A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Quanto ganha um educador em álgebra e geometria?

Par Carolina le 15/12/2016 Blog > Reforço escolar > Matemática > Qual é o salário de um professor de matemática?
Table des matières

Normalmente, a gente escuta muitos professores reclamarem de suas más condições de trabalho, da total desconsideração com suas profissões e dos salários baixíssimos.

Será que tudo isso é verdade?

Quanto ganha um professor de matemática, por exemplo? Sua remuneração é muito pouca?

O salário é o mesmo ensinando no colégio, ensino médio, faculdade? Qual a diferença de um professor em uma escola particular ou pública?

Há diferenças de salários para dar aulas de matemática?

Uma falsa igualdade de tratamento entre professores

O salário de um professor de matemática depende de sua qualificação, do nível de ensino e da cidade/estado no qual ele leciona.

De acordo com o site Guia da Carreira, o Catho realizou uma pesquisa para determinar a média de salário de um professor no Brasil. Eles chegaram ao valor de R$1.800 independente do nível, da disciplina e do local.

Não faça geometria pelo salário Piso salarial para professores regularia o pagamento?

Normalmente, os salários dos professores são regularizados por lei, pelo menos para o ensino público. O piso salarial determinado pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura) para 2016 é de R$ 2.135,64 por no máximo 40 horas de aulas semanais. Houve um reajuste de 11,36% nesse valor com relação ao ano passado.

Esse piso vale para os professores com formação mínima de magistério de ensino médio. Para quem não conhece, o magistério é uma formação complementar aos estudos do ensino médio. Com ela, os professores podem lecionar para a educação infantil e os primeiros anos do ensino fundamental. Porém, para lecionar no ensino médio, a maioria das escolas exige uma formação superior de licenciatura.

Mas tome cuidado com esse tipo de formação de nível médio!

Segundo o site Nova Escola, os professores com o magistério de nível médio serão aceitos nas escolas somente até 2020. Essa medida faz parte das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) que vai solicitar uma formação superior para todos os professores da educação básica (ensino fundamental e médio).

O pagamento dos educadores das instituições dos estados e dos municípios por lei Saiba os salários dos docentes das escolas públicas

Voltando a média salarial dos professores, a remuneração aproximada por nível de estudos lecionado é de:

  • R$ 1.500 para a educação infantil
  • R$ 1.800 para ensino fundamental
  • R$ 2.4oo para ensino médio
  • R$ 1.800 para ensino técnico
  • R$ 3.200 para ensino superior
  • R$ 2.000 para professor a distância

Porém, há diferenças de salário de acordo com a disciplina dada pelo professor. Normalmente, os de matemática ganham acima da média, ainda segundo o site Guia da Carreira. Os salários dos professores da matéria dos números ficariam abaixo somente dos educadores de física, alemão, inglês e português.

Mas vamos entrar detalhadamente em cada fator de variação do salário.

Piso salarial para os professores do ensino público, para quê serve?

Os professores que ensinam nas escolas públicas contam com o piso salarial definido pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura). O piso determina o mínimo de salário que um professor no início de sua carreira deve receber em todas as instituições públicas de ensino.

Segundo o Portal Brasil, ele é calculado de acordo com a verba anual destinada à educação básica do governo federal. Esse recurso é repassado pelos estados e municípios para o pagamento dos profissionais e custos gerais da educação.

Essa verba anual chama-se « aluno-ano », ou seja, o valor gasto pelo governo para cada matrícula feita na educação básica.

A variação desse valor por ano corresponde ao reajuste do piso salarial do professor. Por exemplo, se a verba aluno-ano de 2014 (com relação a 2013) for de R$ 2.285,57 e a de 2013 (referente a 2012) de R$ 2.022,51, o aumento do piso salarial de 2013 para 2014 é de 13,01%.

Como dizemos acima, o piso salarial para o ano de 2016 é de R$ 2.135,64 para no máximo 40 horas de aulas semanais para todas as categorias de professores.

Então, o piso é o mesmo para um professor de matemática, português, história, geografia etc. Ele deve ter no mínimo a formação do magistério de ensino médio para dar aula na educação básica (o que será válido até 2020 como citado acima).

Além do valor, o piso determina que 2/3 da jornada de trabalho do professor devem ser dedicados às salas de aula e 1/3 para atividades extraclasses (reuniões pedagógicas, plano de aula etc).

Geometria é mais didática porque trabalha com figuras? Os professores fazem de tudo para ensinar álgebra para os alunos

Claro que o professor vai receber o salário proporcional ao total de horas de aula por semana. Se ele trabalha 20 horas semanais, ele vai receber 50% do piso salarial.

Todas as instituições do ensino público devem obedecer esse piso. Porém, não há nenhuma punição para o estado ou o município que não o cumpre.

Por isso, nem todos pagam o equivalente do piso. Algumas instituições pagam o piso, mas não respeitam o 1/3 da jornada de trabalho para atividades extraclasse.

Então, para quê serve o piso salarial se nem todos os estados e municípios o cumprem?

Salários de professores de matemática de acordo com o estado

Uma matéria do G1 de junho de 2015 determinou a média salarial dos professores estaduais no Brasil.

Eles escolheram a rede estadual porque ela é normalmente responsável pelas escolas de ensino médio do sistema público de educação. Os professores que dão aula para esse nível devem ter no mínimo licenciatura (diploma de ensino superior).

A pesquisa não determinou as categorias. Mais uma vez, não sabemos se essa média salarial corresponde à do professor de matemática, física, química, história…

Independente da disciplina lecionada pelo professor com licenciatura, ele recebia R$ 16,95 por hora de trabalho nas escolas estaduais em 2015, segundo a matéria.

A boa notícia é que todos os estados questionados pela pesquisa pagavam mais que o piso salarial.

Vale lembrar que o piso equivale o salário mínimo para um professor com formação de ensino médio, não superior. Por isso, não é de se estranhar que o salário apurado pela pesquisa era acima do piso porque eles também recebem de acordo com o nível de formação.

A má notícia é que esse salário é muito inferior ao pagamento de outros profissionais de nível superior de áreas diferentes. Os professores da rede estadual de ensino ganham 57% do salário da média de um outro profissional com curso superior.

Quanto ganha um educador de geometria no Brasil? Veja o salário do docente de acordo com seu estado

Salários de professor de matemática de acordo com a experiência

O pagamento dos educadores também varia de acordo com os anos de experiência. O Sine (Site Nacional de Empregos) fez um levantamento com o salário dos professores de matemática com relação aos anos de trabalho.

Um profissional com até 2 anos de experiência é considerado « trainee ». O « junior » tem entre 2 a 4 anos de trabalho na área. O « pleno » entre 4 a 6 anos, o « senior » entre 6 e 8 anos e o « master » acima de 8 anos.

Os dados dessa pesquisa são muito interessantes para nós porque eles filtram o valor somente dos professores de matemática, não os de outras disciplinas.

Aqui, o sistema de educação pode ser privado e público. O site também diferenciou os salários de acordo com o tamanho das empresas (pequena, média e grande). Veja aqui o resultado:

Pequena empresa:

  • R$ 1.359,66 Trainee
  • R$ 1699,57 Junior
  • R$ 2124,46 Pleno
  • R$ 2655,58 Senior
  • R$ 3.319,48 Master

Média empresa:

  • R$ 1.767,55 Trainee
  • R$ 2.209,44 Junior
  • R$ 2.761,80 Pleno
  • R$ 3.452,25 Senior
  • R$ 4.315,31 Master

Grande empresa:

  • R$ 2.297,82 Trainee
  • R$ 2.872,27 Junior
  • R$ 3.590,34 Pleno
  • R$ 4.487,93 Senior
  • R$ 5.609,91 Master

Eles utilizaram os currículos cadastrados no Banco Nacional de Empregos. Essa análise foi feita com uma amostragem de 10.221 salários ao total.

Se levarmos em consideração os dados da matéria do G1 que um profissional com formação superior ganha em média R$ 4.726,21 (Cadastro Central de Empresas – Cempre – e dados de 2013 do IBGE ), um professor de matemática recebe o salário normal de um profissional de nível superior somente depois de 6 anos de experiência.

Isso não é normal se pensarmos que muitos professores de matemática têm pelo menos o nível superior. Isso quando eles não fizeram mestrado, doutorado…

Salário do profissional da área de matemática de acordo com o setor

Agora não vamos falar só de professores. Vamos considerar o salário do profissional de matemática. Isso quer dizer que, além dos professores, vamos considerar aqueles que trabalham em empresas e órgãos públicos.

Não deixe a peteca cair porque o salário é baixo Não desanime porque ensinar geometria é muito gratificante

A pesquisa foi feita pelo Catho, maior site de empregos do país.

Veja o resultado:

  • Administração e participação: R$ 2.342
  • Outros: R$ 2.312
  • Órgãos públicos R$ 1.884
  • Educação/idiomas R$ 1.845

Cá entre nós, os salários dessa pesquisa estão muito abaixo da média das outras, não é?

Considerações finais:

É muito difícil determinar ao certo o salário dos professores de matemática no Brasil.

O valor depende de muitos fatores como o estado, cidade, tipo e tamanho da instituição (pública, privada, pequena, média e grande), anos de experiência etc.

Vimos que, até o momento, o piso salarial não cumpre sua função de equilibrar os salários dos professores da rede pública de ensino.

Ele existe, é divulgado pelo MEC, mas não é supervisionado. Os governos estaduais e municipais não pagam nenhum tipo de multa se não obedecerem o piso.

Porém, de acordo com a pesquisa do G1, a maioria dos estados pagam os professores de acordo com o piso. Mas a análise foi feita somente com profissionais de governos estaduais e de nível superior (o piso é principalmente para equilibrar o salário dos professores iniciantes de nível médio).

Basta saber se os governos municipais e as escolas particulares (que não são obrigadas a obedecerem o piso) pagam abaixo ou acima dele.

A pesquisa do G1 também revelou algo espantoso: a média dos salários dos professores com licenciatura (nível superior) corresponde a 57% da média dos salários dos profissionais de nível superior de outras áreas.

As brincadeiras que são puras verdades Como ele já dizia em sua escolinha: « E o salário, oh.., »

Ou seja, a profissão de professor de matemática é muito gratificante. Mas você não deve escolhe-la para ter um bom salário. Ao contrário, seu salário começa a ficar interessante depois de 8 anos de experiência (de acordo com os dados das pesquisas analisadas aqui).

Talvez, o mais recomendado é seguir carreira acadêmica e de pesquisa (em instituições públicas ou privadas). Esses são os setores que pagam melhor os professores de matemática.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz