A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Como aprender a tocar com a tablatura?

Par Carolina le 03/10/2016 Blog > Música > Violão > O que é uma tablatura de violão?
Table des matières

Se você quiser aprender tocar violão ou guitarra mas não conhece o solfejo ou não sabe ler as partituras, não se preocupe! Existe, felizmente, uma alternativa interessante: as tablaturas.

Independente de sua nacionalidade, seu nível de violão ou guitarra, as tablaturas podem ser lidas e decifradas por todo mundo!

Mesmo assim, tem de se que conhecer as bases de leitura!

Como ler as tablaturas para violão e guitarra? Existem símbolos universais para que todo mundo entenda? Há tutoriais de violão e/ou guitarra que ensinam a ler tablaturas?

Superprof fez um resumo para você sobre esse outro método de tocar violão e guitarra!

Descrição de uma tablatura de violão e guitarra

Você não é mais obrigado a decifrar as notas musicais. Os violonistas e guitarristas podem ler música com as tablaturas.

É um sistema sem muitos inconvenientes. A principal vantagem é que ele é simples e rápido de aprender. Além disso, fácil de compartilhar em todos os estilos de músicas com todos os músicos.

Se você já conhece todos os tutoriais para começar violão ou guitarra, você deve saber que conhecer a tablatura é uma condição sine qua non para todo violonista ou guitarrista dígno de seu nome: é a língua por excelência de todos os músicos.

Análise de uma tablatura

A tablatura é uma leitura musical simplificada e focada em um determinado instrumento. Existe tablaturas específicas para violão, guitarra, piano, baixo ou ainda bateria.

Em qual corda temos que tocar?

Em uma tablatura, cada corda é representada por uma linha.

Veja as tablaturas dos principais acordes Os principais acordes para se conhecer em tablaturas

A corda mais baixa na tablatura é a corda mais grave do violão ou guitarra (corda do Mi grave).

A corda mais alta corresponde a corda mais aguda (o Mi agudo).

Leitura de uma tablatura

A leitura de uma tablatura se faz da esquerda para a direita. Cada número corresponde a casa onde você deve pressionar as determinadas cordas. As casas são definidas pelos trastes.

As tablaturas de violão e guitarra dão somente as informações para a posição dos dedos no braço do instrumento.

As cordas sem nenhuma indicação são aquelas que não devem ser tocadas.

Porém, quando você ver o número 1, por exemplo, ele corresponde a primeira casa do braço partindo da pestana. Isso quer dizer que você deve pressionar as cordas na tal casa.

Quando os números se alinham em compassos, você tem que tocá-los juntos porque eles representam um acorde de violão ou guitarra.

Ler uma tablatura não é tarefa difícil. Isso se faz da esquerda para a direita como tantas outras leituras musicais. Quando você chegar ao final de uma linha, basta passar para a próxima e continuar a tocar as notas no mesmo sentido.

As particularidades da tablatura

Uma tablatura possui algumas singularidades que você deve prestar atenção:

  • A maioria das tablaturas não indica em qual ritmo você deve tocar. Ela é segmentada em linhas, mas é muito raro ter o ritmo da música para o violão ou guitarra.
    A dica é escutar várias vezes a música que você quer tocar para se impregnar do ritmo. Além disso, é importante notar como ela é estruturada, contar o tempo entre cada compasso (90% das músicas de rock, pop ou folk são no compasso a 4 ou 4/4).

Não deixe nenhum detalhe para trás nas tablaturas Observe todas as métricas de acordes para optimizar o seu tempo!

  • As tablaturas mais elaboradas tem o ritmo: a gente acha essas anotações perto de cada nota com um índice que mostra a duração de cada nota.
  • Os símbolos rítmicos para tablaturas são representados assim: « w » para uma nota completa, « h » para uma meia-nota, « e » para um 1/8 de nota e « s » para 1/16 de nota.
  • Se tiver um ponto depois de uma letra como « w. », isso quer dizer que você tem que prolongar a duração considerando a metade de seu tempo.

Os símbolos especiais para tablatura

Você vai notar em tablaturas que existem vários pequenos símbolos que podem ser indicações para saber tocar as notas ou para ligá-las.

Então, é importante encontrá-los, sabê-los de cor e reproduzir um som mais próximo possível do original. Pelo menos, o som que você reproduz para a sua música ou para os arpejos de violão ou guitarra.

Veja aqui os símbolos mais comuns.

Le hammer-on

Para fazer um hammer-on, você deve bater uma corda verticalmente entre dois trastes e deixar rolar a vibração.

A nota tocada por uma simples « martelada » é uma nota mais aguda que uma outra nota que você tocou.

Representada normalmente pela letra « h »,  ela é inserida entre a primeira casa que você vai tocar e na casa em que você deve fazer o hammer-on (por exemplo, 4 h 8 para mostrar que você tem que bater na 4ª casa e depois na 9ª casa).

As vezes você encontra o símbolo « ^ » no lugar do « h » como em 4^9.

O pull-off

A técnica do pull-off é contrária à técnica do hammer-on.

Ela consiste em tirar rapidamente o dedo que encosta um traste para ter uma nota mais baixa.

Hammer-on e pull-off são técnicas fundamentais para tocar violão e/ou guitarra Multiplique os efeitos no violão com os pull-off e os hammer-on!

O símbolo « p » (ou « po ») representa normalmente o pull-off. Ele é integrado na 1ª casa que você vai tocar e na casa que você vai fazer o pull-off.

Ou seja, 8 p 6 ou ainda 8po6 de acordo com a escrita.

O Bend

A técnica do Bend é aquela em que você torce a corda depois de tocar uma nota para mudar de nota ficando na mesma casa.

Geralmente, o símbolo é uma flecha curvada com uma indicação como « ½ » ou  » ¼ » ou ainda « full » para indicar quanto você tem que variar de tonalidade de nota.

Se a flecha volta para ela mesma ou se tiver um « R » para Bend Release, isso quer dizer que você tem que voltar na sua nota de início depois de fazer o Bend.

Podemos encontrar uma outra indicação através da letra « b » na 1ª casa que você vai tocar e na próxima em que o som deve ser obtido através do Bend (exemplo: 10 b 12).

A letra « r » para Release pode ser acrescentada nessa configuração para indicar que a corda deve ser « afrouxada » como em 8 b 10 r 8.

O Slide

Para o slide, você deve deslizar de uma casa para outra para ter, ou um som mais agudo (a gente diz slide-up), ou para ter um mais grave (slide-down) mantendo a corda pressionada.

Um slide para cima é ilustrado pelo « / » e um slide para baixo é representado pelo « \ » como em 6/8\6.

O slide também pode ser um « legato », quer dizer que ele é um slide tradicional em que você não toca a primeira nota com o « tubinho » de metal que se chama slide.

A nota parece natural, sem nenhum efeito.

Técnicas e sinais em tablaturas para violão e guitarra Toque tranquilo com a técnica do slide!

Alguns violonistas e guitarristas acham que a gente não deve tocar com o « tubinho » sobre determinadas notas. O mais importante é não deixar um vácuo entre as duas.

A outra particularidade do slide é o slide em shift, quer dizer que você vai tocar duas notas em uma mesma corda para evitar a vibração das duas cordas.

Isso vai ajudar você a gastar menos as cordas de seu violão…

Ele é representado pela letra « S » nas tablaturas.

Símbolos menos utilizados

Outros símbolos menos utilizados, mas tão importantes quanto, aparecem em algumas tablaturas. É sempre bom reconhecê-los antes para desenvolver sua técnica no violão ou guitarra. Isso vai te ajudar a ganhar tempo e ter um som mais preciso.

  • O sinal « ~ » significa que você deve tocar com um vibrato: essa técnica consiste em fazer variar o tom de uma nota (muito utilizada com guitarras que são equipadas com um vibrato manual ou que podem ser ligadas com um pedal especial).
  • O « S » e o « T » sot para o Slap ou o Thumb consistem em bater na corda com a ajuda do polegar. Muito utilizado para baixos, guitarras ou guitarras eletroacústicas.
  • « PM » significa Palm Mute: essa técnica suaviza o som apoiando ligeiramente a palma de sua mão (a que toca as cordas) ou com o pulso sobre as cordas perto do cavalete do violão. O « PM » quer dizer uma série de notas que são sinalizadas com pequenos pontos em cima das notas.
  • O « X » para « mute » significa que a nota é paralizada pela mão esquerda com o intuito de abafar o som.
  • O símbolo « n » significa que você deve utilizar a técnica do tremolo e o « n » situado entre duas barras invertidas indica o total de notas a ser tocadas como em \6/. Isso quer dizer diminuir a amplitude de sua nota de 6 meia-voltas.
    O « \n »  indica tocar a nota e fazer um tremolo para baixo para reduzir a amplitude. Já o « /n » indica um tremolo para o alto para aumentar a amplitude.
  •  Enfim, a letra « t » minúscula indica que você deve efetuar um « Tapping » com sua mão direita. É uma técnica bem eficaz para você mudar as amplitudes das notas. A gente encontra assim em tablatura: 2 h 6 t 1 2 p 6 p 2. Isso permite sonorizar os acordes.

Para aprender a ler as tablaturas, o mais importante é sempre estar motivado(a) para aprender a tocar violão ou guitarra.

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (moyenne de 5,00 sur 5 pour 1 votes)
Loading...
Carolina
Quero aprender italiano e espanhol, mas preciso mesmo é do inglês... Leio as plaquinhas nos museus, gosto de música e de cinema dos anos 70. De agora, só o Pablo do arrocha que serve.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz