A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Como ser promovido na escola pública?

Par Carolina le 28/03/2017 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > É possível crescer na carreira de professor público?
Table des matières

Desde o fim de suas aulas no ensino médio, você já se perguntava o que iria fazer. Com certeza, você passou por essa etapa estressante onde a gente tem que escolher o que vai fazer « pelo resto de nossas vidas ».

Aí, os problemas de orientação profissional surgem automaticamente! Eu serei professor? Militar? Administrador de empresas? Advogado? A lista pode ser bem grande…

A decisão foi ser professor e da rede pública. Decisão corajosa e importante, porque tantos precisam de uma educação no nosso país. O próximo passo foi se preparar. Estudos e esforços e você conseguiu passar nas provas para entrar em uma escola estadual ou municipal.

Mesmo depois de conquistar o concurso e a obter um emprego estável, ainda existe a dúvida: « como será o meu futuro? », « qual caminho profissional traçar? « , « onde estarei em 10 anos »?, « qual será minhas condições de professor? », « quanto eu vou ganhar? »…

Ainda faltam longos anos antes de você se aposentar, então, a decisão é séria! Principalmente porque você vai ter que se preparar estudando muito. Por isso, é importante saber o que a profissão pode te oferecer. Ou seja, se você pode ser promovido, quanto vai ganhar etc.

Além de trabalhar na escola, você também pode ter outra atividade para complementar sua renda. Aliás, as aulas particulares podem ser uma opção para os professores de escola pública!

Há duas maneiras basicamente de você ascender em profissões na educação pública: ou você recebe um salário maior ou você troca de cargo para um mais importante.

Basta saber se seu objetivo é aumentar sua remuneração ou mudar de cargo para um com mais responsabilidades ou novos desafios. Então, você quer ganhar mais ou ser coordenador ou diretor de escola?

Como ser professor e qual é o salário?

A maneira mais fácil de ser professor é fazer um curso de licenciatura na disciplina que você pretende lecionar. Essa é a solução mais simples para quem quer dar aula principalmente para ensino básico e fundamental.

É possível ganhar mais e conseguir um melhor cargo no ensino público? É importante dedicar-se para conseguir uma promoção na escola

O salário varia de acordo com sua formação e com o nível de estudos que você tem. A rede de ensino pública tem um teto salarial que sofre reajuste todo ano segundo o custo por aluno/ano definido pelo Ministério da Educação (MEC). O piso de 2017 já foi definido e tem o valor de R$ 2.298,80. Então, todo professor da rede pública deve receber no mínimo esse valor para uma carga horária de 40 horas semanais.

Porém, nem todos os estados e municípios cumprem esse piso, mesmo sendo obrigados. Isso porque, apesar de ter a lei, não há fiscalização o suficiente nem penalização para garantir esses direitos dos professores da rede pública de ensino.

A lei é válida para todo o Brasil. Porém, há outros fatores previstos em leis específicas para cada estado e município que são determinantes para a remuneração do professor. Por exemplo, alguns estados concedem ao funcionário um aumento relativo ao tempo de trabalho, o quinquênio e o trintenário. Mas muitos também excluíram esse benefício dos professores e substituíram para outros como o adicional de desempenho (ADE) no estado de Minas Gerais.

Algo que interfere no salário da maioria dos professores da rede pública é o nível de ensino para o qual o professor leciona. Além disso, os diplomas e qualificações do professor também ajudam a aumentar o pagamento do professor.

O site Guia da Carreira indicou a média de salários dos professores de acordo com o nível de estudos. Porém, é importante lembrar que esses dados não são atuais. É só para você ter uma ideia de quanto um professor ganha com relação ao nível para o qual ele leciona:

  • Professor da Educação Infantil: R$ 1.500
  • Professor do Ensino Fundamental: R$ 1.800
  • Professor de Ensino Médio: R$ 2.400
  • Professor de Ensino Técnico: R$ 1.800
  • Professor Universitário: R$ 3.200
  • Professor de Ensino a Distância: R$ 2.000

O salário do professor pode variar de acordo com a matéria também. Os dados são do site Guia de Carreiras:

  • Professor de Francês: R$ 1.200
  • Professor de Espanhol: R$ 1.200
  • Professor de Inglês: R$ 1.300
  • Professor de Idiomas: R$ 1.400
  • Professor de Educação Física: R$ 1.500
  • Professor de Sociologia: R$ 1.600
  • Professor de Geografia: R$ 1.700
  • Professor de História: R$ 1.800
  • Professor de Educação Artística: R$ 1.800
  • Professor de Filosofia: R$ 1.800
  • Professor de Português: R$ 1.900
  • Professor de Matemática: R$ 2.000
  • Professor de Física: R$ 2.100
  • Professor de Alemão: R$ 2.200
  • Professor de Inglês e Português: R$ 2.300

Adicional de qualificação e adicional de desempenho

Os professores podem receber mais de acordo com suas qualificações. Segundo o Extra, o adicional de qualificação começou a valer no ano de 2009 para o estado do Rio de Janeiro. Com ele, todos os professores ganham um aumento de salário de acordo com os diplomas e qualificações que ele obteve.

O aumento de salário pode chegar a 12% para cada diploma no estado fluminense: graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado…

No Rio de Janeiro, por exemplo, os valores são de « R$ 125 para quem tem cargo de nível médio e faz uma faculdade. No nível superior, os valores são de R$ 210 para quem faz pós-graduação, R$ 420 para o mestrado e R$ 840 para os que têm diploma de doutorado », segundo a mesma matéria do jornal.

Vale a pena fazer provas para subir em sua carreira. Os esforços com os estudos podem ser recompensados depois!

O adicional de qualificação varia de acordo com o estado e município. Por isso, o melhor a fazer é perguntar no setor de recursos humanos da secretaria de educação do estado ou município do qual você é vinculado.

Eles colocaram em prática no estado de Minas Gerais o Adicional de Desempenho (ADE) que substitui o quinquênio e tritenário válidos antes no sistema educacional mineiro.

O ADE permite aos servidores aumentar seus salários graças ao seu desempenho no trabalho. Os professores também recebem de acordo com esses critérios definidos através da Avaliação Especial de Desempenho (AED) e a Avaliação de Desempenho Individual (ADI). Feitas a AED e a ADI, os funcionários têm aumentos em seus salários proporcionais aos resultados dessas avaliações.

Tempo de trabalho

Alguns professores recebiam um aumento de salário relativo ao tempo de trabalho. O quinquênio era o aumento que alguns funcionários recebiam após cinco anos de serviço. O trintenário era o aumento após 30 anos no mesmo ofício.

O quinquênio e o trintenário foram excluídos dos benefícios dos professores em alguns estados. No estado de Minas Gerais, por exemplo, ele foi substituído pelo Adicional de Desempenho (ADE) sobre o qual falamos acima.

Para saber como funciona em seu estado ou município, você terá que conferir no setor administrativo de cada instância se eles concedem esses benefícios.

Trocar de cargo como coordenador, diretor de escola

Cada cargo na escola tem suas especialidades, desde o porteiro até o diretor. Cada um tem seu dever e seu papel no sistema escolar e todos são muito importantes.

A definição de quem faz o quê, por exemplo, é o papel do diretor. Ele é o chefe da escola e cabe a ele assegurar que todos estão cumprindo bem os seus papéis. Além do trabalho de gestão de pessoal, o diretor deve arcar com as questões burocráticas e administrativa da escola.

Já o coordenador administra o planejamento e como eles irão colocá-lo em prática. Ele trabalha diretamente com o diretor e os professores para ter certeza que tudo está correndo bem.

Tanto o diretor, o coordenador ou o supervisor de ensino podem começar suas carreiras como professores, isso vai depender das competências e como funciona a hierarquia de cada escola.

Você pode ser o número um nas escolas! Não fique para trás quando o assunto é ascender na profissão

O professor pode estudar mais e se especializar em pedagogia, por exemplo. Isso quer dizer que além de ter a licenciatura na disciplina que ele dá aula, ele pode fazer uma graduação ou pós sobre pedagogia. Essa formação extra é normalmente exigida para ser coordenador de uma escola.

Já o diretor, além das competências pedagógicas, ele tem que entender de administração, gestão de pessoal e ter muito senso de liderança.

Mas como passar do cargo de professor para a diretoria? Isso, como em todas as questões que tratamos aqui, é determinado por cada escola.

Mas normalmente, há duas opções para atingir esse cargo: votação nas escolas ou concurso público.

As votações nas escolas acontecem quando abre a vaga de diretor. Geralmente, os funcionários da instituição formam chapas e selecionam seus candidatos. Para concorrer à vaga de diretor, o candidato tem que ter trabalhado na escola e cumprir alguns requisitos.

Depois, os funcionários e responsáveis dos alunos votam para decidir quem será o diretor da escola onde ocorreu a votação.

Prestar concursos de coordenador e diretor pode ser uma maneira de ascender profissionalmente. Normalmente, eles funcionam como todos os outros na área. Você pode concorrer tanto para diretor quanto para coordenador. Para conseguir passar neles, o mais seguro é adquirir as competências necessárias para prestar o concurso de diretor ou coordenador se você quiser trabalhar nesse cargo.

Dar aulas particulares para aumentar o salário

Se você quer somente aumentar o seu salário, existe uma maneira de fazer isso e você nem precisa de contar com a escola para fazer isso.

O que você pode fazer é se tornar professor particular e dar aulas sobre a matéria que você domina. Inscreva-se em sites como o Superprof, fazer um anúncio e um perfil legal e pronto. Rápido e prático, o site é um ótimo meio para divulgar suas aulas.

Se não, você pode comunicar seus vizinhos, próximos, amigos que você está dando aulas particulares.

Aulas particulares podem ser a saída para complementar o salário de professor. Muitas crianças precisam de uma atenção extra para aprender.

Assim, não vai ser difícil encontrar alunos e você vai completar seu salário de professor de escola estadual ou municipal prestando serviços para alunos com dúvidas ou precisando de um aprofundamento. O reforço escolar também pode ser um excelente acompanhamento para tirar as dúvidas dos alunos!

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz