A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Quanto saber da língua inglesa para fazer negócios internacionais?

Par Carolina le 18/05/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Qual nível de inglês para fazer comércio exterior?
Table des matières

Aprender inglês para fazer um curso de comércio exterior é quase obrigatório. Esse curso prepara os alunos para o mundo dos negócios e uma carreira internacional.

Visto que o inglês é a língua dos negócios por excelência, o business english é essencial. Os business man ou woman devem ter um ótimo nível no idioma!

O ideal para a maioria dos estudantes é ter uma experiência fora do país. Isso porque a profissão requer ter contato com outras culturas o tempo inteiro. Então, além da língua, a pessoa tem que ter o hábito de lidar com todo tipo de gente.

Por isso, fazer um ou vários estágios no exterior é mais que recomendado! O aluno terá a oportunidade de aperfeiçoar sua prática e descobrir o funcionamento de uma empresa fora do Brasil. Claro, não vamos esquecer da aprendizagem da língua!

Não perca tempo e aprenda o idioma para o trabalho O mundo está cheio de oportunidades para quem sabe falar a língua inglesa

Mesmo se os estudantes não têm uma ideia precisa de seu futuro, a escola permite definir a sua via profissional. Ele também pode clarear as ideias com a ajuda dos vários estágios no mundo do trabalho.

A possibilidade de ir estudar em uma universidade internacional, normalmente anglófona, também não é descartada! As exigências para a entrada nessas instituições mudam em função das escolas ou o nível de concorrência para as vagas.

A maioria delas exige a prova de inglês para admissão que pode ser feita em diferentes formas: escrita, oral, entrevista, debate entre os estudantes ou apresentação.

Então, o aprendizado de línguas estrangeiras, principalmente o inglês, é questão de vida ou morte nessa área.

Comércio exterior, é isso mesmo?

Hoje, independente do seu perfil, é possível entrar em uma universidade de comércio exterior. Claro que você precisa querer encarar o desafio, passar no vestibular ou tirar uma boa nota no Enem.

É preciso saber que a maioria das universidades que oferecem esse curso são particulares e a mensalidade custa cerca de mil reais. Depende também se você optar por um bacharelado ou curso tecnológico.

Mas qual perfil é ideal para fazer um curso na área? Você gosta de fazer contas? Ser social e conhecer gente do mundo inteiro? Gosta de línguas? É diplomático? Centrado? Organizado? Convincente?

Além de ter todas essas características, o profissional de comércio exterior precisa entender um pouco de direito internacional?

Outro ponto muito importante é a questão do transporte de mercadorias. Você tem que aprender tudo sobre  alfândega, transporte marítimo, aéreo, rodoviário, etc. Parece pouco?

Imagina ter que conhecer isso tudo com relação ao Brasil e a outros países com cultura e leis completamente diferentes?

Pronto, você já tem uma ideia de como é a vida de um profissional da área!

Mas para fazer comércio exterior, é preciso ser bilíngue em inglês?

O bilinguismo não é obrigatório.

Porém, se quiser seguir carreira e ser um bom executivo ou comerciante, é bom ter um excelente nível na língua.

Então, é muito importante ter domínio na língua, segurança na compreensão oral, bases sólidas em gramática e no vocabulário.

A aprendizagem do Business English e a leitura da mídia anglófona são quase obrigatórias para ser bem sucedido nessa carreira.

Então, o inglês é primordial (nunca é demais lembrar…). Mas quais são as bases do comércio exterior?

Você vai aprender administração, contabilidade, finanças, leis internacionais de comércio,

Como entrar em comércio exterior?

Desde o fim do ensino médio, é possível entrar no curso de comércio exterior. O bacharel tem a duração de 4 anos.

Dinheiro internacional e o idioma são essenciais para as trocas As moedas, cotizações, balança comercial e a língua inglesa estão afiados?

Para seguir em frente com os estudos, às vezes você vai precisar de passar por exames de inglês. Não somente na vida acadêmica, mas principalmente para a vida profissional. Eles vão exigir que você tenha uma excelente compreensão oral, escrita, conhecimento do vocabulário geral e específico, da gramática e uma boa pronúncia.

Essas exigências com o inglês acontecem pela própria natureza da profissão. Como você vai conseguir fazer negócios pessoas de vários países se você não souber falar direito a língua do business?

Teste de inglês para comércio exterior

O fato de ter um certificado em línguas pode ser um « plus » para sua carreira em comércio exterior, mesmo se não é obrigatório.

A importância do teste se dá porque, mesmo se você souber inglês, não há como provar, a não ser com uma entrevista na língua. Por isso, esses testes foram criados para verificar se as pessoas têm mesmo o nível de inglês que elas colocam no currículo.

A passagem do teste é paga e custa cerca de 200 dólares em um centro certificado ou universidade. O valor é em reais é aproximadamente 600.

Atualmente, há mais de dez testes diferentes de língua para atestar seu nível de inglês. Porém, os mais aceitos são os do ETS (Educational Testing Service) e da universidade de Cambrigde. Eles têm reputação internacional.

A gente distingue dois testes do ETS chamados de Test of English for International Communication (teste de inglês para Comunicação Internacional), ou seja, o famoso TOEIC. Além do Test of English as a Foreign Language (Teste de inglês como língua estrangeira), TOEFL.

Os certificados devem ser valorizados na entrada das universidades. Eles podem ser adquiridos ao longo de seus estudos (nas aulas de inglês, por exemplo). São elementos para complementar seu currículo e e para passar na seleção de um estágio.

Você terá uma nota de acordo com seu nível de conhecimento. Eles variam de acordo com o quadro europeu comum de referências para as línguas:

  •  A1: utilizador elementar iniciante com 120 pontos.
  • A2: utilizador elementar intermediário com 225 pontos.
  • B1: utilizador independente nível iniciante com 550 pontos.
  • B2: utilizador independente avançado com 785 pontos.
  • C1: utilizador experiente autônomo com 945 pontos.

Ao longo de seus estudos superiores (aulas de inglês também), o estudante pode fazer um semestre em uma universidade anglófona. O teste do TOEFL certifica o seu nível de inglês acadêmico.

A chave para o sucesso profissional é o idioma! Quer fechar todos os negócios com o mundo inteiro? Aprenda a língua inglesa

O teste de faz durante 4 horas no computador com respostas as questões abertas. Há também questões de múltipla escolha de compreensão e expressão oral e escrita.

É preciso adquirir 90 pontos para ser aceito em uma universidade anglófona.

O teste Cambridge tem o equivalente do TOEFL, o First Certificate Examination (FCE) que corresponde ao nível B2.

O teste TOEIC Brigde TM certifica o nível de inglês básico/intermediário. Enquanto  o TOEIC Listening an Reading (Compreensão Oral e Escrita) atesta um nível intermediário/avançado com um vocabulário profissional.

As questões de múltipla escolha e compreensão oral e escrita têm de 100 a 200 questões. O teste TOEIC Speaking and Writing é oral e dura 20 minutos.

O nível B2 é exigido para obter um emprego em várias empresas.

O teste de Cambridge permite avaliar um nível mais elevado que o TOEIC com o CAE (Certificate in Advanced English) de nível C1 ou o Bulats (Business Language Testing Service).

Comércio exterior e outras carreiras

Convencido?

Esperamos que sim! Outras carreiras também cruzam ou se parecem com a natureza do trabalho de comércio exterior. Então, você não precisa necessariamente escolher esse curso superior para trabalhar com isso!

Muitas pessoas que fazem administração de empresas têm uma relação forte com essa profissão. O administrador também pode se confrontar a situações em que vai ter que negociar em outra língua. A maioria deles precisa igualmente de estar afiado no inglês, caso queira ter sucesso nos negócios.

Alguns contadores devem tratar papéis internacionais para o fechamento de contas de empresas. Ele não pode se dar ao luxo de não saber interpretar os dados na língua inglesa…

Outras profissões relacionadas são os comerciais, os executivos de empresas que também podem ter uma formação em comércio exterior.

Sim, agora entramos no caso específico do executivo! Ele pode ter várias formações. Normalmente, ele tem a função principal de líder, de gerência de uma empresa ou de um setor dela. Ele conhece muito a área em que atua.

Outra profissão com ligação direta com o comércio exterior é a economia. Ela engloba toda uma ciência que no caso estuda as trocas, utilização e obtenção de bens materiais, imateriais de acordo com a cultura e os hábitos de cada região do mundo.

O idioma é muito importante para expandir o comércio Quer aumentar suas oportunidades no negócio? Aprenda a língua inglesa

Então, para ser um grande profissional de comércio exterior é importante ser um verdadeiro craque em economia. A pessoa tem que entender todos os sinais, tachas, leis, tarifas que indicam se um país vai bem, mal economicamente.

Algo muito importante para todas essas profissões ligadas a essa área é a capacidade de análise e o feeling para os negócios.

Porque não basta um país, uma empresa estar bem. Às vezes as oportunidades aparecem em momentos de crise, quando tudo vai mal, mas pode melhorar. Essas são as melhores oportunidades de ganhar muito dinheiro!

Então, esperamos que você tenha um bom tino, uma boa intuição para os negócios e que goste de se relacionar com culturas diferentes, aprender línguas e tenha uma personalidade diplomática.

Com tudo isso, quase impossível de não se dar bem na profissão. E não se esqueça do inglês!

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz