Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Aprenda a língua de Shakespeare pela fonética e pela pronunciação

De Fernanda, publicado em 24/03/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como descobrir os sons de uma palavra em inglês?

Como aprender inglês sem gastar nada?

Isso com certeza é o sonho de muitos brasileiros que querem dominar a língua inglesa!

E nós dizemos que sim, é possível! Por meio de dicionários gratuitos, exercícios e sites especializados online, os alunos podem aprender o idioma graças à sua fonética.

Se você quer se tornar poliglota, ou então se você deseja viajar para fora e fazer uma imersão total em um país anglo-saxão, é fundamental dominar a pronúncia do inglês: o estudo fonético, presente em todas as aulas de línguas, contribui para que os alunos se tornem bilingues e desenvolvam uma pronunciação perfeita!

Se você pretende melhorar suas habilidades linguísticas e quer descobrir o mundo da fonética no inglês, está no lugar certo! Veja nossos conselhos e mergulhe nesse estudo dos sons!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Para que serve a fonética na aprendizagem do inglês?

Quando começamos a aprender uma língua – como italiano, francês, russo, chinês ou o espanhol – um dos primeiros passos é explorar a fonética do idioma.

Em inglês, aprender a pronúncia correta é essencial. Por exemplo: diferentemente do português, a vogal “a”, em inglês, pode ser pronunciada de 5 maneiras diferentes: com um [ê], ou um [ei], com um [â], um [o]…

Aprenda a fonética inglesa. Que tal saber conversar em inglês com aquele sotaque britânico elegantérrimo?

A pronúncia é tão importante que, muitas vezes, não basta possuir um bom vocabulário para estabelecer uma conversa.

Uma dica é aprender a ler os dicionários de fonética: preste atenção no que é sublinhado, que indica a forma como você deve pronunciar as palavras. O aluno pode assim desenvolver a pronúncia e praticar a oralidade em sua própria casa!

Veja algumas características da pronúncia em inglês:

  • Vogais breves (como em fish ou bus)
  • Vogais longas (como em girl ou door)
  • Os ditongos (como em house ou poor)
  • As consoantes (como em thanks ou yes)

Segundo uma pesquisa realizada em 2016 pela Using English, 29% dos estudantes de inglês declaram que o mais difícil na língua é aprender a falar, 28% afirmam que é a escrita e 26% a escuta.

Aprender a fonética é, portanto, indispensável para progredir em inglês e se tornar um verdadeiro bilingue!

Comece aprendendo o alfabeto fonético

Você sabe estudar utilizando um dicionário de fonética?

Em 1886, um grupo de estudiosos franceses e ingleses, liderado pelo linguista Paul Passy, criou um sistema de letras e símbolos com o objetivo de auxiliar as pessoas a pronunciarem palavras em qualquer idioma. Desde então, o chamado alfabeto fonético vem sendo promovido pela Associação Fonética Internacional – AFI.

Aprender o alfabeto fonético é uma etapa muito útil na aprendizagem do idioma. Além disso, uma vez dominando o alfabeto, você consegue decifrar o som de qualquer outra língua. Um belo desafio, não é mesmo?

Aprenda a pronunciar o inglês corretamente! Estes são os principais símbolos do alfabeto fonético.

Utilizar o alfabeto fonético também é um bom exercício para treinar a usar os músculos corretos da boca ao falar uma língua. Por exemplo: quantos brasileiros não têm dificuldade na hora de falar o famoso [th] do the, em inglês? Não deixe que essa barreira simples atrapalhe a sua comunicação! Dominar o alfabeto fonético pode ser muito útil!!

Os principais dicionários de fonética do inglês

Você pode começar a estudar a fonética a qualquer momento: mesmo sendo aluno iniciante de inglês. Pelo contrário, quanto mais cedo, melhor.

Os dicionários de fonética são um bom recurso caso você não queira gastar com aulas caras de inglês e tenha a motivação suficiente para estudar o idioma sozinho em casa.

Esses dicionários são escritos por ingleses nativos que conhecem todas as expressões e as regras de sua língua materna.

Muitas dessas obras são utilizadas no Ensino Superior, em cursos de graduação e pós-graduação, na área de letras, linguística e literatura em universidades brasileiras. Esse material costuma ser bastante caro; por isso, recomendamos que você consulte em bibliotecas públicas ou privadas especializadas em sua cidade.

Conheça os dicionários de fonética mais utilizados:

  • First Dictionary of Linguistics and Phonetics, de David Crystal,
  • Trask: A Dictionary of Phonetics and Phonology, de F. Ingemann,
  • Oxford Basic English Dictionary, de Michael Ashby,
  • Oxford Phonics Spelling Dictionary, de Debbie Hepplewhite,
  • Phonetics and Speech Science: a Bilingual Dictionary, de J.D. McCawley.

Uma fonética que varia

Língua internacional de referência, o inglês é hoje praticado por mais de 1,8 milhão de pessoas no mundo. No entanto, em função da localização geográfica, a fonética se transforma: encontramos transcrições fonéticas diferentes de acordo com a pronúncia de cada região.

Descubra agora os tipos de fonética que você pode aprender ao viajar para fora do país!

Os dicionários de fonética norte-americana

Nos Estados Unidos definitivamente não se fala a mesma língua que no Reino Unido!

Os norte-americanos mudaram radicalmente certas palavras inglesas (por exemplo: lá, elevador é “elevator”, em vez do britânico “lift”), além da ortografia de muitos termos.

Quais são as diferenças da língua inglesa no mundo? Ao passar por um exame, um teste ou até uma entrevista de emprego, verifique qual inglês é solicitado: britânico ou norte-americano.

Conheça a variação da ortografia de algumas palavras nos Estados Unidos e na Inglaterra:

  • « Theatre » (ING) X  « Theater » (EUA)
  • « Analyse » (ING) X « Analyse » (EUA)
  • « Colour » (ING) X « Color » (EUA)
  • « Licence » (ING) X « License » (EUA)
  • « Cheque » (ING) X « Check » (EUA)
  • « Organisation » (ING) X « Organization » (EUA)

É claro que essas mudanças são importantes e têm impacto direto na pronunciação: ao retirar, modificar ou acrescentar letras, as palavras ganham outra fonética completamente nova. E isso pode confundir bastante os turistas!

Bom, é mais uma prova de que dominar o famoso present perfect, os verbos irregulares e o léxico inglês não é o suficiente para falar como um norte-americano. É preciso treinar e muito sua pronúncia!

Para isso, conheça agora os principais dicionários de fonética norte-americana:

  • An Outline of English phonetics with American Pronunciation, de Daniel Jones,
  • The Pronunciation of American English,de Arthur Bronstein,
  • An Introduction to the Phonetics of American English, de Charles Thomas,
  • American Pronunciation,de John Kenyon,
  • The American Phonetic Dictionary of the English Language, de Daniel Smalley.

Os livros de fonética inglesa dos membros da Commonwealth

A Commonwealth of Nations (em português Comunidade das Nações) é uma organização intergovernamental composta por 53 países membros independentes que faziam parte do Império Britânico.

Para passar no vestibular ou obter um diploma universitário, você não precisa conhecer a fonética dos países da Commonwealth, claro.

Mas se você deseja desbravar o mundo, conhecer um país anglófono do outro lado do oceano, fazer uma imersão cultural bem longe dos EUA ou do Reino Unido, você precisa obrigatoriamente saber como o inglês é pronunciado por lá!

Ao contrário da língua norte-americana, a qual temos o hábito de escutar praticamente todos os dias nos rádios e na televisão, o inglês praticado em outros países ainda é desconhecido por boa parte dos brasileiros!

Poucos de nós sabemos diferenciar o inglês do Canadá e o da Austrália, por exemplo! Que dirá de Granada, Nova Zelândia ou Jamaica?

Qual a diferença nas pronúncias do inglês pelo mundo. Você sabe como pronunciar o inglês canadense?

Mas não se desespere: os dicionários de fonética existem para ajudá-lo nessa história toda! Graças a esses livros especializados, o aluno consegue apurar seus talentos linguísticos e diferenciar todas as pronúncias com precisão.

Veja os dicionários de fonética da Commonwealth mais utilizados:

  • A Study of Phonological Variables and Grammatic Items in Canadian English, de Gaelan de Wolf
  • English Phonology: Regional Accents of English,
  • Australian English Pronunciation and Transcription, de Felicity Cox,
  • English Consonant Clusters: The Commonwealth and International Library, de P. Sanderson,
  • World Englishes, de Gunnel Melchers.

Alunos de todos os níveis de estudo podem utilizar esse material: que tal reservar um tempinho da sua semana para explorar todas as variações da língua inglesa?

As transcrições fonéticas automáticas

É possível fazer aulas e aprender inglês na Internet de graça! 

Se você pretender prestar o TOEIC ou o TOEFL, ou simplesmente quer aprender mais sobre a língua de Shakespeare, as aulas online são uma excelente alternativa. Elas permitem enriquecer o vocabulário, praticar com exercícios de gramática e treinar a expressão oral.

E cada vez mais os internautas utilizam os serviços de transcrição automática para aprender uma língua estrangeira.

Mas quais são as vantagens?

Em primeiro lugar, não é necessário conhecer a ortografia de uma palavra, pois esses sites especializados no ensino do inglês colocam à disposição dos alunos um sistema de reconhecimento vocal, que permite encontrar rapidamente um termo.

Aprender bem o inglês tem muitas vantagens. Que tal se tornar um especialista no inglês e partir em viagem pelo mundo afora?

Outro ponto positivo é o catálogo extenso de palavras, que integra gírias e jargões familiares e populares, o que muitas vezes não acontece em dicionários clássicos.

Conheça alguns dos sites mais famosos de transcrição automática:

  • Upodn
  • Lingorado
  • Photransedit
  • Phonemicchart
  • Easypronunciation

Com a ajuda desses programas, os alunos conseguem entender o som dos termos graças às pronunciações com vozes gravadas no sistema. O programa também contribui para a aprendizagem dos símbolos e letras do Alfabeto Fonético Internacional.

São serviços disponíveis online e que contribuem para seus estudos do inglês, tanto na compreensão oral, na pronúncia, ortografia e conversação de forma em geral. Depois de algumas semanas de prática você estará pronto para embarcar naquela viagem tão esperada!

Learning English has never been so easy !

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz