escolar, dar aulas de italiano, aulas de recuperação, ajudar na preparação do vestibular, ensinar um instrumento como a guitarra… São tantas as opções!

Além disso, muitos fatores vem contribuindo para que haja um aumento na procura por cursos particulares: o crescimento do desemprego, uma necessidade de qualificação, complementação dos estudos, pais querendo que seus filhos melhorem seu desempenho escolar…

Muitas são as possibilidades de atuação do professor particular. Como ajudar um aluno a obter o Toefl?

Os serviços que você prestar em domicílio vão certamente melhorar a vida e dar esperança aos pais dos alunos. O que pode trazer ainda mais satisfação para você, futuro professor!

Crianças e adolescentes necessitam de modelo para se construírem na sua liberdade e serem autônomos. Nos primeiros anos de vida, os modelos, as referências, são os seus pais; posteriormente, os modelos são buscados na escola, na sociedade.

O grande ofício dos mestres, de conduzir a sociedade, mostrar caminhos, dar luz ao conhecimento é uma das profissões mais antiga do mundo e, não por acaso, professor e profissão têm a mesma origem etimológica do latim.

O professor é uma das profissões mais importantes pelo seu papel na formação do cidadão. Os pais entregam seus filhos em nossas mãos e confiam no desempenho do nosso trabalho, para que despertemos neles o gosto pelo aprender. Os professores são como mestres que levamos pela vida afora, que nos ensinaram o saber da vida em um quadro de giz.

O professor é um parceiro de visão e experiência na construção do conhecimento, assumindo o seu papel de promotor, orientador, mediador, motivador e gestor da aprendizagem, deve ser fonte de motivação para o aluno. Como promotor da aprendizagem, facilita o acesso aos dados e informações, ao conhecimento acumulado pela sociedade, orientando, executando e avaliando eventos, experiências e projetos, para que ocorra a construção do conhecimento.

Professor particular: profissão para a vida

É suficiente gostar de dar aulas para se dar bem na profissão? Dar aulas particulares: um bom negócio!

O número de pessoas que se dedicam às aulas particulares vem aumentando muito ultimamente. Isso se deve à série de vantagens dessa profissão, se comparada ao trabalho do professor em uma escola. Quem já não pensou em como seria maravilhoso ser dono do próprio negócio, não ter de dar satisfação a nenhum chefe, trabalhar nos horários de sua disponibilidade, não dividir seus honorários com ninguém, ganhar bem e etc.

O primeiro ponto positivo, sem dúvida, é a flexibilidade. O professor particular tem horários mais maleáveis, pois é ele quem decide quais aulas aceitar e quando dá-las. Oportunidade perfeita para aqueles que ainda estudam ou voltaram a estudar, pais que queiram se dedicar mais aos seus filhos, aposentados que queiram continuar trabalhando, professores de escolas, que tenham alguns horários livres, entre outros.

Outro ponto, importantíssimo é o aspecto financeiro. O  professor particular define seus preços e recebe integralmente o valor pago pelo aluno. Bem diferente do que ocorre quando o professor é contratado pela escola. As escolas particulares de idiomas, por exemplo, chegam a reter 90% do valor da hora-aula, portanto, o professor recebe apenas 10% do valor cobrado do aluno.

Ser professor hoje é encarar a vida com sensibilidade e consciência. Ele deve saber lidar com as diferenças, ter flexibilidade e ajudar o seu aluno a refletir, é ser um emancipador do saber. Toda pessoa que trabalha com educação, seja para auxiliar alunos com dificuldade de aprendizagem, para reforço escolar, aulas de acompanhamento, enfim, está também ajudando a formar cidadãos que construirão a sociedade em que vivem.

O professor será aquele que vai passar segurança e motivar a nossa investigação, ou seja, ele terá a função de orientar a investigação, colocar questões para que ela progrida, auxiliar com o fornecimento de fontes e informações, assim como colocar desafio para que o aluno perceba as diferentes perspectivas possíveis do problema. (AQUINO, 2007, p. 81)

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina, já dizia Cora Coralina.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Fernanda
Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.

Commentez cet article

avatar

wpDiscuz