Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar
1

Cresça no seu trabalho graças a língua portuguesa!

De Carolina, publicado em 05/07/2017 Blog > Reforço escolar > Português > O português como um atributo profissional

A língua portuguesa é nossa língua materna, mas não por isso sabemos usá-la corretamente!

Sabendo que somente 8% da população do Brasil sabe ler, escrever, interpretar textos, gráficos e números, não é difícil encontrar entre nós pessoas que não dominam a língua e suas várias vertentes.

Essa é uma realidade triste do país que foi revelada por uma pesquisa feita em 2016 pelo Instituto Paulo Montenegro e da ONG Ação Educativa. Por isso, nunca é tarde para melhorar sua própria língua, ou seja, o português.

É verdade que quando pensamos em idioma e mercado de trabalho, as línguas mais pensadas são o inglês, o espanhol. Mas muitas pessoas não se tocam que precisam também melhorar o português.

Quantos emails, mensagens de whatsapp profissionais já chegaram até você com erros grotescos? Já perdeu a conta? Isso é mais comum que muitas pessoas imaginam.

Esses e outros erros podem ser fatais em uma entrevista ou em um currículo. Já para muitas empresas, seus profissionais são sua vitrine. Se eles cometem muitos erros de ortografia, conjugação, concordância, eles podem prejudicar a imagem da empresa.

A má qualidade do ensino no Brasil dificulta o aprendizado do idioma Muitos brasileiros não sabem sua própria língua materna!

Então, uma autoavaliação nunca é demais. Meu português é bom? Eu cometo muitos erros? Lembre-se que se expressar corretamente na língua tanto no oral quanto no escrito pode resultar em seu sucesso profissional!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Servir-se do português para conseguir um emprego

Por que o domínio do português pode me ajudar a conseguir um trabalho?

A resposta é muito simples: um português ruim pode fechar muitas portas. Lembre-se que a língua também é um instrumento de trabalho como o computador, telefone, impressora.

Comparado a todas as ferramentas, o idioma é o mais importante porque é através dele que você se comunica com outras pessoas, clientes…

Qual é a profissão hoje que não exige uma troca de emails, mensagens de texto, falar ao telefone? Para tudo isso, é importante ter um bom nível na língua e falar corretamente o idioma. Assim, você terá mais chances de ter um emprego confortável e que goste!

Antes de qualquer coisa, é bom pensar na primeira impressão que você dá para as pessoas que fazem o processo seletivo: o currículo!

Imagine se seu currículo estiver cheio de erros de português? É o seu profissionalismo e sua credibilidade que estão em jogo! As pessoas vão prestar atenção nesses quesitos na hora da seleção.

Valorizar suas competências no currículo graças ao português

É importante elaborar bem o currículo quando procuramos um emprego. Ele deve ser original para se destacar dos outros candidatos, mas é no conteúdo que os analistas de RH vão prestar mais atenção.

Suas competências profissionais poderão ser valorizadas graças a seus conhecimentos em português:

  • Escreva uma frase de impacto no começo do seu currículo para se apresentar profissionalmente, sem ser piegas.
  • Obedeça todas as regras gramaticais: pontuação, sintaxe, conjugação, concordância…
  •  Principalmente não cometa nenhum erro ortográfico – esse é o mais grave de todos!

É aí que seu domínio da língua portuguesa deve ser usado!

Não se esqueça das trocas de e-mail! Hoje, a maioria dos currículos são enviados via internet.

Então, aproveite e faça uma pequena apresentação do seu percurso profissional, de suas competências… Mas não custa repetir: não cometa nenhum erro para não comprometer sua candidatura.

Algumas pessoas não pensam nisso, mas evite ser repetitivo e repetir as mesmas palavras. Assim, seu pequeno texto será mais fluido e agradável de ler.

Faça aulas particulares de português para acabar com suas defasagens no idioma Os passeios também passam pelo trabalho! Então, aprenda direito a língua portuguesa para brilhar na vida profissional

Além do português em dia, muitas empresas exigem o domínio de uma, duas línguas estrangeiras. Porém, como dizemos acima, o básico é pelo menos saber bem a sua língua materna, o que nem sempre acontece!

Um bom nível de português para entrar nas grandes universidades

O idioma de Machado de Assis também é alvo das provas de vestibulares! Todas as universidades têm exames da língua e a redação a serem feitos pelos candidatos.

Caso você quiser se candidatar para uma universidade federal para cursos como engenharia, medicina, direito, comunicação, administração, você tem que ter bons conhecimentos na língua.

Não se esqueça que essas universidades são bem concorridas e muitos candidatos querem entrar nelas. Isso porque elas, normalmente, têm uma boa qualidade de ensino e são gratuitas.

Para ser bom na língua portuguesa, você tem que dominar estes quatro critérios:

  1. Ter uma excelente noção das regras da língua portuguesa: gramática, sintaxe, léxica…
  2. Redação clara e estruturada,
  3. Conhecimento da literatura e a história da língua portuguesa,
  4. Sem erros ortográficos! (Não custa repetir!)

As provas de português vão variar de acordo com a universidade ou sua área (exata, humanas, biológica). Mas, em todo caso, você terá que passar pela prova de língua e a redação. Por isso, o português conta duas vezes para o vestibular!

Interpretação de texto, redação, regras gramaticais. Em todas essas questões, você terá que usar:

  • Seu espírito crítico e reflexivo,
  • Sua capacidade de análise e síntese das informações,
  •  Sua capacidade de argumentar e expressar suas ideias.

Com isso, você já consegue fazer a grande maioria dos exercícios.

Outro ponto muito importante, para não dizer essencial, é a redação. Para que você faça um excelente texto, nós também vamos te passar algumas dicas:

  • Leia muito jornais – muitas provas pedem para escrever sobre um tema atual. Seus conhecimentos gerais, inclusive das notícias, vão te dar a base para seus argumentos.
  • Não repita muito as mesmas palavras. Se repetir, não faça isso perto uma da outra. A repetição de palavras pode mostrar que você não tem muitos conhecimentos de vocabulário e que você não sabe escrever direito.
  • Faça frases curtas – as grandes frases devem ser evitadas para não misturar muita informação.

Domine o português para tornar-se jornalista

Quem melhor que os jornalistas para dizer que a nossa língua é uma verdadeira arma profissional?

Não deixe de aprender as regras para escrever bem o idioma As regras dos 5WeH são muito úteis para a mídia impressa

Na imprensa, rádio, web, televisão, o jornalista manipula cotidianamente a língua portuguesa. O objetivo é transmitir as informações para seus leitores, telespectadores, ouvintes da melhor maneira possível.

Como a Academia Brasileira de Letras que zela pelos nossos melhores escritores e o uso de nossa língua, os jornalistas também são protetores do português. Eles sempre estão em contato com o idioma e devem se servir dele para se comunicar com todo mundo.

Ele deve informar jogando sempre com as diferentes formas de escrever um texto, respeitando os códigos jornalísticos e as normas da língua.

O jornalista também tem que criar notícias agradáveis de ler, escutar. Então, seu gosto e uso de textos de caráter literário devem ser explorados.

Todos nós estamos sujeitos a cometer um erro de ortografia ou escrever algumas balelas. Mas o jornalista não pode. Caso cometa um erro, seu profissionalismo e sua credibilidade estão sempre em jogo (e da mídia em questão, diga-se de passagem…).

Mesmo se a profissão é acessível a quase todos devido ao desenvolvimento das novas tecnologias, dominar o português é indispensável para ter sucesso nessa carreira.

O conhecimento perfeito também deve estar alinhado com algumas técnicas. O uso delas vai depender também do meio: impresso, online, televisão, rádio:

Vamos citar alguns, por exemplo:

  • Título, bigode, lead, sub-lead, corpo do texto,  olho, imagens…
  • Hierarquização da informação (lead – principalmente para a imprensa): os 5WeH (Who, What, Where, When, Why, How).
  • Regra da pirâmide invertida (principalmente para a imprensa): falar a informação principal primeiro de depois a menos importante. Essa lei não vale para o online, por exemplo.

Copywriting e redação web: português se transforma em marketing

Nós acabamos de provar que: ter um bom português ajuda a encontrar um emprego mais facilmente, entrar em uma boa universidade e tornar-se jornalista.

Em quais outras áreas profissionais nossa língua pode se tornar uma ferramenta importantíssima?

No marketing e na publicidade, claro!

Na verdade, a língua portuguesa é essencial para o marketing…

O copywriting pode persuadir o cliente!

A profissão de copywriter consiste em incitar o cliente a consumir com somente algumas palavras. A gente também pode chamá-los de redatores publicitários.

Criatividade, vocabulário rico, ortografia perfeita, boas noções de fonética, o copywriter deve seduzir e convencer na linguagem de Camões com técnicas de redação que funcionam muito bem:

  • O método AIDA (Atenção-Interesse-Desejo-Ação)
  • O método Quem-O quê-Onde-Quando-Como-Por que?
  • O método narrativo
  • O método Henry Hoke (Mostrar-Prometer-Impulsionar)
  • O método de Christian Godefroy.

Nós somos todos copywriters na alma! No nosso cotidiano, a gente tenta convencer as pessoas de comprarem, fazerem coisas que a gente quer, etc…

Mas como já dizemos, para ser um copywriter de verdade é preciso muita técnica, criatividade, amor e conhecimento da língua.

Quer encontrar um emprego facilmente? Fale e escreva bem o idioma É muito importante saber nossa língua materna para entrar na universidade

A redação web para fazer mostrar seu produto

No meio do caminho entre a publicidade e o jornalismo, a redação web é uma disciplina que não para de evoluir no Brasil e no mundo.

Espírito criativo, curiosidade e conhecimentos gerais, o redator web deve saber muito bem a língua portuguesa.

Aliando todas as qualidades de um redator e um “posicionador”, seu objetivo é escrever para a internet e melhorar a performance dos sites nos motores de pesquisa como o Google.

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *