Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Aprenda a tocar seu instrumento de ouvido em seis passos

De Fernanda, publicado em 06/10/2016 Blog > Música > Violão > Como tocar violão de ouvido

Imagine-se, num belo dia, sentado tranquilamente em seu sofá. Você está passando o final de semana com amigos e, de repente, toca um velho clássico dos anos 70 no Youtube. Dessas músicas que todo mundo adora escutar e cantar. Mas mesmo com um violão na mão, não saberiam nem por qual nota começar…

É difícil?

Imagina! Não para você, que sabe tocar violão de ouvido! E que tal afinar seu violão e depois transcrever a música em pouquíssimos segundos? Que desafio!

Seus amigos ficariam de boca aberta e iriam até criar uma Fanpage em sua homenagem.

Dá vontade, não?

Tocar violão ou guitarra sem ler os acordes da música é apenas o primeiro passo para uma carreira de guitarrista. E o que você diria do ouvido relativo? A verdade é que, se treinar bastante, seu sonho pode se tornar realidade: sim, é possível tocar violão apenas escutando as canções.

Identificar os sons, os acordes, mas também as batidas e o ritmo…

Que tal aprender a tocar violão ou guitarra de ouvido?

Aqui damos o passo a passo e algumas dicas que vão ajudá-lo a atingir seu objetivo!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

1. Para tocar guitarra de ouvido, simplifique o começo

guitarra-de-ouvido Eric Clapton é chamado de “Deus do Slowhand” ou simplesmente “Deus” por seus fãs. Calma, ainda falta um pouco para chegar lá!

Você quer tocar violão ou guitarra e, acima de tudo, desenvolver seu talento de guitarrista tocando apenas com a ajuda de seu ouvido? Veja os três principais erros a serem evitados:

Erro 1: Esquecer de afinar o violão. Afe…

Erro 2: E se eu começar com minha música preferida, “Starway to heaven”, do Led Zeppelin? Consequência: uma catástrofe sem precedentes!

Erro 3: E se eu me dedicar à obra completa do Eric Clapton? Já que ele é um dos melhores guitarristas do mundo… Consequência: você vai ser um expert em pandeiro depois de algumas semanas.

Você entendeu a ideia: cuidado para não dar um passo maior do que a própria perna. Aprender a tocar violão de ouvido é uma nova etapa na sua carreira de guitarrista. E que não é tão simples assim.

O ouvido, ou o aparelho auditivo, é o órgão que tem a função de captar os sons. Mas não podemos forçá-lo no começo. Para progredir, aceite desafios acessíveis, ou seja, canções mais fáceis de se escutar. Aliás, isso significa que você não é um desses raros músicos que possuem o ouvido absoluto. Um dom – atribuído pela Mãe Natureza! – que permite identificar uma nota a partir de qualquer som. Ou seja, uma memória auditiva perfeita. Por isso, o ouvido absoluto não é o mesmo que o ouvido relativo. Este último é a habilidade de reconhecer uma nota com uma nota de referência de base. O primeiro não precisa de referência, o segundo, sim. Apesar disso, ambos são vistos como talentos incríveis.

É sobre a segunda habilidade que trataremos aqui: o ouvido relativo. É com ele que você pode tocar músicas no violão apenas de ouvido. Mas antes de chegar lá, é preciso começar por canções compostas de acordes e ritmos simples:

  • Knocking on heaven’s door, Bob Dylan;
  • Love me do, Beatles;
  • Redemption song, Bob Marley;
  • Creep, Radiohead;
  • Proud Mary, Creedence Clearwater Revival;
  • Imagine, John Lennon;
  • Wonderwall, Oasis;
  • Talkin”bout revolution, Tracy Chapman;
  • Uma boa parte do repertório do Roberto Carlos, do Bob Dylan ou do Michael Jackson.

Como você pode ver, existem muitos clássicos fáceis de se tirar de ouvido. Você vai ficar feliz ao perceber seu progresso no violão ou na guitarra. Que tal iniciar com melodias mais simples ou músicas infantis?

2. Não ter medo de errar ao tocar violão de ouvido

Ninguém ganha um ouvido relativo de uma hora para outra, nem depois de dois dias de treino e três músicas ensaiadas.

tocar guitarra de ouvido Os melhores aliados do guitarrista na hora de transcrever uma música: o ouvido musical, as mãos e a noção de ritmo.

É fato: para decifrar facilmente as canções de ouvido, é preciso paciência e trabalho. Por isso, em um primeiro momento, aprenda a abraçar os próprios erros, para depois superá-los mais tarde.

Pode parecer óbvio, mas você não vai se transformar em um especialista de ouvido relativo. Ainda mais se ainda não tiver frequentado aulas de solfejo. Para tocar violão ou guitarra, é preciso ter noções mínimas da linguagem musical.

Depois de aprender a tocar violão ou guitarra e, pela primeira vez, tirar uma música de ouvido, você vai enfrentar dificuldades. O medo pode gerar erros. E às vezes até mesmo descobrir que você não é tão talentoso como tinha imaginado. Mas, com o tempo, vai vencer essa etapa e, com o distanciamento, mudará seu modo de ver as coisas.

Aprender a tocar violão de ouvido é um longo processo. Aos poucos, cada nota errada leva à nota certa. Quanto mais você pratica esse exercício, mais seu ouvido fica afinado. Com o tempo você fica mais ágil para encontrar as notas corretas. Afinal, é um processo natural do desenvolvimento do ouvido musical.

O ouvido absoluto é a habilidade de reconhecer, ao escutar qualquer som, uma ou mais notas correspondentes sem nenhuma referência auditiva anterior.

O ouvido relativo, por sua vez, consiste em reconhecer as notas com base em uma altura de referência. O ouvido relativo implica uma memória a longo prazo de intervalos musicais, ao contrário do ouvido absoluto, que implica uma memória de alturas.

Aprender a música, a melodia e identificar as notas não vai ser mais um mistério para seu cérebro e seu ouvido. Que tal aderir ao diapasão?

3. Como transcrever os sons do violão depois de ouvi-los

Transcrever o que você identificou de ouvido é o próximo passo para aprender violão ou guitarra. É uma etapa mais avançada depois de começar sua aula de violão ou guitarra.

Para conseguir realizar, claro, é preciso ter tido aulas sólidas de solfejo. Na verdade, aprender o solfejo permite identificar uma nota dentro de uma escala, além do seu tempo (fusa, colcheia, semicolcheia, mínima…), se é sustenido ou bemol. Desconhecer o solfejo pode tornar a transcrição uma tarefa quase impossível.

transcrever música de ouvido Caros guitarristas iniciantes: é fundamental conhecer a escrita musical para tocar de ouvido e transcrever (em tablaturas ou partituras) o que você decifrou!

Mas você tem uma solução: a tablatura. Do que se trata, afinal? Podemos definir a tablatura como uma forma simbólica de anotar música, voltada para um instrumento específico. Assim, se aprender o solfejo não estava dentro dos seus planos, ainda existe essa opção.

Finalmente, é importante saber que a transcrição musical (em tablaturas ou partituras) pode ser o início da composição. Inevitavelmente, ao escutar os primeiros sons, você faz erros de transcrição. Mas você vai exercer a escrita musical, e alguns erros podem até lhe dar ideias…

Aprender a tocar violão de ouvido pode levá-lo muito além da reprodução simples de músicas conhecidas.

4. Insista, não desista e desafie seu ouvido

Os ingleses falam de play-by-ear quando o assunto é tocar de ouvido. E aprender a tocar violão ou guitarra de ouvido pode ser um longo processo, como já dissemos mais acima.

Mas o medo e a dúvida podem aparecer. Nessa hora, é preciso se lembrar da razão pela qual você se engajou nisso tudo.

Seria para… aparecer? Porque a verdade seja dita: muitos guitarristas aprendem a tocar o instrumento para seduzir. Não podemos negar o poder da sedução, por exemplo, da sonoridade dos dedilhados de um violão de sete cordas. Ou então do poder magnético de uma guitarra.

Você que decidiu encarar o desafio de seduzir por meio do violão, imagine tocar uma música conhecida na balada apenas de ouvido? Vai arrasar corações! Por isso, não desanime de seu objetivo principal.

Mais um motivo: tornar-se um melhor guitarrista. Reproduzir de maneira idêntica notas e acordes que lhe são apresentados é a base do violão e da guitarra. Isso faz de você um músico. Até um guitarrista. Mas você sempre será, no fundo, aquele que executa. Onde está, afinal, a parte criativa disso tudo? Você pode realizar seu sonho de escrever música começando pela prática do ouvido. Aprender violão e reconhecer os acordes de uma música já é um belo começo, não?

Como já citamos mais acima, aprender a tocar violão de ouvido também é decifrar uma música e transcrevê-la. Pratique seu ouvido todos os dias e não desanime! Tocar de ouvido é uma evolução em sua carreira como guitarrista.

5. Aprender a tocar violão de ouvido sem perder a noção de ritmo

ritmo ao tocar violão Um pouco hipnotizante mas terrivelmente eficaz: sempre use um metrônomo quando tocar guitarra

Os sons, as notas e os acordes são uma coisa. Mas o que é o ritmo?  É uma transição? Uma ponte? Devo tocar o violão com arpejo (notas sucessivas) ou acorde inteiro?

Sim, infelizmente este é um dos primeiros erros do guitarrista que está aprendendo a tocar de ouvido: perder a noção do ritmo. Você, que já fez muitas aulas, certamente sabe que aprender a tocar violão ou guitarra é também respeitar fielmente o ritmo.

Resumindo de forma simples: a música não é apenas um conjunto de notas e melodias, mas também de ritmo.

Conseguir finalmente decifrar as notas de uma música de ouvido é, com certeza, a primeira vitória. Passá-las para o papel, a segunda. Mas é indispensável dedicar-se ao tempo da canção. Qual é o estilo musical? Qual técnica é utilizada no instrumento (arpejo, palhetada alternada, acordes flutuantes, tapping, sweeping)? Onde estão as transições rítmicas?

Portanto, a transcrição rítmica é tão importante quanto a melódica para tocar canções tiradas de ouvido depois de tanto esforço!

6. Iniciação na guitarra: o blues é a origem de tudo

Se a única música de blues que você saberia citar antes de aprender a tocar violão ou guitarra era Bancarrota blues, de Chico Buarque… É como se você estivesse jogando na quarta divisão com esperanças de passar à primeira liga (metáforas futebolísticas à parte). Resumindo: você não está desatualizado, apenas fora de órbita… Mas nada está perdido, não se desespere!

blues tocar de ouvido guitarra Se quizer sentir o blues nas entranhas, como dizem: escute BB King, Chuck Berry, Eric Clapton, Muddy Waters, Keith Richards…

Primeiramente, saiba que o blues é a base de tudo. Do rock, do rythm & blues (do R&B e do hip-hop também), do folk e do jazz. Em suma, é a base de toda música moderna. Sabe-se igualmente que os bluesmen são os melhores músicos do mundo. Sejam eles guitarristas, cantores, pianistas, baixistas.

O blues é um gênero musical criado pelos escravos afro-americanos entre os séculos XIX e XX, nos campos de algodão no sul dos Estados Unidos. Um gênero musical que literalmente mexe com as entranhas; a música era a maneira dos escravos expressarem suas dores e seu desespero. Do ponto de vista musical, o blues é O gênero fundamental a estudar para se tornar um bom guitarrista.

Aprender a tocar violão ou guitarra sem passar pelo blues é pular de A a C sem passar por B. E nós recomendamos o blues para treinar seu ouvido porque ele frequentemente propõe uma base simples. Acordes básicos nos quais os músicos improvisam. Sim, há luz no fim do túnel!

Improvisando na guitarra, a partir de uma nota ou um acorde, você aprende, aos poucos, a arriscar outras notas e acordes. Quando menos esperar, terá o domínio de todos! Uma festa de notas e acordes em sintonia!

E para conhecer ainda mais sobre esse instrumento de cordas tão mágico, mergulhe fundo na história do violão, seus diferentes estilos, as personalidades mais influentes…

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz