A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Como alcançar um nível avançado da língua inglesa?

Par Fernanda le 24/03/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Recursos para aprimorar seu inglês
Table des matières

« A vida é igual a andar de bicicleta. Para manter o equilíbrio, é preciso se manter sempre em movimento », Albert Einstein.

Podemos afirmar que aprender a língua de Shakespeare é praticamente indispensável para se viver hoje em dia. Terceira língua mais falada no mundo atualmente, o inglês nos serve em todos os aspectos da vida: profissional, pessoal, cultural…

Muitas vezes, dominar a língua em nível intermediário não é o suficiente: falar fluentemente inglês se tornou requisito mínimo em quase todos os processos seletivos.

Seja você adulto, estudante, jovem ou criança: saiba que nunca é tarde para aperfeiçoar seus conhecimentos de uma língua completamente viva!

Descubra agora como se tornar um especialista nessa língua falada por mais de 1,4 milhão de pessoas!

Aprimorar a expressão oral

Pronúncia ao alcance de um clique

Aprender uma outra língua que não seja seu idioma materno pode parecer tarefa quase impossível, ainda mais se essa cultura não fizer parte do seu dia a dia.

No entanto, graças aos novos recursos tecnológicos, é perfeitamente possível aprimorar sua expressão oral sem nem precisar sair de casa!

Passos para dominar o inglês. Antes de começar a praticar o inglês, é preciso treinar o ouvido e compreender a língua.

Não podemos nos esquecer de que o desenvolvimento da expressão oral é etapa obrigatória para aqueles que querem se tornar bilingues: em uma entrevista de emprego, por exemplo, é comum que o recrutador alterne entre o inglês e o português para testar o nível de conhecimento do candidato.

É fundamental, portanto, ter um bom entendimento da língua inglesa falada, além de uma boa pronúncia.

Para praticar a comunicação e a expressão oral, o aluno pode utilizar alguns recursos como:

  • Assistir a séries e filmes no idioma original ou com a tecla SAP ativada (Second Audio Program);
  • Ouvir podcasts em inglês;
  • Ouvir rádios e jornais;
  • Baixar audiolivros;
  • Fazer transcrições fonéticas;
  • Frequentar videotecas da língua inglesa.

Esses recursos são excelentes para começar a estudar o inglês oral e assim se iniciar na conversação da língua.

Agora se o seu objetivo é treinar pronúncia e diminuir o sotaque, existem outros métodos ainda mais eficientes!

Estudar fora: imersão total no idioma

Fazer uma viagem linguística é a solução ideal para aqueles que pretendem dominar o inglês!

Para você planejar a sua viagem e sua imersão nessa nova cultura, existem algumas opções. Experimente:

  • Fazer um intercâmbio universitário;
  • Viajar para o exterior por meio de uma escola de idiomas especializada;
  • Fazer um estágio no exterior;
  • Morar em uma casa de família fora do país;
  • Trabalhar no exterior graças a um visto específico;
  • Se corresponder com um nativo anglo-saxão;
  • Fazer uma longa viagem durante as férias escolares.

A melhor opção ainda é a acomodação em casa de família: aprender o inglês do dia a dia e ter de fazer um esforço para falar em situações cotidianas ajuda muito na prática e no desenvolvimento da comunicação. Há pessoas que, em poucos meses, adquirem fluência na língua graças à convivência diária.

O melhor de tudo isso é que além da língua, o estudante conhece a cultura e história do povo além dos aspectos turísticos. Uma verdadeira imersão!

Se corresponder com um anglo-saxão nativo

Viajar é sempre algo muito bacana, não é mesmo? Mas nem sempre é para todos. É preciso ter dinheiro (em época de crise…) e tempo (quem pode abandonar tudo por alguns meses?).

Uma alternativa é começar uma correspondência com um nativo anglo-saxão, por meio de sites especializados em troca linguística.

Uma maneira de estudar é se corresponder com um nativo. Que tal se tornar um BEST FRIEND de um estudante americano?

Conheça alguns portais especializados:

  • Studentsoftheworld,
  • Swapasap,
  • Penpal-tradition,
  • Mosalingua,
  • Mylanguageexchange,
  • Speak-lab.

Para aprender o inglês, nada melhor do que trocar uma ideia com um gringo pra valer, não é mesmo? Pois bem, a verdade é que essa troca linguística tem um valor pedagógico efetivo: além de aprender um vocabulário novo e rico, o estudante ainda entra em contato com o registro familiar e popular, descobrindo expressões inglesas que não são ensinadas em aulas tradicionais.

Há tanto o que se aprender com a língua de Shakespeare…!!

Permita-se errar

« Errando corrige-se o erro ». Provérbio latino.

Para progredir nos estudos dessa língua internacional, antes de mais nada, é preciso deixar de ser exigente consigo mesmo, tendo a consciência de seu nível de conhecimento.

Ao longo desse caminho de aprendizagem, é evidente que você vai cometer erros – e muitos!

Só que isso não deve, de maneira alguma, impedi-lo de continuar: sempre mantenha contato com pessoas nativas; seja curioso, pergunte o significado, arrisque, não tenha medo de errar.

Por exemplo: se você optar pela correspondência, peça a seu amigo nativo corrigir seus erros ao final de cada carta ou e-mail. 

Você sabia que os erros mais comuns de brasileiros ao falar o inglês estão relacionados à fonética e à pronúncia? Quem não se lembra daquela anedota do brasileiro que viralizou depois de trocar a palavra kitchen (cozinha) por chicken (frango)?

É preciso errar para aprender. O único que não erra é aquele que não tenta.

Pode parecer um pouco frustrante no início, mas é preciso ter pulso firme: a conversação é um bom método para aprender inglês naturalmente e memorizar pronúncia e fonética corretas.

Aprimorar a escrita do inglês

Estudar o básico com aulas online de inglês

Em qualquer aprendizagem de línguas é preciso começar pelo básico. Isso significa gramática, conjugação e vocabulário de nível básico.

Hoje ainda temos a vantagem de dispor de uma fonte enorme de recursos didáticos na Internet: testes de nível, cursos de inglês online, videoaulas, exercícios lúdicos para crianças, aplicativos… Tem para todos os gostos!

Estudos indicam que, para se tornar um verdadeiro poliglota, é aconselhável começar o aprendizado de uma língua estrangeira antes de completar 10 anos de idade. Portanto, realizar esses exercícios na web pode ser uma boa alternativa para os estudantes mais jovens.

Conheça alguns sites e recursos especializados para se aprender inglês básico:

  • Sites para aprender inglês e exercícios online : Talk English, Abaenglish, Britishcouncil, Live Mocha, BBC, Inglesonline…
  • Aplicativos para smartphone: Babbel, Duolingo, Wilingua
  • Livros didáticos
  • Os « workbooks ».

Graças a esses recursos, o aluno pode identificar rapidamente qual o seu nível e assim ganhar bases sólidas para continuar seus estudos. Uma maneira de validar seu conhecimento antes de passar para os estágios mais difíceis!

Fazer aulas particulares de inglês

Os estudantes mais experientes já sabem: para aprimorar seus conhecimentos de inglês, nada melhor do que começar a fazer aulas com um professor particular.

A verdade é que a vantagem das aulas particulares é o acompanhamento personalizado com cada estudante. Ao longo das aulas particulares de inglês, o professor fica responsável por estimular e impulsionar o aluno ao máximo.

Aprenda a língua inglesa com aulas particulares. Que tal melhorar sua pronúncia com a ajuda de um professor de inglês nativo?

Os professores particulares também propõem aulas adaptadas em função das necessidades dos alunos:

  • Aulas de verbos irregulares
  • Aulas de conjugação (present perfect, preterit, pluperfect …)
  • Aulas de vocabulário
  • Aulas de pronúncia inglesa
  • Aulas de fonética
  • Aulas de gramática
  • Aulas de preparação ao TOEIC e TOEFL
  • Aulas preparatórias em geral (Enem, Vestibular, Concursos, Intercâmbio, Ensino Superior)

Você sabia que  também é possível aprender inglês a distância? Pois bem! Pelo portal do Superprof, muitos profissionais oferecem a modalidade de aulas via webcam. Dessa maneira, a localização geográfica não é mais condicionante! O site possui um filtro de busca que permite que você visualize os professores que ofertam essa modalidade. Por que não começar a fazer aulas com um professor na Inglaterra?

Descobrir os vários « ingleses »

Cansou de aprender aquele vocabulário burguês ensinado nas escolas particulares?

Que tal aprender o inglês corriqueiro? Ou então as gírias mais recentes dos States? Hoje em dia, existem muitos dicionários e livros didáticos voltados à língua popular e familiar, em todos os idiomas – e sobretudo em inglês.

Aqui, seu objetivo pode ser tanto pessoal como profissional – você pode se especializar em uma forma específica do inglês para dar aquele grau no seu currículo ou então até para lançar um novo negócio, como um canal no Youtube, por exemplo.

Muitas escolas propõem cursos de inglês para negócios, que dão oportunidade para o estudante que quer se lançar no mercado internacional. Dominar o « business talk » pode ser um diferencial e tanto na hora de um processo seletivo ou uma reunião de negócios.

O mercado internacional exige que você fale a língua inglesa corretamente. Você pode aprender inglês para negócios em universidades, escolas e até no Youtube!

Agora se o aluno só quiser fazer uma viagem linguística, ou seja, uma imersão cultural, o ideal é dominar na ponta da língua a « slang language »! Essa gíria britânica não é ensinada nas escolas mas é fundamental para se integrar socialmente na Inglaterra.

Muitos romances contemporâneos também estão recheados de gírias e expressões locais: dominar todas as nuances da língua inglesa permite que o estudante tenha uma visão geral do idioma, mas também da escrita em particular.

Aprender graças aos cursos reconhecidos de inglês

Eles existem para todos os gostos, idades e bolsos!

Os cursos de inglês mais reconhecidos permitem que o estudante valorize seu currículo nacionalmente e internacionalmente. Eles também ajudam na preparação de exames de certificação, como TOEIC, TOEFL, Cambridge, IELTS, etc. Muitas são as opções de cursos renomados de inglês:

  • Escolas de idiomas particulares
  • Aulas MOOC online
  • Aulas online da BBC Learning English
  • Certificação Cambridge English
  • British Council

Para se preparar para os exames, é preciso muita dedicação e trabalho: reserve no mínimo 4 horas de estudos por semana para se preparar adequadamente para os testes.

Não entre em pânico nem se desespere: há aulas para todos os níveis e você está aqui para isso: aprender!

 

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Fernanda
Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz