Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

A grande história da língua de Cervantes

De Carolina, publicado em 30/06/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > Saiba tudo sobre o espanhol

A língua espanhola, todo mundo conhece mais ou menos mesmo sem ter feito aula de espanhol. A gente é capaz de balbuciar algumas palavras ou frases.

Porém, a gente conhece relativamente sua história? Ela, que é tão próxima da gente, conheceu várias peripécias antes de chegar a dominação linguística que percebemos hoje.

Ela tem vários sotaques e se parece muito com várias línguas a começar com o português. Se não, todas as línguas de origem latina têm muitas semelhanças como o francês, o italiano, o catalão…

Descubra, etapa por etapa, a grande história da língua espanhola!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

A grande história do catalão e da língua espanhola

A língua espanhola é a terceira mais falada no mundo no século XXI (depois do mandarim e do inglês). Entre todas as línguas estrangeiras, ela é ensinada nos quatro cantos do mundo em aulas de espanhol por vários estudantes: vocabulário (palavras, léxica, expressões, frases…), expressões orais ou comunicação oral, pronúncia, conversação, gramática…

Visite as cidades e incorpore a cultura hispânica A melhor forma de saber tudo sobre a língua espanhola é vivendo in loco

O aprendizado do espanhol é proposto em quase todos os países. Mais de 20 têm o idioma como língua materna! Além do castelhano, a história da Espanha é muito rica e também vale a pena ser contada.

Mas antes de tudo isso, foi preciso fazer várias peripécias para concluir o nascimento dessa linguagem. Entre o século III e I a.C., os romanos conquistaram a Península Ibérica, não deixando a língua basca persistir. Depois disso, somente uma língua era permitida e falada: o latim (latim escrito e latim popular).

No século V, a invasão dos visigodos trouxe alguns toques germânicos ao latim vulgar. Depois, com a invasão dos mouros, milhares de palavras do árabe se incrustaram na língua latina. Aliás, é a partir de 800 que o castelhano fez sua aparição depois de várias vitorias territoriais feitas pelos bascos. Os séculos se passaram, a monarquia espanhola se formou e, então, o castelhano se expandiu mais ainda. Mas foi na Reconquista (reconquista cristã nas terras do sul da Espanha das populações muçulmanas) com todo o poder do reino de Castilha que o castelhano foi se propagando.

O século de ouro e as conquistas do Novo Mundo permitiram o espanhol de se difundir progressivamente no mundo: nas Américas (central e sul) e nas Filipinas.

Mas o declínio do império espanhol veio no século XIX. E com ele, as diferentes guerras de independência das colônias espanholas espalhadas em todo mundo. Com isso, os movimentos separatistas vieram e as outras línguas ganharam espaço como o catalão e o galego. Mas o castelhano guarda todo o seu poder!

Porém, com o governo ditatorial de Franco, as outras línguas como o catalão, o andaluz foram proibidas. Através dessa medida, o povo foi obrigado a falar só espanhol e ficou ressentido por não poder falar as línguas regionais.

Catalão e língua espanhola: quais são as diferenças?

Então, vocês entenderam! O espanhol tal como a gente conhece hoje é o castelhano. Uma linguagem que a gente pode aprender na escola (aulas de espanhol), na internet (espanhol online), em aulas de línguas no centro de uma escola de idiomas, na universidade (estudar espanhol na graduação, pós-graduação, doutorado em Letras) ou em um intercâmbio linguístico.

É possível aprender espanhol na Espanha (aulas de espanhol em Barcelona, Madrid ou em outras cidades), na América Latina (exceto Brasil, Suriname e Guiana Francesa) ou Central. Uma imersão total para adquirir as competências linguísticas necessárias para se transformar em um verdadeiro bilíngue.

Mas como a gente decide em aprender o espanhol, francês, inglês, alemão, catalão?

O castalão tem a sua própria gramática, seu vocabulário, seu território (a Catalunha), sua pronúncia, sua fonética, seu alfabeto… e é a língua mais falada de uma nação sem estado.

O catalão é bem diferente do castelhano. A gente diz que o catalão é muito próximo do francês, como o castelhano é próximo do português. Se o espanhol é facilmente traduzido para o português, em catalão é mais difícil! Veja como o catalão é próximo da língua francesa: “bona nit” (boa noite) / “bonne nuit” (em francês) ou “Quin és el teu nom?” (qual é o seu nome em português e quel est ton prénon em francês). Idem para alguns números (catalão/francês): “zero / zéro, quatre / quatre, cinc / cinq, sis / six”.

A Espanha é rica em cultura A língua é um reflexo da história dos povos que formaram a nação espanhola

Quais são as semelhanças entre o catalão e castelhano? Elas são muitas e a gente pode falar de uma origem em comum, derivadas do latim galo-romano. Duas línguas latinas com um acento tônico forte com algumas pronúncias parecidas (o “v” que se pronuncia “b”, por exemplo). A Catalunha tem duas línguas oficiais e pratica o bilinguismo.

Os sotaques espanhóis

A política colonialista da Espanha nos séculos XV e XVI fez com que a Espanha conquistasse vários territórios na América do Sul (Argentina, Peru, Bolívia, Paraguai, Chile…), América Central (Costa Rica, México, Guatemala), no caribe (Cuba) assim como na África (Guiné Equatorial).

O que explica a importância da população hispanófona e hispânica no mundo, da União Européia à América Latina. O espanhol é hoje a língua oficial de 21 países através do mundo e possui quase o mesmo tanto de sotaques diferentes!

Aprender a língua espanhola e os várias sotaques também é bem variado na Espanha, apesar do tamanho pequeno do país. O sotaque andaluz, por exemplo, é marcado pela pouca articulação. É comum não entender o castelhano falado por um andaluz no começo. As sílabas são comidas como algumas letras no final das palavras (o “s” e o “d”). O “ll” se pronuncia como um “y”, o “c” e o “s” em “th”… É complicado!

O catalão pronuncia o “l” como no inglês e o galego canta quase o mesmo tanto que fala.

O castelhano é uma língua romana e seu sotaque está bem espalhado na Espanha toda.

Visite todas as cidades da Espanha e aprenda o idioma Os espanhóis são muito ricos em histórias e em línguas, aprenda o espanhol

E o da América do Sul hispanofalante? Há quem diga que o sotaque das Américas Central e do Sul parece um pouco com o andaluz. Porém, o “c”, o “s” e o “z” são pronunciados todos como um “s”. O “s” no final das palavras quase não é pronunciado. Eles também puxaram a pronúncia do “ll” como “y” do sotaque andaluz.

Aprender o espanhol é também estudar os seus diferentes sotaques, É possível fazer isso em um intercâmbio linguístico, com um alfabeto fonético, um dicionário espanhol português.

Quais são as semelhanças entre o português e o espanhol?

O espanhol e o português têm vários pontos em comum! A gente entende muitas vezes o espanhol sem nunca ter aberto um livro da matéria na vida. Afinal, as duas línguas têm as mesmas origens, o latim, e permaneceram muito tempo sendo um idioma só.

Há muitos recursos hoje para se aprender espanhol online, a história da Espanha e suas antigas colônias no mundo.

A gramática espanhola e do português se parecem muito! Muitas palavras em espanhol são escritas da mesma forma e têm o mesmo significado em português, somente a pronúncia que muda.

Vamos nos colocar na cabeça de um gringo e imaginar: e se tivesse que escolher entre o português e o espanhol, qual das duas eu escolheria?

As razões para estudar espanhol ao invés do português são muitas, começando pelos milhões de hispanofalantes espalhados pelo mundo (mais de 450 milhões têm o espanhol como língua materna). Já o português, se tirarmos nós, brasileiros, resta-nos somente 60 milhões de lusófonos…

Para um gringo, eles têm muito mais oportunidades de se comunicar em espanhol que em português, isso é fato! Sem contar que a gente pode falar espanhol também nos Estados Unidos.

Mas sem querer desmerecer da nossa língua, o Brasil também oferece muitas oportunidades para quem quiser morar aqui (apesar da crise política e econômica…). Alguns estrangeiros gostam tanto do nosso país que formaram uma verdeira comunidade, como os franceses, por exemplo. Eles são mais de 30 mil instalados aqui!

As frases úteis em espanhol

O vocabulário espanhol, sua compreensão, saber se expressar, progredir rapidamente: tudo isso pode ser fazer em aulas de espanhol intensivas. Ou quem sabe em aulas de espanhol na Espanha?

Fale o idioma e conquiste o mundo Madrid cheia de charme espera você para aprender tudo da língua espanhola

Cada palavra espanhola é uma pequena vitória que nos permite sobreviver em um meio 100% hispanófono.

Mas quais são as palavras e frases mais úteis em espanhol?

Todas que servem para cumprimentar alguém: “Buenos dias”, “buenas noches”, “Hola”, “adios”, “hasta luego”, “hasta manhaña”…

As indispensáveis: “si”, “gracias”, “por favor”, “de nada”, “perdon”…

Para se apresentar: “me llamo”, “soy brasileño”, “tengo 31 anos”…

Como se virar sem saber fazer uma pergunta? Dizer se concorda ou não? Expressar as condições? Parabenizar? Desculpar-se? Perguntar o caminho? Virar-se no hotel ou no restaurante?

Parece missão impossível, mas não se preocupe! Mesmo se nunca fez uma aula de espanhol na vida, você vai aprender fácil o básico! Afinal, são línguas próximas!

Mas não pense que espanhol é “portunhol” e não perca tempo! Faça algumas aulas particulares de espanhol para não ficar perdido no mundo da hispanofonia!

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *