Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

É possível ter ideias na língua inglesa?

De Carolina, publicado em 26/05/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como pensar em inglês para ser fluente?

Este post é para todos os níveis de inglês, não se preocupe!

Mas se você está aprendendo a língua, pensar nela será algo que você terá que fazer mais cedo ou mais tarde. Outro desafio bem comum quando estamos aprendendo outra língua é passar do português para o inglês sem quebrar muito a cabeça.

Pegue a estrada e conheça a língua inglesa Deixe sempre uma mala pronta para uma viagem que te leve à fluência do idioma!

 Essas duas etapas são indispensáveis para ficar fluente no inglês.

Como fazer? Por que isso é importante?

Nós vamos te dar alguns conselhos para aprender a pensar na língua de Shakespeare.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Pensar em inglês é muito importante

Pensar em inglês: que ideia engraçada!

Mas isso é necessário para ter um domínio completo da língua inglesa.

De acordo com os pesquisadores, o pensamento e a fala do português ou de outra língua estrangeira estão ligados a duas zonas de cérebro situadas no hemisfério esquerdo: a área de Broca e a área de Wernicke.

Uma pessoa que está confortável com a língua vai fazer com que essas duas zonas entrem em atividade. E, antes de dizer qualquer coisa, geralmente, nós as recitamos mentalmente na nossa cabeça.

Os pesquisadores observaram que uma pessoa iniciando o aprendizado na língua inglesa não utilizará as mesmas zonas do cérebro que um anglófono (bilíngue ou não).

Segundo Agnès Corbisier, professora da universidade de Bruxelas, é importante a pessoa perceber os pontos comuns e diferentes da nossa língua materna e do inglês para pensar em inglês.

Isso vai gerar um automatismo que vai estruturar as frases em inglês sem fazer muito esforço.

Não utilize um dicionário de inglês

 Ter um dicionário inglês-português e vice versa é indispensável para uns.

Realmente, ele pode nos ajudar muito!

Porém, olhar toda hora o significado das palavras em inglês no dicionário pode ser improdutivo.

Por que?

Pelo simples fato de você não refletir e guardar a palavra na memória.

O cérebro precisa trabalhar um pouco para memorizar as informações.

Vamos pegar um exemplo que você certamente já vivenciou: a utilização do GPS.

Utilizando o GPS, você desconecta o seu cérebro e usa o aparelho sem pensar.

Antes de olhar o significado no dicionário, tente entender pelo contexto do idioma O processo de memorização é o mesmo para um caminho e para uma palavra na língua inglesa

Porém, se você não utilizar o GPS, você vai refletir sobre o caminho e o que está ao seu redor. Você terá uma grande probabilidade de se perder da primeira vez. Na segunda também… Na terceira, você terá algumas referências que te ajudarão encontrar o caminho certo. E quanto mais você pega a mesma estrada, mais você vai conhecê-la sem precisar de ajuda para se encontrar.

De acordo com os especialistas, é a mistura de repetição e a aplicação das informações que permitem a memorização.

Um dicionário inglês/português é uma “bengala” que te ajuda naquele momento, mas que impede o esforço do seu cérebro.

Se você utilizar sempre a ajuda sem o esforço da reflexão, você não vai conseguir ir muito longe com isso…

Assim, se quiser aprender o inglês, entre em um contexto que favoreça a memorização das palavras do vocabulário, sem ajuda exterior.

Aprenda frases inteiras (ao invés de palavras)

Você sabia que é melhor registrar frases inteiras que palavras isoladas de um contexto?

Você terá muito mais dificuldade em memorizar uma palavra decorando-a. Porém, colocando as palavras em uma frase, você vai lhe dar um significado e sentido.

Os pesquisadores mostraram que essa imagem mental que você cria ajuda a memorizar.

Aliás, suas primeiras aulas de linguística vão te ajudar a compreender as construções das frases.

Frase interrogativa, frase exclamativa: cada uma se construi de um jeito.

Saber isso vai te ajudar a compreender a metalinguagem da língua inglesa (tudo que se refere a construção de frases).

É a base da gramática inglesa!

Você também terá o automatismo de saber como construir suas frases.

Depois, será preciso completar as frases com o vocabulário adaptado.

Fazendo isso, você vai construir as suas frases e colocar as palavras em seus contextos linguísticos mais facilmente.

É bem mais eficaz que aprender as palavras de cor.

Comece o mais cedo possível

Isso é um fato: quanto mais jovem, mais fácil será para o ser humano de absorver as informações que estão ao seu redor.

A gente fala de plasticidade auditiva. Em outras palavras: uma criança percebe mais facilmente o som de linguagens que não são de sua língua materna.

Nós começamos a perder esse “dom” a partir dos 12 anos. É por isso que os adultos têm mais dificuldade de aprender que as crianças.

Mas não se preocupe, a gente pode aprender uma nova língua em qualquer idade!

Nada é impossível se você tiver o bom método!

O melhor, claro, é encontrar o seu parceiro de aprendizado do inglês que vai te ajudar a praticar sempre que possível.

Mas você pode criar facilmente uma lista de palavras ligadas ao mesmo campo semântico que você quer aprender e dominar.

Force-se a utilizar uma palavra em uma frase específica.

Em todos os casos, faça isso rápido (desde o começo da aprendizagem da nova língua).

Você também poderá fazer uma pequena lista de palavras que você deve usar todos os dias.

Isso será muito mais fácil que decorar 20, 30 palavras de uma vez.

Para aprender o inglês e melhorar seu nível, é melhor trabalhar pouco mas regularmente que muito de uma só vez.

Você verá seu nível de inglês melhorar lentamente, mas certamente!

Encontre um amigo anglófono

Para favorecer o bilinguismo, não há mistério: é melhor praticar! Mas praticar sozinho é difícil.

Então, a menos que você tenha previsto um intercâmbio ou uma temporada em um país anglófono, encontre um correspondente!

Para comunicar com ela ou ele, há várias escolhas:

  • Troque emails ou chat (mesmo cartas se você gostar de escrever!),
  • Ligue no Skype

A gente te aconselha a fazer os dois! Você pode começar trocando emails que vão te ajudar a melhorar sua expressão escrita. Assim, você terá mais tempo para fazer cada frase, tentando não errar.

Peça para ele te corrigir!

Conversar todos os dias no idioma ajuda na pronúncia Ter amizade serve para tudo, inclusive para aprender a língua inglesa!

Assim, você desenvolverá suas competências e já já estará pronto para a próxima etapa, o chat. O desafio ainda é escrever, mas de maneira espontânea, natural.

O objetivo aqui é de melhorar sua compreensão, seu vocabulário e sua ortografia.

Quando você sentir que está pronto, passe para a expressão oral.

Se você estiver começando, peça a seu amigo para falar devagar. Você poderá perceber e imitar sua maneira de pronunciar as palavras e expressões.

Depois, cabe a você pedir para que ele fale de forma mais natural ou devagar.

O que é interessante nesse método é que você vai melhorar seu nível sem se dar conta! Você vai se divertir falando com ele (como quando você conversa com um amigo). Você poderá lhe perguntar sobre os aspectos culturais sobre o seu país (Inglaterra ou outro país anglófono). Assim, você se abrirá para outra cultura.

Isso só poderá ser benéfico para você!

Sobre o ritmo, a gente te aconselha a praticar sempre! Você pode agendar isso algumas vezes por semana ou até todos os dias, como quiser e puder.

O ideal é fazer isso pelo menos duas vezes por semana durante alguns anos que uma vez por dia e parar depois de alguns meses…

Viaje ao máximo!

Você pode ser do tipo mochileiro e percorrer o mundo! Ou prever tudo nos mínimos detalhes antes da partida e escolher hotéis 5 estrelas.

Nos dois casos, você tem a chance de poder melhorar seu nível de inglês!

Claro, o melhor é se imergir completamente!

Morando algum tempo em um país anglófono, trabalhando no local e evitando os lusófonos, você vai melhorar em uma velocidade incrível!

Você não terá outra escolha a não ser falar inglês!

O ser humano se adapta facilmente a novos ambientes! Você saberá se virar muito rápido!

A vantagem do inglês é que ele é a língua universal. Sabendo se expressar em inglês, você será capaz de ir em qualquer lugar.

Descubra uma dessas destinações:

  • Inglaterra,
  • Estados Unidos,
  • Austrália,
  • Irlanda,
  • Canadá,
  • África do Sul.

De Londres à Nova York passando por Cape Town, Melbourne ou Dublin, você não terá tempo de enjoar!

Planeje sua viagem para conhecer o idioma Mapas na mão e pé na estrada para saber tudo sobre a língua inglesa

Os Estados Unidos e o Canadá são relativamente próximos de nós. As outras cidades são mais longes, mas fazem a alegria das pessoas que querem trocar de ares!

Em todos os casos, não importa onde o vento te levar, você vai voltar cheio de boas lembranças!

Quem sabe?

Talvez você terá vontade de ficar mais tempo que esperava. Quem sabe viver para sempre?

A melhor opção é ficar alguns meses dentro do país, em uma imersão total!

Em um certo momento, você vai criar certos automatismos que vão te permitir ficar tão confortável em inglês quanto em português!

E se você não puder viajar (por falta de tempo, dinheiro, etc…), você pode fazer um amigo e se comunicar com ele!

Complete estudando sempre e lendo em inglês. Assim você terá todas as ferramentas para progredir rapidamente!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz