A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Aulas de matemática: onde e como encontrar um profissional?

Par Fernanda le 28/12/2016 Blog > Reforço escolar > Matemática > Como achar um professor de matemática?
Table des matières

Resultados de pesquisas e avaliações nacionais (como o Saeb – Sistema de Avaliação da Educação Básica) e internacionais indicam que o panorama não é nada favorável. Dados divulgados recentemente pelo último PISA, Programa Internacional de Avaliação de Estudantes, revelam que o Brasil caiu para a 66ª colocação em matemática, sabendo que foram avaliados 70 países.

Isso sem falar no desempenho dos estudantes na área de matemática e ciências no Ensino Médio, os famosos anos preparatórios para o vestibular. Verdade, o cenário educacional brasileiro está num momento delicado.

Por isso, uma coisa é certa: todos os esforços são necessários quando o assunto é educação. Pensando em seu filho, uma das soluções possíveis pode ser as aulas particulares em casa.

Mas e como fazer para encontrar um bom professor de matemática? Por onde começar? Quem pode ajudar nessa busca? Meu filho pode, por exemplo, fazer aulas online ou assistir a vídeos educacionais no Youtube?

Por que é importante estudar com um professor de matemática particular?

Enquanto pais de estudantes ou futuros estudantes, você pode muito bem se perguntar: « Como escolher um professor de matemática para meu filho? ». A importância dessa disciplina na vida das crianças e adolescentes é um fato, isso sem comentar sobre o seu papel no futuro profissional.

Desde os primeiros anos do ensino fundamental até a universidade, encontrar um professor de matemática para dar aulas em casa pode se revelar algo bem útil.

Que tal revermos um pouco sobre os objetivos de aprendizagem em cada etapa da educação Básica?

A matemática no ensino fundamental

O papel principal da matemática está em organizar o pensamento e desenvolver habilidades relacionadas ao raciocínio lógico; em ajudar a estabelecer relações entre objetos, conceitos e fatos, ao mesmo tempo em que desenvolve habilidades de previsão, explicação, antecipação e interpretação de situações reais para depois interferir nesta realidade.

Nos primeiros anos do ensino fundamental, chamado ciclo de alfabetização, a alfabetização matemática é o processo de organização dos saberes que a criança traz de suas vivências anteriores para este ciclo, de forma a levá-la a construir um corpo de conhecimentos matemáticos articulados, que potencializem sua atuação na vida cidadã.

O trabalho com as operações aritméticas vai além da utilização ou memorização de técnicas operatórias únicas, uma vez que a etapa de alfabetização matemática caracteriza-se, principalmente, pela compreensão dos significados das operações e de cálculo efetuado mentalmente, motores do desenvolvimento da alfabetização matemática. Trata-se então do momento em que a criança começa a organizar estratégias mais sistematizadas que vão permitir, em etapas posteriores, a compreensão de outros procedimentos de cálculo.

aprendizagem de números e cálculos na educação básica Quais são os objetivos da matemática no ensino fundamental?

nos anos finais do ensino fundamental, operações e cálculos começam a se tornar mais complexos, como conhecimento numérico, conhecimento algébrico, conhecimentos geométricos. Especialmente em relação aos anos finais do Ensino Fundamental, os objetivos educacionais estão pautados na compreensão do ambiente natural e social, do sistema político, da economia, da tecnologia, das artes, da cultura e dos valores em que se fundamenta a sociedade;  no desenvolvimento da capacidade de aprendizagem, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades e a formação de atitudes e valores; e nos conhecimentos que constituem os componentes curriculares obrigatórios.

A matemática no Ensino Médio

É fato conhecido que as práticas mais frequentes e usuais no ensino de matemática escolar costumam privilegiar exatamente esta mesma finalidade – particularmente a preparação para o vestibular no Ensino Médio. Mas será que é correto trilharmos apenas esse caminho?

Vejamos o que diz a Lei De Diretrizes e Bases (1996) sobre as finalidades do Ensino Médio (praticamente repetindo o que já consta da Constituição Federal de 1988):

Art. 35 º. O ensino médio, etapa final da educação básica, [..], terá como finalidades:

  • I – a consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos no ensino fundamental, possibilitando o prosseguimento de estudos;
  • II – a preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando, para continuar aprendendo, de modo a ser capaz de se adaptar com flexibilidade a novas condições de ocupação ou aperfeiçoamento posteriores;
  • III – o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
  • IV – a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática, no ensino de cada disciplina.

Igualmente, vamos ver os objetivos de aprendizagem da Matemática estabelecido pela segunda versão da Base Curricular Comum no Ensino Médio:

  • Aplicar conhecimentos matemáticos em situações diversas, na compreensão das demais ciências, de modo a consolidar uma formação científica geral.
  • Estabelecer relações entre conceitos matemáticos de um mesmo campo e entre os diferentes eixos (Geometria, Grandezas e Medidas, Estatística e Probabilidade, Números e Operações, Álgebra e Funções), bem como entre a Matemática e outras áreas do conhecimento.
  • Desenvolver a autoestima e a perseverança na busca de soluções, trabalhando coletivamente, respeitando o modo de pensar dos/as colegas e aprendendo com eles/as
  • Analisar criticamente os usos da Matemática em diferentes práticas sociais e fenômenos naturais, para atuar e intervir na sociedade.
  • Expressar-se oral, escrita e graficamente, valorizando a precisão da linguagem, na comunicação de ideias e na argumentação matemática.
  • Recorrer às tecnologias digitais para descrever e representar matematicamente situações e fenômenos da realidade, em especial aqueles relacionados ao mundo do trabalho.

Preparando para o Vestibular

Este é um dos grandes desafios dos estudantes, não importa qual área eles escolham para seu futuro profissional. O fato é que a matemática é um dos pontos fracos de muitos vestibulandos na hora da prova.

Não só os estudantes, mas pais e familiares também começam a ficar angustiados quando o grande momento se aproxima.

A segunda versão da Base Curricular Comum (BNCC) afirma que « a Matemática deve ser vista como um processo em permanente construção. Seu estudo não deve se reduzir à apropriação de um conglomerado de conceitos. O estudante deve ser motivado a, em seu percurso escolar, questionar, formular, testar e validar hipóteses, buscar contra exemplos, modelar situações, verificar a adequação da resposta a um problema, desenvolver linguagens e, como consequência, construir formas de pensar que o levem a refletir e agir de maneira crítica sobre as questões com as quais ele se depara em seu cotidiano. »

Ora, conceitos e reflexões que são completamente passíveis de abordagens em aulas particulares, uma vez que seu professor poderá personalizar o conteúdo programático juntamente com você.

Nesse momento tão importante, a preparação, a disciplina e a regularidade das aulas são fundamentais.

Como encontrar um professor particular perto de você?

achar um profissional para aulas particulares Olhe bem ao seu redor: encontrar um professor particular é mais fácil do que você pensa.

É fato: aumenta cada vez mais a procura por cursos de apoio e reforço escolar, além das aulas particulares em casa.

Aliás, as aulas de matemática são as mais procuradas pelos estudantes. Tanto os jovens quanto seus pais reconhecem a importância dessa disciplina em sua vida estudantil mas também profissional futura.

Mas como encontrar um professor?  É muito difícil achar o profissional mais adequado ao perfil do meu filho? Seja ele autodidata, estudante, engenheiro, profissional da educação ou um professor particular?

Hoje em dia, não mais. Ainda mais sabendo que você já pode começar a sua busca em locais mais próximos de você. Existem muitas maneiras de encontrar um educador que vai ajudar seu filho a estudar matemática.

Comece sua busca no seu próprio bairro: muitos professores deixam anúncios em quadros disponíveis no comércio local, como padarias, supermercados, mercearias, farmácias, até mesmo em igrejas e centros culturais. É uma das formas de achar um profissional que esteja próximo de você.

Aliás, os próprios estabelecimentos escolares possuem locais reservados para anúncios, inclusive de aulas particulares. Escolas públicas, particulares, e principalmente as universidades e faculdades, que reúnem um grande número de estudantes em busca de um complemento de renda no final do mês.

Encontrar um professor na web

A Internet é outra alternativa muito eficaz na busca de professores particulares de matemática. E não apenas nessa disciplina, aliás: você encontra ofertas e anúncios das mais variadas áreas do conhecimento: física, química, ciências naturais, biologia, língua portuguesa, inglês, etc.

Na verdade, as alternativas online são as mais fáceis e práticas na procura de um profissional.

procurando um educador para meu filho na web Existe um número gigante de anúncios de professores particulares na Internet. Comece sua busca já!

Nós recomendamos que você vá diretamente ao site do Superprof. Existe uma quantidade enorme de professores de matemática disponíveis em diversas cidades do Brasil. A busca é simples: você digita « aulas de matemática » no campo de pesquisa e indica em qual cidade você reside. Logo em seguida você visualiza a lista com os professores disponíveis na sua região ou os mais próximos dela. Você também já consegue visualizar o preço da hora/aula, bem como sua especialidade e experiência.

Alguns são pesquisadores, outros acadêmicos, outros estudantes, outros professores particulares de profissão.

Na plataforma do Superprof você também consegue fazer a primeira seleção dos profissionais que procura em função dos alguns critérios. Veja alguns exemplos:

  • Encontrar um professor próximo de você: o sistema permite que você localize o professor em uma cidade, identificando se ele pode se deslocar até sua casa e se dá aulas via webcam.
  • Encontrar um professor de matemática competente: No Superprof, você tem a possibilidade de visualizar o CV do profissional. Com isso você consegue ter uma ideia da sua experiência, sua formação e seu cargo atual.
  • Encontrar um professor que cobre um valor acessível: sabemos que aulas particulares e de reforço escolar não são baratas. É um grande investimento. No Superprof você consegue visualizar imediatamente os valores e, assim, comparar e buscar o preço mais acessível para você.
  • Falar com vários professores de matemática, física ou química: um bom anúncio não garante o sucesso. É importante, antes de contratar o profissional, ter a possibilidade de conversar e trocar ideias para descobrir mais detalhes sobre sua metodologia e didática, por exemplo. Isso é perfeitamente possível via portal.

E os cursos gratuitos do Youtube?

E se nós lhe disséssemos que é possível assistir a aulas de reforço escolar na internet? Melhor: no Youtube!

Nem todos confiam nessa metodologia de ensino, e isso é bem compreensível. Mas quando não se tem nenhum orçamento para pagar um professor particular, um especialista para um reforço escolar ou um curso preparatório, como fazer?

fazer aulas por videos Para aqueles que estão sem grana, o Youtube é sempre a melhor solução!

Por que não tentar os cursos de matemática online? Se você digitar « aula de matemática » no campo de pesquisa do Youtube, você vai visualizar imediatamente dezenas de opções de cursos ministrados por professores, tudo em vídeos online. Aliás, sobre os mais diversos assuntos e conteúdos, atendendo a demandas de estudantes de todos os níveis, do fundamental ao pré-vestibular.

Você pode desde já começar esse intensivão de matemática online, com um ou mais professores. O método não é nada tradicional, verdade, mas tem suas vantagens. É gratuito e sobretudo bem interativo!

Além do que, se você precisar de uns cinco minutos para tomar um café, ir ao banheiro, tomar um banho, basta apertar o pause! Você tem a liberdade de seguir o conteúdo no seu ritmo, da sua casa.

Além do mais, a maioria desses cursos são extremamente divertidos. Professores caracterizados, recursos visuais, jogos interativos, músicas e referências modernas fazem parte do pacote. Tudo para deixar a aula mais interessante e descontraída. Que tal experimentar? Não custa nada!

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Fernanda
Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz