A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Não desista de tocar este belo instrumento!

Par Carolina le 10/10/2016 Blog > Música > Violão > Como trabalhar sua motivação para tocar violão
Table des matières

Como muitas pessoas, você começou a aprender tocar violão ou guitarra.

Querendo tocar como os seus ídolos, desejando mais que tudo tocar as melhores músicas, você se lançou nessa aventura que é o aprendizado de violão ou guitarra.

Você está super animado, mas essa motivação continuará até quando?

Um começo acelerado no violão ou na guitarra

No começo, tudo parece funcionar a mil por hora!

Você aprende rápido, você faz aulas de música para desenvolver suas técnicas no violão ou na guitarra, você também segue cursos de formação musical, encontra outros músicos e troca suas experiências com eles. Ou seja, o violão ou guitarra é a bola da vez!

Enfim, você acha que vai tocar como um deus em alguns meses, conseguir proezas técnicas como se você tivesse nascido para isso!

Jimi Hendrix queimou uma guitarra em pleno palco Jimi Hendrix durante o festival de Monterey em 1967

« Santo Jimi Hendrix, que um milésimo de seu talento caia sobre mim! »

De repente, o desânimo

Infelizmente, os primeiros inconvenientes aparecem, os primeiros obstáculos estão na sua frente e você não consegue avançar nem por reza brava.

De repente, no fundo de seu quarto, em um estúdio ou sozinho na frente de seu computador, você não consegue mais progredir.

Você nunca tinha imaginado que esse terrível episódio de desânimo poderia acontecer?

Você está treinando uma música, sua rítmica em violão ou guitarra, mas nenhum som quer sair como deveria ou ele exige técnicas que você não conhece muito bem?

Pior ainda, você encontra com alguém que começou depois de você, aprendeu mais rápido e ele toca violão ou guitarra melhor que você?

Então, você tem vontade de chutar o balde, abandonar o violão ou a guitarra e dizer: « o violão ou a guitarra não serve para mim. Eu nunca vou conseguir tocar. »?

Esse tipo de pensamento é completamente compreensível e natural! Se você quiser aprender a tocar guitarra ou violão, saiba que o aprendizado não é linear. Isso quer dizer que nada vai cair do céu! Você vai conhecer certamente altos e baixos senão você seria um verdadeiro prodígio no violão de 6 cordas!

O importante, nesse caso, é que a prática do violão e da guitarra continue um prazer. Assim, aprender e desenvolver sua técnica não será um calvário.

Desenvolver sua motivação com o violão ou guitarra

O que é a motivação?

Quando tiver a impressão de estagnar, de correr atrás do rabo que nem cachorro, de tocar de um jeito esquisito e de não ser mais um bom violonista ou guitarrista, isso quer dizer que sua motivação está indo para o ralo…

Mas fique tranquilo! Todo mundo passa por essa fase flutuante, mesmo os melhores violonistas e guitarristas.

A motivação é essa dinâmica que vai te dar aquele empurrão para seguir em frente e continuar na ativa. Ela também te incita a fazer as coisas do jeito mais eficaz e melhor possível.

Nada é impossível quando se quer aprender violão ou guitarra Nunca desanime durante o seu aprendizado de violão ou guitarra

O importante é não deixar as energias negativas te invadirem quando der esse desânimo porque elas vão te paralizar e desmotivar a tocar violão ou guitarra.

Defina qual é o seu objetivo com o violão ou guitarra

Para continuar animado, você deve começar visualizando o que quer com a prática desse instrumento.

Por que você começou a tocar violão ou guitarra? O que te motivou a comprar o instrumento?

Você quer tocar para o seu bel-prazer ou para fazer shows? Virar um músico profissional ou ser um guitarrista ou violonista amador?

O que te deu vontade de aprender tudo sobre o violão ou a guitarra?

Reserve alguns minutos para responder a todas essas questões. Assim, você entenderá qual era o seu estado de espírito quando começou.

Você tinha um objetivo com certeza, uma imagem de seu envolvimento com o violão ou a guitarra. Encontre essa imagem e esse objetivo e utilize-os para aumentar sua motivação!

Lembre-se que uma cidade não é contruída em apenas um dia e que você não vai se transformar em um grande violonista ou guitarrista somente com algumas aulas arranhando o seu violão ou sua guitarra.

Para não esquecer seus objetivos, escreva-os em um papel e pregue-o em seu muro. Olhando-o todos os dias, você vai se dar conta do caminho percorrido e das diferentes etapas a seguir.

Visualizando seu objetivo inicial, você vai reviver seu entusiasmo do começo do aprendizado.

Não ultrapasse as etapas

Ter um objetivo quando começamos a tocar violão ou guitarra é ótimo! Isso te dá uma direção a seguir e pode te ajudar a bombar a sua motivação!

Mas se o seu objetivo é muito alto, se ele parecer impossível, você corre o risco de se cansar por não conseguir atingí-lo. Sua motivação vai cair em queda livre até o ponto que você vai ter repulsa da prática desse instrumento.

Aprender o violão ou guitarra requer paciência, saber dosar suas frustrações e sempre treinar frequentemente para avançar de maneira progressiva.

É ainda nesse espírito que as aulas particulares de violão ou guitarra com um professor ou em uma escola de música acontecem. Com a ajuda e apoio de um músico profissional ao seu lado, você vai aprender os melhores métodos para tocar guitarra ou violão, desenvolver bases e se abrir a novas experiências ligadas ao seu nível de aprendizado.

A cada etapa conquistada, você vai manter a sua motivação e observar os progressos realizados.

Por que querer desde cedo aprender o tapping e tocar como Eddie Van Halen se você ainda nem sabe os principais acordes de violão ou guitarra ou o funcionamento dos arpejos?

É uma lei natural: antes de correr, a gente tem que aprender a andar. Para o violão e a guitarra não é diferente! A gente tem que conhecer as bases e atingir várias etapas indispensáveis para avançar.

Se você de repente ficar desanimado durante seu aprendizado, uma boa dica é de olhar para trás e treinar de novo algo que você já sabe fazer bem.

Você pode trocar um exercício difícil por um fácil. Seu cérebro vai interpretar essa ação como: « Ótimo, eu vou fazer isso, vamos continuar! ».

Às vezes é bom dar uma marcha ré para continuar com bases mais saudáveis e reencontrar toda a sua motivação.

Peça ajuda a outros músicos

A melhor solução, às vezes, é pedir ajuda! Então, não deixe de perguntar suas dúvidas aos seus amigos violonistas ou guitarristas.

Toque com outras pessoas

Aprender a tocar guitarra ou violão nem sempre é fácil. Principalmente quando estamos sozinhos olhando para o nosso computador, tablet, partituras ou mesmo na frente de boas tablaturas de violão e guitarra.

A música é uma troca. Seja para extravasar emoções, medir sua capacidade de se relacionar com outros músicos ou simplesmente pelo prazer de tocar com outras pessoas.

Se quiser manter a sua motivação, evitar o desânimo, toque com um ou vários outros músicos. Mas onde aprender a tocar violão ou guitarra? E com quem?

Cursos de violão ou guitarra coletivos

Você pode muito bem fazer aulas de violão ou guitarra em turmas que ajudarão a avaliar o seu nível e mostrarão como é tocar com outras pessoas. Na verdade, nem todo mundo terá o mesmo nível e é bem provável que vocês terão coisas para aprender uns com os outros.

Cursos particulares

Você também pode fazer cursos particulares com um professor: ao invés de você se matar aprendendo todas as técnicas de violão ou guitarra, correr o risco de pegar maus hábitos e finalmente se desmotivar, por que não treinar com a ajuda de um professor que vai se deslocar especialmente para você e vai te ajudar em sua prática de violão ou guitarra?

aprenda-com-um-professor-de-guitarra-violao Aprenda violão ou guitarra com um professor de qualidade

De fato, durante o seu aprendizado, o professor particular vai avaliar o seu nível, identificar suas falhas e adaptar as aulas em função de suas expectativas e sua personalidade.

Para você, é a ocasião de ter um profissional (e um apaixonado pelo que faz) de violão ou guitarra especialmente para você. Além disso, ele vai tirar todas as suas dúvidas na hora!

Além de te mostrar novas técnicas, macetes, ele vai abrir seus horizontes musicais propondo músicas e estilos que você não teria pensado normalmente.

Tocar em grupo

Outro método para tocar com outras pessoas é se inscrever em uma associação, responder a pequenos anúncios onde procura-se guitarristas ou violonistas ou ainda tocar com seus amigos músicos.

Tocando com outros, você vai poder mostrar o que achou de interessante, seus macetes e também vai aprender novas coisas com eles.

Vocês vão poder trocar suas reflexões, suas dúvidas e cada um vai animar o outro na prática do instrumento.

Você também pode tocar com outros músicos que praticam outros instrumentos. A ocasião será perfeita para desenvolver sua dinâmica de grupo e isso te dará motivação de sobra!

Tocar violão e guitarra em grupo ajuda a progredir Compartilhe sua paixão pelo violão ou guitarra!

Tente, se possível, tocar com pessoas que têm o mesmo nível que o seu, se são amadores como você, para não se desanimar rapidamente.

A música, o violão e a guitarra são práticas vivas. Elas devem expressar a paixão, o entusiamo e é um excelente meio de compartilhar aquilo que a gente sente.

Sentir prazer

A gente não pode esquecer de ter prazer quando tocar guitarra ou violão. É a condição primordial para conservar intacta sua motivação e progredir.

É por isso que, de vez em quando, você pode:

  • Comprar novos materiais (novo pedal de efeito, nova guitarra, novo violão, novo amplificador, microfone, novas palhetas etc).
  • Vá a shows para contagiar-se com a boa energia da música e a alegria dos violonistas ou guitarristas no palco.
  • Treine bem para sonorizar seus acordes no violão ou guitarra.
  • Participe de workshop com grandes nomes do violão ou guitarra. Ideal para ter conselhos de músicos reconhecidos.
  • Aprenda músicas para a guitarra ou violão e compartilhe nas redes sociais: Youtube, Facebook etc: é um meio de receber elogios e críticas de seu trabalho.
  • Assine uma revista especializada para conhecer toda as novidades musicais e encontrar exercícios para melhorar suas técnicas.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz