A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Reforço aos alunos do ensino secundário?

Par Giovanna le 01/05/2017 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > Dar Aulas Particulares para Ensino Fundamental
Table des matières

O período do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, é significativo na vida do estudante, pois é neste momento que o aprendizado se torna mais complexo.

Seu objetivo? Preparar o aluno para a entrada no ensino médio, assim como para o Enem e a entrada em uma universidade.

Entretanto, os jovens alunos que acabaram de sair do ensino primário não suportam a aceleração do ritmo escolar.

Neste caso, as aulas particulares podem ser muito úteis!

Sendo um professor particular, seu dever é garantir que o aluno tenha bons resultados na escola e evitar que ele desista dos estudos.

Aqui vão algumas dicas para como se tornar um professor particular para alunos do ensino fundamental.

Quais são os objetivos do Programa Nacional de Educação para o ensino fundamental?

O ensino fundamental é um período crucial para o aprofundamento da bagagem cultural do aluno.

O 6º ano (ou 5ª série) é uma etapa de transição que prepara o aluno para cruzar a ponte entre o aprendizado do primário e aqueles aprendidos durante o próximo ciclo de sua educação. E, em diferentes matérias:

  • aulas de matemática
  • aulas de inglês
  • aulas de português
  • biologia
  • aulas de música
  • história e geografia
  • aulas de desenho…

Então, mais tarde em seu percurso escolar, algumas matérias são adicionadas ao currículo e muitas outras atividades serão contempladas: aulas para uma segunda língua estrangeira, mais esportes, teatro, química, física, etc.

A partir do 7º ano (6ª série) o aluno deverá desenvolver seu senso crítico e despertar seu pensamento autônomo. A educação deve, de forma geral, envolver o aluno na construção e enriquecimento da cultura artística, literária e histórica nacional a fim de apresentar ao aluno o patrimônio cultural do Brasil.

Com o aprendizado baseado na exploração do mundo, o desenvolvimento do pensamento argumentativo, ou mesmo, na educação cívica, o aluno deverá compreender os valores da República a fim de facilitar a sua adaptação à sociedade quando crescer.

A educação musical e as artes plásticas terão como objetivo sensibilizar o aluno para o seu despertar artístico. Já a educação física desenvolverá sua consciência coletiva ao abordar os valores tais como o respeito ou <<viver em conjunto>>.

 

Ensino de Inglês no ensino fundamental. O Inglês é ainda a primeira escolha de língua estrangeira nas escolas secundárias.

As matérias abordadas anteriormente, como história e língua portuguesa, serão aprofundadas a fim de permitir que o aluno compreenda a evolução da sociedades e de novas matérias tais como as ciências físicas ou mesmo as línguas estrangeiras serão introduzidas.

Por fim, o ensino fundamental é também o momento de se adaptar às transformações tecnológicas do século XXI. Graças às aulas de informática e o contato com mídias digitais, o aluno poderá ter um primeiro contato com as novas tecnologias que lhe serão muito úteis em seu futuro.

 

Aulas particulares para descobrir uma primeira língua estrangeira

Se a escola primária deixou lacunas no aprendizado de seu filho, para aprender uma língua estrangeira você pode reverter a situação muito antes de ter problemas! As aulas particulares para crianças também podem abordar outras matérias como inglês, francês, etc. desde pequenos.

A partir da do 6º ano, a criança também começa a aprender a sua primeira língua estrangeira!

O objetivo é atender, de início, ao nível A1 do Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR). Nas escolas, as línguas estrangeiras que geralmente são incluídas no currículo dos alunos são inglês e espanhol.

Entretanto, a alternativa das aulas particulares se revela muito eficaz para esse novo aprendizado. De fato, o currículo escolar prevê que o aluno aprenda o mínimo necessário para compreender e ser capaz de responder perguntas em outra língua, sendo capaz de realizar as perguntas presentes no vestibular. Assim, o aluno terá realizado um curso de língua estrangeira instrumental.

Se você procura o estudo mais aprofundando de um idioma ou se almeja que o seu filho obtenha as habilidades previstas no níveis C1 e C2 (domínio da expressão oral e escrita ) do Quadro Comum Europeu, é aconselhável investir em aulas extras ou aulas particulares para crianças para que o professor possa auxiliá-lo nesta tarefa.

O aprendizado deste novo idioma pode ser um pouco complicado em sala de aula, com muitos alunos e dificuldade de concentração. Desta forma, o acompanhamento de um professor particular pode ajudar a evitar estas falhas do sistema escolar. Mais interativas, precisas e animadas, as aulas em casa incentivam o aluno a desenvolver competências linguísticas graças aos recursos pedagógicos do professor particular.

Ajudar o aluno com a progressão dos estudos e evitar a reprovação

O ensino secundário é uma etapa chave na educação da criança, pois ele propõe novas matérias muito mais complexas e precisas. Entretanto, muitos são os alunos que sofrem com a repetição de série frente ao aumento das matérias.

No brasil, os 6º e 7º anos do ensino fundamental apresentam as maiores taxas de reprovação (13,8% e 12,2%), sendo ultrapassado somente pelo 1º ano do ensino médio (16,6%), segundo QEdu.

Após a reprovação, muitos alunos se sentem desmotivados, o que pode influenciar na decisão de deixar os estudos.

 

Desmotivação no ensino fundamental. Muitos estudantes não gostam da escola e perdem a confiança.

As principais causas do fracasso escolar 

  • Classes lotadas (com mais de 30 alunos) não permitem o acompanhamento real dos estudantes
  • Aceleração do ritmo de aprendizado frequentemente difícil de ser seguido
  • Professores às vezes desmotivados a ensinar frente às diferentes reformas que viram de cabeça para baixo sua pedagogia

A fim de garantir o sucesso de seus filhos, os pais recorrem aos professores particulares mais próximos para evitar a contratação do reforço escolar quando a situação do aluno é muito mais crítica.

Por duas horas de aula semanais, é necessário dispender cerca de R$350 a R$ 400 por mês a fim de complementar a educação da criança e assegurar seu sucesso educacional. Não é um valor baixo, mas seu retorno pode ser imensurável para o aluno.

Graças a seus recursos pedagógicos e sua qualificação, os professores particulares ensinam todas as matérias principais do ensino secundário: aulas de línguas, de matemática, português, história e geografia ou mesmo ciências…

O reforço escolar consolidará o conhecimento adquirido pelos alunos, aprofundando-os e desenvolvendo suas capacidades intelectuais, frequentemente negligenciadas pelos estabelecimentos escolares.

Matemática, física e biologia: as matérias científicas cada vez mais complexas

O ciclo de aprendizado no ensino fundamental visa aprofundar os conhecimentos científicos do aluno. O aluno deverá entrar em contato com matérias mais complexas: biologia, química e física, assim como a matemática.

Para dar aulas eficazes sobre estas matérias, é necessário desenvolver o pensamento científico do aluno ao mesmo tempo em que os fenômenos naturais são explicados. A leitura científica é muito diferente da leitura literária, pois o aluno deverá compreender como executar os experimentos, assim como aprender o vocabulário da ciência.

As competências adquiridas são muito variadas:

  • realização de experimentos científicos,
  • utilização de ferramentas numéricas,
  • emprego de uma nova linguagem,
  • ou mesmo a interpretação pessoal de fenômenos naturais presentes nos objetos de observação.

O objetivo principal dos cursos particulares voltados para as ciências é de incutir aos alunos os fatos científicos da Terra, do corpo humano, dos animais e do meio ambiente.

 

Ensino de biologia e física a secundaristas. A ciência: uma área fortemente aprofundada durante o ensino fundamental.

Se você dá aulas de reforço de físico-química, será necessário, de início, introduzir o aluno a uma nova visão científica do mundo ao trazer a abstração de uma abordagem antropocêntrica.

Explique ponto a ponto as experiências que o estudante terá realizado em sala a fim de que ele possa compreender os prós e os contras de sua abordagem.

No que se relaciona à matemática, o estudante começará a realmente aprofundar seu raciocínio aritmético e geométrico.

O professor particular poderá começar propondo exercícios simples, com lápis e papel, depois pode passar para as ferramentas numéricas (ex. calculadoras, etc.). Ele deverá garantir que o aluno chegue a compreender bem as informações do exercícios e a resolver os problemas propostos, controlando eles mesmo os resultados certos e errados.

A autonomia do aluno será essencial aqui, pois você não estará presente para ajudá-lo durante as provas, ou mesmo durante o vestibular. 

 

Rumo ao ensino médio e preparação para o Enem

O conteúdo aprendido durante o ensino fundamental tem um objetivo maior: preparar o estudante para o ensino médio e a chegada do Enem.

No Brasil, o sistema de passagem para a universidade pública inclui mais de 170 mil vagas. Algo de muita importância para aqueles pequenos alunos!

De fato, tenha em mente que seus filhos de até 15 anos devem estar preocupados com outras coisas e estudar não seria uma delas. Portanto, é importante se comunicar com eles para conhecer à fundo suas dificuldades e poder acompanha-los na revisão das matérias.

A organização é muito importante nesta fase!

O aluno deve saber lidar com suas aulas, os deveres de casa, as aulas particulares e seus momentos de lazer. Desta forma, ele estará muito mais atento às sessões de reforço escolar. 

Como auxiliar alunos na passagem para o segundo grau. Alunos bem preparados para o ensino médio e rumo ao Enem

Peça para que ele explique a você o que aprendeu nas última aulas, o que ele fez, se ele se interessa mais por uma matéria do que por outra, etc.

Questionar de antemão quais são os problemas do aluno fará com que você otimiza seu tempo durante as aulas de reforço. 

Você pode igualmente estudar junto com o aluno algumas questões de provas e simulados.

É ideal que o aluno se familiarize com os tipos de exercícios presente nas provas do colégio, ou mesmo os da prova do Enem.

Aqui vai uma lista de bons exercícios para as crianças:

  • Ditados
  • Exercícios de reescrita
  • Trabalho e imaginação
  • Análise de documento

Por fim, se você sente que o aluno possui muita dificuldade, proponha aos pais a organização de um método intensivo de revisão durante as férias. Assim, pode ser que o aluno aproveite melhor o tempo concentrado para sanar as dúvidas antes de voltar às aulas.

O reforço escolar permanece, portanto, como uma solução ideal para os pais incertos quanto ao desempenho educacional de seus filhos. Graças a uma metodologia personalizada, os professores particulares podem ajudar o aluno a se preparar melhor para suas provas, exames e para um futuro no ensino médio e o vestibular.

Você sabia que existem aulas particulares para universitários e aulas particulares para adultos?

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Giovanna
Aprender de tudo um pouco se tornou minha paixão. Na companhia do meu gato, Robin, escrevo e tento chegar mais perto desse conhecimento todo.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz