Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Professor particular: exerça uma atividade apreciada por muitos

De Fernanda, publicado em 22/02/2017 Blog > Aulas particulares > Dar aulas particulares > Aulas em casa: uma fonte de renda alternativa

Com a crise financeira e e a crise política, o custo de vida aumentou para muitos brasileiros e brasileiras. É preciso pagar todas as contas, desde supermercado (cada vez mais caro), educação dos filhos, vida social, saúde, transporte, fora os gastos imprevistos, como a reforma da casa ou uma viagem de urgência.

No final do mês, onde está aquele dinheiro? Quase não sobra nada para diversão e arte, imagine então para aquela tão sonhada poupança? Impossível.

Para solucionar esse problema, muitos trabalhadores também realizam serviços e pequenos trabalhos informais, como autônomos ou freelancers, em seu tempo livre.

Uma opção é se tornar professor particular. Você já pensou nessa possibilidade?

Seja você estudante, assalariado, universitário ou desempregado: os conhecimentos que já possui podem ser muito úteis nessa profissão.

Acredite se quiser!

Descubra nesse artigo como ganhar dinheiro graças às aulas particulares.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Dar aulas particulares para manter o nível de vida

Quem não sofre para pagar todas as contas no final do mês?

Temos a impressão de o custo de vida ter subido razoavelmente nos últimos tempos. Mas não é só impressão.

Você sabia que o salário mínimo atual no Brasil é 880 reais mas, para suprir as necessidades básicas de um brasileiro, teria que ser 4.5 vezes maior? Isso é o que aponta o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). R$ 3.992,75 seria o valor mínimo para “suprir as despesas de um trabalhador e sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência”.

Com a crise econômica e política, as previsões dos economistas também não são muito animadoras. Em um país onde a instabilidade assusta a todos, muitos não têm escolha: precisam se virar de qualquer jeito. A solução para estes é empréstimo, um segundo trabalho ou um corte agressivo de gastos – implicando a queda de qualidade de vida.

Seja professor particular e consiga economizar dinheiro! Que tal começar a dar aulas para ajudar a pagar as contas no final do mês?

Moradores de capitais como Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo estão ainda mais sujeitos a essas variações. Essas cidades têm um custo de vida muito alto. Você sabia, por exemplo, que é mais barato viver em Barcelona ou em Lisboa do que no Rio de Janeiro?

Pois bem. Não está fácil para ninguém! A situação está alarmante. E é por isso que não podemos cruzar os braços e esperar que caia dinheiro do céu, certo?

E se nós disséssemos que é possível, sim, mesmo nesse cenário, conciliar prazer e dinheiro no mesmo trabalho? Trabalhar como professor particular dando aulas em casa pode trazer esse retorno que você espera.

Dar aulas particulares e assumir novas despesas (férias, créditos etc)

Agora que já falamos do problema, vejamos algumas soluções para se ganhar dinheiro. Você por acaso já pensou em fazer do seu conhecimento um negócio?

Ser professor particular pode ser uma alternativa para ganhar uma renda extra. Um passeio no shopping: que tal fazer compras com o dinheiro recebido com suas aulas particulares?

Ser professor particular é muito mais vantajoso do que acumular dois empregos, por exemplo, ou então viver de “bicos”, trabalhos informais.

De estudante de história ou geografia ao praticante de yoga ou ao jovem bilingue (que pode dar aulas de alemão, inglês, espanhol, chinês), passando pelos guitarristas e pianistas: faça da sua paixão e dos seus conhecimentos uma profissão de verdade!

Outra opção é você ajudar estudantes que desejam prestar vestibular ou precisam passar pelo Enem – Exame Nacional do Ensino Médio. É definitivamente um trabalho interessante e humano!

Agora você viu a luz no fim do túnel?

Claro, não é algo que vai torná-lo rico de uma hora para outra, mas essa atividade pode sim trazer um retorno financeiro suficiente para pagar as suas contas, a mensalidade da universidade e, se você sabe se planejar direito, sobra até para fazer compras extras, viagens e investimentos.

Faça um cálculo rápido: o valor médio da hora aula no portal do Superprof é 53 reais. Se você começar com duas aulas por semana, já terá 424 reais a mais no bolso por mês. Metade de um salário mínimo, com apenas duas horas de aulas semanais. Nada mal, hein?

Quanto custa uma aula particular no Brasil hoje em dia?

Antes de começar a sonhar muito longe, dedique um tempo para pesquisar mais sobre o quanto valeria sua aula no mercado de aulas particulares. Faça uma investigação e pense nos diferentes critérios que influenciam no valor: disciplina, duração, nível escolar do aluno, sua formação, sua experiência, quanto você pretende ganhar por mês

Quanto você deve cobrar pela sua aula particular? O valor da hora aula muda muito em função do tipo de conteúdo e da área do conhecimento.

Como já dissemos, a média no Brasil de valor por hora aula é 53 reais. Mas esse preço pode variar de acordo com a área de conhecimento. Veja outros valores em média:

  • Aula de matemática: 48 reais
  • Aula de português: 48 reais
  • Aula de inglês: 53 reais
  • Aula de física: 48 reais
  • Reforço escolar: 47 reais
  • Aulas de espanhol: 53 reais
  • Aula de canto: 60 reais
  • Aula de piano: 67 reais
  • Aula de violão: 52 reais
  • Aula de informática: 49 reais
  • Aula de desenho: 45 reais
  • Aula de yoga: 80 reais

Aqui fica claro como a originalidade da matéria influencia na elevação do preço da aula. Há professores de ioga e de pilates que chegam a cobrar 100 reais a hora. Nada mal! No entanto, se você der aulas de português, por exemplo, disciplina com muitos concorrentes, não pense em cobrar muito mais do que os 48 reais de média.

Para chegar ao seu valor final, lembre-se de levar em conta todos esses elementos. Não adianta cobrar uma fortuna de cara. Espere ganhar confiança com a oferta dos seus serviços no mercado para dar mais um passo.

O preço das aulas particulares varia em função da sua zona geográfica ou experiência

O local onde você vai dar aula pode influenciar no valor que você deve cobrar. Há tantos critérios para determinar qual vai ser o preço da sua hora aula!

Veja outros critérios que podem ajudá-lo a fixar o valor de seus serviços.

O preço de aulas particulares de acordo com a cidade

Vamos avaliar os preços cobrados por localidade? Na verdade, isso é algo bem intuitivo, como bem dissemos. As capitais costumam centralizar os preços mais elevados de hora aula, não importa a disciplina ou área de conhecimento. São Paulo e Rio de Janeiro estão no topo de todas as listas, claro.

Mas como descobrir a média de preços de aulas particulares na sua disciplina pelo Brasil? Uma dica é entrar no site do Superprof!

Na barra de pesquisas, digite a sua especialidade, como « filosofia », e descubra os vários professores da matéria inscritos no site no Brasil inteiro. Uma maneira prática para ver quanto a concorrência cobra!

Cada um estipula uma tarifa de acordo com sua base de experiência e seus conhecimentos. O melhor para você, professor iniciante, é achar um professor que tenha o mesmo perfil que o seu para ter uma ideia do preço.

Então, como saber o preço que os professores da minha cidade cobram? O próprio site propõe o filtro pela localidade em suas buscas.

Por isso, se você quiser dar aulas em Curitiba, escreva o nome da cidade e o CEP para visualizar seus concorrentes locais. Você verá uma página com o resultado dos professores mais próximos da localidade que indicou, além da média de preço da hora aula.

Caso não haja professores cadastrados em sua cidade, busque por uma cidade de mesmo porte que a sua em seu estado ou na sua região. Você terá ao menos uma ideia dos valores cobrados.

Experiência e formação: pontos que valem ouro!

Bom, disso você já está cansado de saber. Quanto mais tempo de sala de aula (ou de sala de estar ;)) você possuir no seu currículo, e quanto mais qualificada for a sua trajetória acadêmica, mais você poderá cobrar.

Infelizmente não conseguimos comprovar essas tendências com uma tabela ou com uma busca, pois a quantidade de variantes é imensa!

Mas você mesmo pode fazer esse exercício. Você frequentou sua graduação na Universidade de São Paulo ou completou seus estudos em uma faculdade a distância? Você já deu aulas particulares em algum momento da sua vida? Quantos meses, quantos anos? Você estudou fora do Brasil? Nos últimos três anos fez cursos, frequentou seminários ou concluiu workshops na área da sua especialidade? Ocupou um cargo em uma grande empresa e desenvolveu habilidades e competências que poderia colocar em destaque?

Saiba valorizar todos os seus atributos! O Superprof possui uma ferramenta online que também permite que você indique na descrição do seu anúncio toda a sua formação e sua experiência. Isso faz diferença na hora da escolha dos alunos.

Dê aulas particulares e valorize seus conhecimentos! Como ganhar dinheiro a partir de sua experiência e formação? Saiba valorizar sua trajetória!

Além disso, você também pode adequar e delimitar o seu público-alvo em função da sua experiência e formação. Isso dá mais coerência e confiança em seus serviços.

Por exemplo: se você é formado em Pedagogia, pode começar delimitando um público de alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I. Se sua experiência for unicamente com música erudita, não abra o leque para rock e samba. Só dê aulas de espanhol se você realmente dominar a língua (portunhol não vale!). Se quiser dar cursos preparatórios para concursos, exames e avaliações, é importante conhecer a fundo todas as competências e habilidades exigidas em cada prova. Uma base em psicologia escolar também pode ser útil nesses casos.

Resumindo: não adianta querer abraçar o mundo. Hoje em dia, a rede dá espaço para todas as especialidades. Encontre a sua e comece já a procurar seus alunos!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz