A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

6 dicas para saber mais palavras na língua inglesa

Par Carolina le 11/05/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como melhorar seu vocabulário em inglês?
Table des matières

Com certeza você já ficou travado procurando uma palavra no meio de uma conversa!

Imagine, então, a dificuldade de encontrar a palavra ideal em outra língua, em inglês?

Por isso, é tão importante conhecer o vocabulário quando se aprende uma nova língua, inclusive o inglês. Talvez, a fluidez se deve principalmente a esse quesito: conhecer bem as palavras no idioma para utilizá-las nos diferentes contextos do dia-a-dia.

Isso é essencial em qualquer circunstância! Seja no plano pessoal para assistir a seus filmes e séries preferidas sem legenda, porque você quer ser fera em inglês…

No plano profissional, o idioma é primordial para conversar com clientes e colaboradores internacionais. Em qualquer uma dessas hipóteses, o aprendizado da língua inglesa é fundamental!

Essa necessidade se impõe nas aulas particulares de inglês, no colégio, no ensino médio, no vestibular, na universidade. E sempre temos aquela pergunta no final das aulas: « Como eu vou memorizar todas essas novas palavras? ».

Como aprender bem o inglês? Como guardar todo esse vocabulário, seja geral ou específico? Como utilizar as palavras certas no meio profissional?

Para melhorar em inglês, existem várias maneiras de memorizar uma grande quantidade de vocabulário inglês.

Nós vamos apresentar seis conselhos para guardar o máximo de palavras na língua de Shakespeare.

1. Procurar vocabulário em inglês

Durante a sua aprendizagem, você vai encontrar palavras cujos significados são desconhecidos para você. Então, crie um reflexo quando isso acontecer: busque o significado da palavra.

Se você não souber o significado, não entender o sentido, perguntar-se se a palavra é um verbo, adjetivo, advérbio: tenha o reflexo de automaticamente tirar a sua dúvida.

E, para isso, você terá que utilizar um objeto engraçado: o dicionário inglês-português. Não titubeie! Ele pode ser um pouco duro, mas ajuda muito nos piores momentos!

Não tenha preguiça de olhar no "pai dos burros" no idioma Sempre consulte o dicionário para saber o significado das palavras no idioma

Consultando o seu dicionário inglês, você vai colocar seu cérebro para funcionar e introduzi-lo no contexto anglófono.

Claro, se você treinar inglês em seu computador, tablet ou smartphone, você pode encontrar diferentes dicionários ingleses e tradutores online como o Google Traduction.

Mas coloque um pé atrás das definições encontradas na internet. Não confie em qualquer site e escolha um ou dois que são referências nas traduções linguísticas.

Quando encontrar o significado da palavra, anote-a em um caderno específico com a palavra equivalente em português.

Você pode fazer um sistema de fichas de palavras ou expressões indispensáveis!

Cada ficha pode ser temática: verbos irregulares em inglês, lista de pronomes, advérbios, preposições, substantivos de acordo com a situação (casa, trabalho, rua, loja etc), expressões idiomáticas em inglês, falsos amigos, palavras de ligação.

Complementando, é possível:

  • ver filmes em inglês,
  • avaliar seu nível em inglês,
  • progredir em inglês,
  • melhorar a pronúncia do inglês.

2. Fazer um tour linguístico em inglês

Para enriquecer seu vocabulário em inglês, é importante entender e estudar o léxico do idioma.

E não é pouca coisa, porque a língua inglesa é muito rica. Entre um vocabulário diversificado, uma gramática mais ou menos complexa, um número de tempos verbais, um monte de verbos irregulares para memoriza, memorizar as palavras em inglês não é um exercício fácil.

Sem contar que nosso objetivo principal quando aprendemos uma língua é falar com um nativo, nesse caso um anglófono. Então, você tem que ter um mínimo de bagagem para conseguir chegar aos pés do conhecimento dele (que ele aprende desde a maternidade…).

Mas não se desespere! Seu cérebro é capaz de gravar muito mais palavras que você imagina.

Seu cérebro não funciona como um computador, muito menos um disquete. Então, trate de treinar o idioma! A memória não funciona como um disquete, mas se for treinada é capaz de guardar muito mais palavras da língua inglesa!

Claro, também não é necessário conhecer todas as palavras em inglês para poder conversar com um norte-americano, um canadense… Aliás, você conhece todas as palavras do vocabulário português?

Mas se quiser se expressar dignamente em inglês sem parar a cada minuto, é muito importante memorizar. Para isso, não há receita milagrosa. É preciso gravar e saber utilizá-las.

As indispensáveis fazem parte do grupo de « palavras gramaticais », ou seja:

  • Os determinantes,
  • As preposições (at, in, to…),
  • As conjunções (and, but, as soon as…),
  • Os auxiliares (be, have, do, must…),
  • Os pronomes (I, you, mine, their…).

Essas « palavras gramaticais » são o pedestal da língua inglesa. É importantíssimo conhecê-las para dominar sua formação em inglês.

Ao contrário, e felizmente, as « palavras lexicais » em inglês são bem mais fáceis de memorizar. Você não precisa de decorá-las, mas aplicar regras gramaticais simples.

  • As palavras transparentes (cognatos): há milhares de palavras transparentes entre nossa língua materna e o inglês (collection, economy, essential, dance, parent etc).
  • Os prefixos: como em português, o inglês também utiliza de prefixos para mudar o sentido de um substantivo: depois = post, contra = anti, ao redor = peri etc.
  • Os sufixos: como para os prefixos, os sufixos em inglês (hood, er, less, able…) servem para formar um substantivo, um adjetivo e mesmo um verbo. Exemplo: adjetivo + en: short = curto / short(en) = encurtar.

3. Sempre utilizar novas palavras em inglês

Você pode gravar listas de vocabulário em alguns minutos se tiver uma boa memória fotográfica ou auditiva. Mas se tiver mais dificuldade, você pode contar com a ajuda de um professor, aprender através de podcasts em inglês ou de aulas online.

Mas o que vai acontecer depois de alguns dias? Semanas? Meses?

A porcentagem de perda pode ser grande!

A dica mais eficaz é tentar utilizar as novas palavras que você aprendeu o mais rápido possível. Assim elas vão estar presentes na sua memória e criarão vida no seu cérebro.

O vocabulário do idioma tem que estar contextualizado para memorizá-lo Sem estar em uma frase e sem contexto, ela vai ficar tão sozinha quanto essa casa no meio do nada!

Várias soluções para isso são possíveis:

  • Utilizar as novas palavras em suas frases, tentar criar suas próprias frases, imaginar alguma situação com elas, visualizá-las e inclui-las no seu dia a dia.
  • Escreva frases simples, complexas com as novas palavras e leia-as em voz alta. Seu cérebro vai guardá-las com mais facilidade.
  • Para as palavras do meio profissional ou de casa, por exemplo, por que você não as escreve em inglês e em português em um post-it? Você pode colá-los nos objetos correspondentes! Você memorizará mais fácil com esse macete.

Você vai chegar aos poucos ao seu objetivo aplicando esses truques, ou seja: tornar-se bilíngue!

4. Memorizar o vocabulário com a técnica de Leitner

Saber utilizar as novas palavras do vocabulário inglês é uma coisa, mas como fazer para memorizá-las?

Além de sua motivação e ambição, o que vai determinar a assimilação do máximo de palavras em inglês é sua capacidade de memorização.

Há uma técnica para ajudar na aprendizagem de novas palavras em línguas estrangeiras: as cartas de memória de Leitner.

Imaginadas pelo escritor Sebastian Leitner, seu sistema de memorização consiste em utilizar fichas de memória e colocá-las dentro de caixas.

  • Em pequenas fichas, escreva a palavra em inglês de um lado e a mesma palavra em português do outro.
  • Coloque as fichas em 5 caixas diferentes numeradas.

A caixa de nº 1 deve conter as palavras mais simples e a 5 as palavras que você nem tem ideia do que elas significam.

A revisão se passa da seguinte forma:

  • Sempre memorize as palavras da caixa 1.
  • Depois de memorizá-las, coloque-as na caixa dois e assim por diante.
  • O objetivo é que todas as fichas cheguem na caixa 1.

5. Tente novas fórmulas e expressões em inglês

Para completar sua aprendizagem das palavras em inglês, você deve ir além da palavra em si.

Por isso, é melhor refletir sobre o sentido da palavra criando várias frases completas com elas correspondendo a diferentes situações.

Por exemplo, a palavra « focus » (concentrar-se). Você pode descrever as diferentes interpretações dessa palavra:

  • O que é focalizar sua cabeça em alguma coisa?
  • Como concentrar sua atenção em uma ação específica?
  • O que acontece se você perder sua concentração (lose your focus)?

Tantas definições ajudam a entender melhor uma palavra.

 É a partir dessa visão do todo que você vai entender melhor o significado e principalmente vai poder integrar suas frases em seu dia a dia.

6. Inclua o inglês em seu cotidiano

Para ter um verdadeiro domínio do inglês, você deve incluir a língua em seu cotidiano. É o melhor método para memorizar rapidamente as palavras em inglês.

Veja a televisão em inglês, séries sem legenda, leia em inglês etc. Você deve se exercitar sempre! Todos os dias!

O cantor e suas letras podem ensinar o idioma para gente Escutar as lindas músicas de David Bowie pode te ajudar a aprender o vocabulário

Fale, cante em voz alta algumas palavras para treinar o seu cérebro, memorizar e saber a pronúncia certa.

Fica a Dica: nosso cérebro funciona principalmente pela visão. É o que chamamos de memória visual.

Sem perceber que nosso cérebro memoriza o vocabulário em inglês, nossos olhos registram tudo o que vemos como uma câmera.

É a repetição que vai permitir o seu cérebro de guardar a palavra na memória!

Nós temos, então, uma dica de decoração para você: o post-it!

Cole-os em vários lugares de sua casa: na geladeira, na sua mesa, sua penteadeira… Seus olhos devem ver as expressões em inglês em todos os lugares e toda hora.

Para ajudar a aprendizagem de inglês, comece a fazer as listas de palavras em função do tema (móveis, aparelhos eletrônicos, objetos etc).

Você colou um post-it « fridge » em sua geladeira? Seu cérebro vai guardar inconscientemente a representação da palavra e o objeto sem passar pela tradução.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (moyenne de 5,00 sur 5 pour 1 votes)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz