Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Os 5 maiores mitos sobre o instrumento de cordas

De Flavio, publicado em 24/08/2016 Blog > Música > Violão > Nós temos algumas impressões bem erradas sobre o violão

No desenrolar de sua História, o violão se tornou um instrumento muito popular, independente do sexo ou da idade.

Quando adolescentes, os meninos começam a tocar violão por diversão ou mesmo para agradar às meninas. Quando adultos, muitos têm o sonho de montar seu próprio grupo e fazer aqueles incríveis solos de guitarra em frente à folia do público.

Poderiam até mesmo quebrar o próprio instrumento só para dar aquele estilo.

Bom, o violão e a guitarra ainda fazem muito sucesso. No entanto, diversas pessoas que querem começar a tocar esses instrumentos escutam aquelas frases nada motivadoras que começam com “um amigo de um amigo me contou que…”.

Nesse artigo nós não faremos um longo discurso sobre isso, mas quebraremos os 5 maiores mitos que você já escutou sobre o violão e a guitarra.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

O Solfejo é necessário para aprender a tocar violão

Os professores de violão e a formalidade na música: não, você não é obrigado a aprender o solfejo para poder tocar violão ou outros instrumentos de cordas. Ele é apenas aconselhável. Na verdade, o violão é um dos poucos instrumentos que não necessitam de começar seu aprendizado através de uma base de solfejo.

Guitarra e violão podem ser praticados sem o solfejo. Nem todos os violonistas passam pelo conservatório.

Para o violão, nós temos as chamadas tablaturas, um documento no qual encontramos a retranscrição precisa do movimento mecânico de nossas mãos.

Assim, você pode saber precisamente onde posicionar os seus dedos para tocar as mais diferentes notas que compõem sua melodia. Por isso, diferentemente dos outros instrumentos, você pode começar a tocar violão ou guitarra sem precisar conhecer as técnicas do solfejo!

Para isso, basta reproduzir os gestos indicados pela tablatura – sem hesitar!

Porém, se você é um grande apaixonado pelo violão, vale a pena aprender as bases do solfejo anteriormente, por diversas razões. Uma delas é o fato do solfejo aumentar o seu poder de adaptação quando você toca junto a outros músicos num grupo, por exemplo. Outra, é que o solfejo o ajuda a conhecer a fundo as músicas que você tocará, o que te permitirá de progredir muito mais rapidamente e de compor suas próprias músicas.

Além disso, o solfejo pode ajudá-lo a se tornar um bom guitarrista, já que o violão também pode ser uma ótima arma de sedução.  😉

Mas se você quer apenas se divertir e tocar outra coisa que apenas o jazz e a música clássica, o solfejo não é imprescindível. Porém, se o seu objetivo é progredir bastante, você terá de aprendê-lo!

Mas não se preocupe, os músicos sempre dizem que se dedicando um pouco todos os dias (5-10 minutos) você aprende em algumas semanas as bases do solfejo.

Eu estou muito velho para aprender a tocar violão

Depois do solfejo (que pode ser um verdadeiro bloqueio a alguns) vemos gente dizendo que o melhor é aprender a tocar violão quando ainda somos jovens.

É para o neto e para o avô! Não existe idade para aprender a tocar violão.

É bem verdade que as crianças possuem um grande poder de aprendizagem. Nós somos verdadeiras esponjas capazes de absorver um número impressionante de informações. Com o passar do tempo nós amadurecemos e vai se tornando cada vez mais difícil de armazenar e de assimilar estas mesmas informações. Porém, isso vale mais que tudo para as coisas entediantes.

Se você sente prazer ao fazê-lo verá que irá progredir bem rápido e, sobretudo, terá vontade de aprimorar-se e descobrir novas coisas.

A propósito, diversas pessoas que já se aposentaram escolhem tocar violão para passar o tempo e para continuar exercendo uma atividade.

Isso devido ao fato de que a prática musical é um excelente vetor para que se continue a encontrar outras pessoas e para exercitar os neurônios.

Não podemos esquecer de que enquanto mais envelhecemos, mais tempo livre nós temos!

Descubra a história do violão e entre nesta aventura!

As crianças, por exemplo, sempre têm de ir à escola, fazer os deveres de casa, frequentar as atividades extra-escolares e também tem a hora do lazer! Uma vez que as crianças já cresceram e deixaram o doce lar, nós ganhamos uma grande quantidade de tempo para dedicar ao lazer!

Você pode muito bem passar o resto de sua vida em frente à televisão (o que não é nada estimulante para o seu cérebro), ou ter a brilhante ideia de aproveitar desse tempo para aprender a tocar violão e se deliciar ao reproduzir as canções mais consagradas ou criar novas músicas.

Na verdade, não existe idade para se fazer música, basta ter vontade, paixão e motivação. Nada mais que isso.

Como tocar uma música se eu não tenho ritmo?

Não tocar violão pelo fato de não ter ritmo não é uma desculpa, mas sim uma falsa ideia que colocaram em sua cabeça. E muito falsa, diga-se de passagem!

Claro que quando você começar não entrará no ritmo com muita facilidade (a não ser que você seja um gênio da música sem saber).

Todos temos o ritmo dentro de nós. Entre no ritmo ao praticar violão!

Mas você irá pegar o ritmo junto com a prática do instrumento.

A verdade é que todos nós possuímos o senso do ritmo dentro de nós.

A propósito, a nossa vida quotidiana é ritmada por diferentes “tempos”. Nosso coração, antes de tudo, bate de maneira constante e ritmada (com uma maior ou menor velocidade em função das diferentes situações).

Além disso, temos também o ritmo do dia/noite que impõe nosso corpo a se repousar em alguns momentos e se tornar mais ativo em outros. As temporadas também chegam para ritmar os nossos anos através deste famoso ciclo inverno/primavera/verão/outono, que se repete infindavelmente.

Nós somos ritmados também por nossa própria agenda. Alguns necessitam de um ritmo mais intenso que outros.

Mas todos nós temos nosso próprio ritmo.

Em relação ao violão, na companhia de um professor você irá pegar o ritmo muito mais rapidamente à medida em que entra numa simbiose com esse belo instrumento, assim como acontece com cada atividade quotidiana.

Os músicos sempre dizem: “O objetivo é de se conectar com o seu ritmo interior”. Mais que bela, a frase é verdadeira!

Com um bom ritmo, você poderá até começar a trabalhar apenas com o seu violão ou guitarra!

Não tenho o ouvido musical: isso é um problema para tocar violão?

Não ter o ouvido musical é uma crença completamente injustificada. Assim como todos nós temos o ritmo dentro em nosso interior, sabemos também escutar e reproduzir o que ouvimos.

Todos temos um ouvido musical, isso se treina! Temos de ser verdadeiros músicos para tocar violão?

É ao reproduzir ou imitar os outros que nós podemos evoluir. Quando escutamos o nosso professor tocar nós aprendemos muitas coisas novas.

Na verdade, o grande problema de nossa sociedade é que nós não podemos mais escutar como anteriormente. Estamos constantemente cercados de barulhos.

A enorme quantidade de distúrbios sonoros nos impedem de utilizar nossa audição com a mesma eficácia que nós podemos utilizar nossos outros sentidos. É como se você se alimentasse o tempo todo de uma comida nada sã. O seu sentido do gosto ficaria atrofiado.

A prática musical te permite utilizar seus ouvidos plenamente.

Mas é claro que isso se aprende!

O objetivo é de reaprender a ouvir e, sobretudo, a escutar. A nuance entre estes dois temos é importante, visto que nós podemos perceber um som sem necessariamente dirigir nossa atenção a ele.

Poucas pessoas sabem escutar. Escutar significa se apoderar do som que chega até você e poder compreendê-lo.

Então não tenha medo se você acha que não tem o ouvido musical. Isso é algo que você aprenderá com a prática. Teste o seu ouvido musical.

Você aprenderá a se servir de seus ouvidos assim como aprendeu a utilizar suas mãos, sua boca e seus olhos quando era criança.

Meus dedos não são bons para tocar bem violão

Esta é mais uma conversa para boi dormir e te impedir de começar a tocar violão.

É bem verdade que esse belo instrumento exige um certo nível de agilidade nas mãos e dedos.

Mas quem é que disse que apenas as pessoas que possuem mãos finas podem ser ágeis com seus dedos? Isto é uma completa ilusão.

Qualquer um pode tocar violão. Devemos ter dedos finos para tocar bem violão?

Alguns músicos sofreram acidentes graves e tiveram suas mãos danificadas.

Outros guitarristas lendários tinham ou têm dedos espessos. Porém, isso não os impediu de continuar a tocar seu instrumento preferido.

Não é porque você possui mãos relativamente grandes que você não pode ser um bom guitarrista ou violonista. 

Com um pouco de treinamento e de trabalho você conseguirá posicionar os seus dedos corretamente.

Talvez, você encontrará uma maior dificuldade no início, em relação às pessoas que possuem dedos finos (mas não necessariamente mais ágeis). Nós não somos todos iguais fisicamente. A natureza nos fez assim, temos que nos adaptar. Então, deixe isso de lado e comece a tocar! O corpo humano é uma belíssima máquina capaz de fazer milagres com um pouco de trabalho e força de vontade.

A propósito, isso também vale para os músicos canhotos. Não é só porque você não faz parte da maioria da população destra que você será ruim na guitarra. Pelo contrário! Isso não pode ser uma desculpa para não testar este instrumento.

Aprender a tocar violão ou guitarra é muito difícil

Quem disse que aprender a tocar um instrumento é fácil?

 O aprendizado do violão necessita de tempo, dedicação e paixão! 

Assim como todas as práticas artísticas, diga-se de passagem. Acabaram-se as desculpas e não acredite nas coisas que as pessoas dizem da boca para fora.

O violão é como todas as outras coisas!

A partir do momento em que você está motivado, terá tudo o que precisa para aprender a tocar. É possível que você não seja um gênio da música e que não se tornará o novo Jimi Hendrix. Porém,  quantos gênios você conhece na atualidade?

Não muitos, certo? A maioria o faz apenas pelo prazer, e é isso que conta! Na verdade, o violão é composto de 50% de paixão e 50% de prazer.

Encontre agora mesmo um professor particular para te ensinar o melhor método para aprender a tocar violão ou guitarra e receba aulas o mais breve possível.

Você verá que uma vez que você iniciar terá dificuldade em parar.

Além de tudo, o violão é uma arma de sedução em massa!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz