Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

As várias maneiras de pronunciar a língua espanhola!

De Carolina, publicado em 30/06/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > Os diferentes sotaques em espanhol

O espanhol é uma língua com uma sonoridade sedutora e cantada, não dá para ficar indiferente!

A gente adora essa maneira tão particular de enrolar o “r”, a sequência rápida das sílabas e todas as palavras que rimam com pasión (corazón, cabrón…).

E para saber tudo sobre a língua espanhola, é melhor se interessar pelos diferentes sotaques, não é mesmo?

Se você gosta de viajar, você já deve ter reparado que os sotaques mudam de acordo com a região e a cidade que a gente está.

Barcelona, Sevilha, Madrid, e nem se fala da América Latina! México, Argentina, Chile, Bolívia, todos têm diferentes formas de falar!

A gente sabe, porque no Brasil é a mesma coisa! A gente nota rapidamente se uma pessoa é mineira, carioca, paulista, soteropolitana (Salavador, galera!), manauara (Manaus), cuiabense…

Mas se os do Brasil a gente já conhece, vamos conhecer os do universo hispanofalante!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Quais são os principais sotaques espanhóis?

O espanhol é a língua oficial em mais de 21 países. A gente escuta a língua principalmente na Espanha, América do Sul e Central.

Não deixe de aprender os sotaques hispânicos A Espanha é tão rica quanto o nosso país, mesmo sendo tão pequena

Há várias variantes, mas a gente consegue distinguir os dois grandes tipos de sotaque na Espanha: o sotaque peninsular, falado na região de Castela (Madrid, Toledo) na região da península da Espanha e o sotaque andaluz.

O sotaque da Espanha que parece mais com o sotaque da América é o andaluz.

Para entender bem o porquê, vamos mergulhar rapidamente no coração da história da língua espanhola na época das grandes descobertas.

Os conquistadores espanhóis chegaram na América Central e na América do Sul no final do século XV.

A maioria deles era da Andaluzia e Estremadura no sul da Espanha. Eles rapidamente difundiram sua língua em uma grande parte do continente.

Ainda hoje, a forma de pronunciar da América tem ainda várias semelhanças com o sotaque andaluz.

Os diferentes sotaques das regiões da Espanha

Como o Brasil, a Espanha tem várias regiões (mesmo se o nosso país é 10 vezes maior…). Mas tamanho não é documento, né? E há tantas diferenças culturais como a nossa, podem acreditar!

E em cada região, a gente fala com um sotaque sutilmente diferente.

É preciso ter os ouvidos bem treinados para discernir toda a palheta de nuanças. A gente percebe mais facilmente as diferenças dos sotaques do sul e do norte.

Veja aqui um pequeno horizonte dos principais sotaques que você pode escutar na Espanha:

Na Andaluzia, eles têm a tendência de não articular muito. O sotaque se caracteriza principalmente pela omissão da pronúncia do “s” nas palavras.

Há algumas exceções: o “s” pode eventualmente se pronunciar quando está no começo da palavra ou entre vogais.

Outra particularidade, a maior parte das consoantes são mudas no fim das palavras.

Fale o idioma e suas diferentes formas de falar A Andaluzia tem o sotaque diferente de outras regiões da Espanha

Na Catalunha, a pronúncia do “l” é bem próxima do inglês. Na Galícia, o sotaque é bem mais cantado e a pronúncia do “s” mais marcada.

Nas Ilhas Canárias, o sotaque parece uma mistura do sotaque andaluz e o sotaque espanhol da América.

Além dos sotaques, descubra as frases úteis em espanhol!

O sotaque espanhol de Castela ou peninsular

O sotaque de Castela é o que a gente mais escuta na Espanha.

Ele é espalhado em todo o país porque durante o regime de Franco, era proibido falar outra língua a não ser o castelhano.

Ao contrário do andaluz, o sotaque de Castela é uma língua romana vinda do latim popular.

Entre suas particularidades, a gente pode notar o uso da segunda pessoa do plural “vosotros”.

Esse uso não é feito na América Central nem na do Sul.

O espanhol (castelhano) é a língua oficial da Espanha.

É também a língua do vestibular de espanhol 2017!

Mas saiba que existe quatro línguas co-oficiais: o catalão, o basco, o galício e o oranês.

Vocabulário, gramática, ortografia, utilização das vogais… Cada um tem suas próprias regras e particularidades.

Algumas línguas como o catalão têm vários dialetos diferentes.

Essa diversidade incrível de sotaques é também uma das semelhanças entre o espanhol e o português.

O sotaque espanhol andaluz

Seu interlocutor não articula, tem a tendência de falar com a boca fechada?

Se você não entende nada, você certamente está face a face com um andaluz! Os andaluzes têm tendência a articular menos que as outras regiões da Espanha.

O sotaque é bem marcado e eles não têm pressa na hora de falar. Acontece muito deles comerem algumas sílabas. Saiba que há vários sotaques andaluzes. A gente repara algumas diferenças de pronúncia entre os habitantes do leste e do oeste.

De uma maneira geral, algumas palavras desaparecem do final das palavras. Normalmente, elas são o “s” e o “d”. Por exemplo: “cansado” se torna “casao”.

O “ll” se pronuncia sempre da mesmo jeito, ou seja “y”. Os “c” e os “z” se transformam em “th” (para pronunciar como se tivesse a língua presa).

Granada, Sevilha, Córdoba, Malaga… A Andaluzia é uma região ideal para as férias. Se você pretende conhecê-la, não se intimide com o sotaque.

Com uma boa base de aulas de espanhol, você pode se virar tranquilamente!

Se você escutar um “hata luego”, você vai deduzir facilmente que se trata do famoso “hasta luego” espanhol, que significa: até daqui a pouco. Uma pessoa da Andaluzia pode te acolher com um “bueno ‘dia” ao invés de um “buenos dias”.

Aprenda as relações culturais da Espanha A cultura do país hispânico também nos ensina muita coisa

Do mesmo jeito, se você diz “ma o meno”, entenda “más o menos”, o que quer dizer “mais ou menos”.

Colocando uma letra ali acolá, você vai entender intuitivamente o sentido da conversa. Depois de um pouco de tempo de adaptação, você nem vai mais prestar atenção nessas diferenças!

Nas outras cidades, o sotaque é adoçado.

Nas zonas rurais, ele é mais forte e pode ser mais complicado de entender para os iniciantes do espanhol.

Os andaluzes têm também suas próprias expressões. Cheios de humor e de leveza, elas vão te fazer rir reforçando o seu vocabulário!

Pergunte para eles enquanto você faz a sua viagem!

Descubra também quais são as melhores citações em espanhol.

Os sotaques espanhóis na América Latina

Os habitantes da América Central ou América do Sul falam espanhol com um leve sotaque andaluz oriundo da época colonial.

O sotaque tem algumas nuanças porque ele se desenvolveu ao longo do tempo. Alguns elementos do espanhol antigo foram se perdendo e outros conservados.

Hoje, a América Latina hispanófona tem suas próprias particularidades. No espanhol tradicional, o “c” e o “z” se pronunciam sempre com “s”. A gente chama isso de ceceo para a pronúncia espanhola e o seseo para a pronúncia latino-americana.

Como essas diferentes letras se pronunciam do mesmo jeito, é melhor prestar atenção nos diferentes contextos para entender direito o sentido das frases.

Por exemplo, na América Latina, “casa” e “caza” (que significa caça) se pronunciam do mesmo jeito.

Paralelamente, “cocer” (que significa cozinhar) e “coser” (que significa costurar) não são diferentes para nossos ouvidos.

Então, é melhor entender realmente pelo contexto!

Outra singularidade, o “s” situado no fim das sílabas é normalmente mais fraco na América Latina. Se o seu interlocutor pronuncia as palavras niños e España, você terá a impressão de escutar “niño” e “Epaña”.

Típico da Andaluzia, o yeismo predomina também do outro lado do oceano. Esse fenômeno consiste em pronunciar da mesma maneira o som do “ll” e o som do “y”.

Por exemplo, a palavra “pollo” (que significa frango) se pronuncia “poyo”. O yeismo pode criar problemas de compreensão! Vários homônimos tais como o “calló”  (calou-se) e “cayó” (que significa caiu) poderiam ser confundidos.

Em alguns países da América Latina como o Peru, a Bolívia e o Paraguai, o castelhano coo habita com as línguas indígenas. O som do “ll” é bem forte!

Aprenda o idioma e suas várias formas de falar As pronúncias variam muito na língua espanhola

O uso do “usted” quase não existe mais na Espanha. Mas ele permanece em alguns países da América Latina.

Na Europa, a gente vai utilizar mais o “tú” que o “usted” (singular) ou “ustedes” (plural).  Já em alguns países hispanofalantes da América Latina, o uso do “usted” é bem comum. Caído em desuso na Espanha há alguns anos, o uso deles pode ocorrer na Argentina e no Uruguai.

Além do sotaque, os países da América Central e da América do Sul hispanófonos têm o vocabulário diferente das aulas de espanhol clássicas.

O léxico hispano-americano é uma mistura do espanhol da Espanha, línguas indígenas e, mais recentemente, inglês da América do Norte.

Na Argentina e no Uruguai, a língua é uma variante do espanhol chamado do espanhol rio-platense.

Como aprender os diferentes sotaques do espanhol?

Você gostaria de dominar o sotaque espanhol de suas regiões ou de seus países preferidos?

Fazer algumas aulas particulares de espanhol antes de sair de férias pode ser bem útil!

Em um primeiro tempo, utilize um alfabeto fonético para te ajudar com as pronúncias diferentes da do português.

Depois, o melhor é você encontrar um professor particular da região onde você quer morar, passear ou gosta mais. Assim, ele poderá te ensinar o sotaque espanhol que você quiser. Com certeza, no Superprof, você encontrará esse professor ideal, você vai ver!

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *