A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Escreva bem a divulgação de seus serviços como professor particular!

Par Carolina le 10/03/2017 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > Como escrever o anúncio para dar aulas particulares?
Table des matières

As aulas particulares representam um mundo de aprendizagens bem a nossa porta!

« Estude, não para saber mais, mas para saber melhor » dizia o filósofo espanhol Sêneca.

É fácil constatar isso quando vemos a quantidade de professores que dão aulas em domicílio ou pela internet. Dê uma olhadinha no site do Superprof e veja quantas dezenas de matérias os professores ensinam online!

Você tem também um conhecimento que gostaria de compartilhar com pessoas que queiram aprendê-lo? Nada de mais simples hoje em dia!

Mas o primeiro passo é escrever o pequeno anúncio… Como fazer? Quais são os elementos indispensáveis para dar aulas particulares e encontrar alunos? Suas respostas aqui…

Como escrever um anúncio de aulas particulares? Encontre exemplos!

Talvez você também ouviu falar da história do professor particular em Singapura, especialista em reforços escolares e economia que, dentro do sistema super seletivo e elitista no país, ganha até R$ 3 milhões por ano!

Ou ainda, a história do youtuber/professor de inglês Alban que a cada semana tem 15 mil alunos no youtube vendo os seus vídeos de aulas de inglês filmados nas ruas. Um conceito e um sucesso que o permitiram de abrir sua própria empresa.

Alguns educadores ganham muito dando reforços escolares O caso do singapurense Anthony Fok te inspirou a dar aulas em domicílio?

Pronto, agora você já tem uma inspiração e pode ter bastante esperança!

As aulas particulares são um reflexo cada vez mais comum no Brasil e em todo mundo. Então, para você que é professor ou que tem um conhecimento e vontade de ensinar: é agora que você tem que praticar!

Mas para conseguir viver de aulas particulares em domicílio, é preciso algumas bases de marketing e comércio em sua atividade como professor particular. Ou seja, encontrar clientes suficientes para dar aulas em domicílio.

Mas para chegar lá, como vender o seu peixe? Como chamar a atenção e a curiosidade dos alunos? Como conquistar a confiança deles? A resposta: um bom anúncio, bem escrito! Escola primária, colégio, ensino médio, vestibular, Enem, universidades, concurso público…

Todos esses estabelecimentos e provas têm, a cada ano, alunos precisando de aulas que querem somente uma coisa: um ensino sério, às vezes intensivo, para ter as melhores notas e poder fazer uma boa preparação para as provas.

Mas para um educador ou autodidata, que nunca precisou « vender » suas prestações de serviços desse jeito, como fazer para escrever um anúncio?

E se você simplesmente pegasse alguns exemplos?

Quem nunca fez isso na hora de criar um currículo ou atualizar o perfil no linkedin, não é mesmo? Então, vá ao Superprof para encontrar algumas inspirações. Escreva « aulas de matemática », « aulas de português », « curso de canto », « aulas de economia », « aulas de informática », « aulas de violão » ou qualquer outro tipo de aula que tenha relação com sua futura atividade e você vai ter vários bons exemplos.

Qual tipo de anúncio para dar aulas?

Seu objetivo é encontrar o máximo de alunos possíveis para ajudar a complementar seu salário? Ser professor particular vai ser sua principal fonte de renda? Então, a forma de escrever o anúncio vai depender também do seu objetivo.

Existem dois caminhos a serem explorados e principalmente dois meios onde seus anúncios podem passar.

Os papéis tradicionais podem de trazer muitos alunos Entre tantos anúncios, como chamar atenção para o seu?

O primeiro canal é, claro, internet onde há vários anúncios de tudo e mais um pouco. Nesse caso, o Superprof é uma das plataformas indicadas com seus mais de 1 milhão de professores inscritos!

Não se esqueça também de colocar os anúncios em pequenos sites que oferecem serviços em sua cidade ou bairro.

A vantagem de sites como o Superprof é um bom posicionamento em motores de pesquisa, principalmente o Google. Graças às palavras-chave que você vai colocar em seu anúncio, os estudantes em música, informática, esporte, filosofia, matemática, economia, história, geografia, física, química vão te achar facilmente!

Quais outros tipos de anúncio você poderia fazer após se inscrever em sites na internet?

Por que não utilizar do jeito old school e deixar seus anúncios em instituições de seu bairro ou da sua cidade?

Você pode escrever seus anúncios à mão ou fazê-los no computador e imprimir.

E agora? A cidade é sua! Em seus passeios, você já deve ter percebido os anúncios colados nos postes ou « durecados » nos comércios dos bairros com ofertas de trabalho e o número de telefone da pessoa.

Por que não fazer a mesma coisa? Nosso conselho: coloque seus anúncios bem redigidos e atrativos (um pouco de cor, mas sobriedade: suas aulas, sua formação, seu preço e seu contato) na caixa de correios da sua vizinhança. Ou no para-brisa dos carros.

Enfim, para terminar com os lugares ao seu redor, nos comércios sempre há um painel ou um pedacinho do muro dedicado aos anúncios da vizinhança: farmácia, padaria, livraria, banca de jornais, açougue, mercearias, supermercados…

Não deixe de avisar se você dá aulas particulares pela webcam!

Fale de seus diplomas e experiências

Passamos para a redação de seu anúncio para dar aulas particulares em domicílio.

Quais são os elementos essenciais que devem estar no seu anúncio?

Não se esqueça que ele não pode ser muito longo. O importante para você é ser conciso, eficaz e informar o que for causar mais impacto na hora que a pessoa ler.

Entre essas pessoas, seu currículo é a peça chave. A gente não confia em uma pessoa qualquer para dar reforço escolar, ajudar nas lições de casa, nas revisões antes de provas importantes, na preparação para o vestibular, Enem, concurso público, na aprendizagem da música…

É essencial apresentar referências para seus futuros alunos, para convencê-los, eles ou seus pais, na hora dos desafios. Porque dar aulas particulares não é tarefa para todo mundo…

Todos os pais exigem um bom percurso de educador Os diplomas e as experiências profissionais são os principais requisitos

Qual foi a sua formação?

Você já deu alunas em escolas públicas ou particulares? Se sim, você fez graduação, licenciatura, pós-graduação ou mestrado? Você fez uma formação profissional em que você aprendeu as virtudes da pegagogia e da metodologia?

É importante colocar tudo isso em seu anúncio, de acordo com cada caso, não é?

Isso vai depender também da área que você leciona. Se você fez uma graduação em música (canto, piano, violão, guitarra, bateria…), um conservatório, uma escola de idiomas (aulas de inglês, alemão, espanhol, francês, russo…) ou universidades, por exemplo.

Seu percurso escolar, então, não pode faltar no seu anúncio. Além disso, sua situação atual.

Informe o que você faz, se é professor em alguma escola, pianista ou músico profissional, coach esportivo, engenheiro mecânico, civil, físico…

Isso sempre tranquiliza os clientes!

Uma carreira clássica vai te ajudar a dar aulas particulares sob medida e vai sempre agradar.

Aulas particulares, reforço escolar, ajuda no dever de casa: coloque o seu preço

Existem várias categorias de aulas em domicílio. Ser polivalente é também uma das qualidades do professor particular.

O reforço escolar, primeiramente, para os alunos em dificuldade. Seus pais querem um coaching escolar ou um acompanhamento durante algumas semanas ou meses para ajudá-los a não tomar recuperação, por exemplo, e passar de ano.

Como esquecer de mencionar a preparação para provas: diploma de ensino médio, vestibular, Enem, concursos públicos…

A ajuda com o dever de casa permite estar continuamente com o aluno e apoiá-lo em suas tarefas mais complicadas. Isso favorece que o aluno crie uma disciplina e uma metodologia.

Ainda mais, existem as aulas particulares para aprofundar em um saber, progredir e melhorar em companhia de seu professor particular.

O custo dos reforços escolares são um fator importante na hora da escolha É importante colocar quanto você cobra por seus ensinamentos

Independente do caminho que você quer seguir, você terá que determinar um preço. Uma faixa que tenha a ver com sua experiência, especialização e prestação.

Você poderá fazer isso dando uma olhada na concorrência.

Quando definir o preço, não deixe de colocá-lo em seu anúncio para que seus futuros alunos tenham o máximo de informação.

Você sabe o que tem que fazer para se tornar professor particular?

História, geografia, matemática: quais são suas especialidades?

Muito importante: destacar suas especialidades no anúncio, claro! De forma detalhada!

Você é um especialista em matérias como ciências para o ensino fundamental? Então, coloque isso em seu anúncio.

Especialista de inglês, a língua de Shakespeare? Sugira a seus alunos uma aula de gramática de inglês, comunicação oral, conversação, vocabulário, conjugação e os verbos irregulares…

Você quer ser coach esportivo em domicílio? É essencial para você falar sobre perda de peso, reforço muscular, exercícios cardiovasculares, musculação, alongamento, relaxamento, motivação para ter mais confiança em si ou ainda conselhos de nutrição para ajudar os esportistas a emagrecer.

Você é professor de piano? Você terá que falar sobre a importância de se aprender o solfejo, coordenação da mão direita, esquerda, história da música, grandes compositores, diferentes estilos musicais (jazz, blues, clássico, soul, rock, folk, sertanejo, samba, bossa-nova…).

Mais uma vez, o objetivo não é descrever em detalhes as aulas particulares que você vai dar. Mas escolher e utilizar as palavras-chave que vão chamar a atenção de seu futuro cliente.

Enfim,  por que não dizer também onde você poderá dar suas aulas particulares? Em domicílio? Em bibliotecas? Escritórios? Escolas especializadas?

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz