Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

Definir preço do professor de reforço de português

De Camila, publicado em 17/07/2017 Blog > Reforço escolar > Português > Estabelecer valor ensino individual do idioma do Brasil

Você é um amante da cultura brasileira e a língua portuguesa… Ai, ai, ai, que maravilha: por ela você é completamente apaixonado(a)!

Seu sentimento é simplesmente de maravilhamento diante da sintaxe particular desse idioma, que lhe foi ensinado desde o dia do seu nascimento. Sem falar no amor que sente pela gramática e pelo vocabulário da língua falada neste nosso Brasil.

Além de tudo, a transmissão de conhecimento ainda é um dom especial que você possui.

Pronto, já está decidido: você nasceu para ensinar a língua portuguesa. Isto é, se você já não é professor e nós ainda não estamos sabendo!

Antes de colocar a mão na massa e começar a trabalhar diretamente com jovens e adultos ansiosos em melhorar as capacidades linguísticas, algumas medidas precisam ser tomadas. Medidas essas que te permitirão dar aulas particulares do idioma do país descoberto por Pedro Álvares Cabral.

Uma das primeiras perguntas que pintam no pedaço é sobre a tarifa dos cursos: quanto cobrar pelo acompanhamento individual de reforço do português?

Tarefa árdua tentar estipular um preço para si mesmo sem ter nenhum parâmetro.

“Será que eu estou me subestimando?”, “Será que meu preço está muito alto?”, “Devo cobrar por hora ou por matéria dada?”, “Qual tarifa seria vantajosa tanto para mim quanto para meus clientes?”

Todas essas perguntas já passaram ou ainda vão passar pela sua cabeça caso você seja novo no negócio.

Para determinar o custo justo do trabalho no domínio do reforço escolar, basta seguir alguns procedimentos básicos e planejar alguns detalhes com antecedência.

O preço das aulas particulares muda de acordo com vários fatores. O planejamento do valor a tarifa é fundamental.

Superprof te dá alguns conselhos que poderão ser úteis na hora de organizar a estrutura de aulas particulares de português.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Conhecer o mercado de aulas particulares

Antes de começar a recrutar estudantes com dificuldade no aprendizado da língua portuguesa, é muito importante que você conheça o mercado de aulas particulares do idioma.

Fica difícil se posicionar como parte de um negócio existente sem conhecer o que está acontecendo dentro dele. Conhecer o preço da concorrência é fundamental! 

Se você acha que isso está parecendo uma aula de estudo de mercado numa faculdade de marketing, então sua percepção está correta, pois o raciocínio é o mesmo.

Nada melhor do que começar pela boa e “inteligente” internet. Que tal perguntar ao Google?

Outra boa opção é dar uma olhadinha aqui mesmo no Superprof.com.br já que temos tantos professores inscritos no nosso banco de dados.

Basta se colocar no lugar de um aluno ou pai de aluno à procura de um tutor com atenção individualizada apto a ensinar a língua.

Você estaria à procura de pequenos grupos de reforço ou de um professor exclusivo? Quais seriam estas tarifas?

Lembre-se também de pesquisar os valores das aulas pela internet ou via webcam.

Confira em qual ponto vários tutores se baseiam ao fazerem a cobrança:

  • Pacotes de aulas de determinada duração;
  • Hora do acompanhamento individual;
  • Hora do acompanhamento em grupo;
  • Atendimento em domicílio;
  • Pacotes por matéria abordada;
  • Pacotes por trimestre;
  • Pacotes para véspera de prova;
  • etc.

Encarne o personagem e pense em todas as possibilidades de demanda que diferentes tipos de pais e alunos possam ter…. e pesquise!

O preço pode mudar de acordo com a região, a cidade e até mesmo o bairro de atendimento. Sem contar com a especialização do professor e o tipo de ensino que ele deseja abordar (Fundamental, Médio, preparação para o vestibular, etc.).

O valor do curso particular deve ser bom para o aluno e para o professor. É importante que o preço final das aulas seja justo para ambas as partes.

A média está entre 25,00 e 50,00 reais a hora de aula.

No entanto, alguns podem cobrar muito mais ou muito menos. Por isso a pesquisa sobre os preços da sua região é tão importante.

Estipular o preço de acordo com o nível das aulas

Como mencionado antes, os preços podem variar – e muito – de acordo com o nível do conteúdo abordado nas aulas. Isso quer dizer que, quanto mais complicada e específica a matéria ensinada, mais qualificado é o professor.

Como em todas as áreas, uma variedade enorme de perfis de educadores é encontrada no mercado:

  • Ex-professor(a) de escola aposentado(a);
  • Profissionais com licenciatura;
  • Pesquisadores em Letras;
  • Professores escolares;
  • Estudantes em literatura, e por aí vai!

Dá para ver que tem para todas as exigências e todos os gostos. Ou seja, tem lugar para todo mundo neste mercado.

A partir do momento em que o nível do tutor é superior ao nível do pupilo, a de transmissão do conhecimento da língua portuguesa é possível.

A definição desta diferença de nível é, portanto, determinante na hora de estipular a tarifa da hora de aula.

Vamos combinar que um estudante de literatura no terceiro período de faculdade não pode cobrar o mesmo preço que um professor graduado com 20 anos de experiência no ensino do idioma.

É necessário, então, fazer uma classificação do nível em que você se encontra.

Se você tem uma graduação ou mestrado em Letras e se sua especialização for licenciatura, basta mencionar seu diploma e quantos anos de experiência no ensino de línguas você possui. Isso será o suficiente para te dar um bom posicionamento diante dos outros profissionais no mercado.

Se você não é e nunca foi professor, então a avaliação não é assim tão evidente.

Mais uma vez, não se desespere!

Você pode utilizar os seguintes parâmetros para agregar valor ao seu currículo de futuro professor e assim conseguir se encaixar em um determinado nível de tarifa por hora de aula.

  • Estuda ou estudou em uma boa escola? Qual é ou era a sua média na matéria de língua portuguesa?
  • Já fez vestibular? Qual foi a nota na prova de português? E na de redação?
  • Tem algum diploma relacionado ao aprendizado ou ensino da língua portuguesa (que não sejam os da escola, claro)? Se tiver, mencione-os;
  • Cite experiências com aulas, mesmo que informais, pois elas são a prova que você tem boa capacidade de transmitir conhecimento.

Determinar o perfil dos alunos

Assim como o nível do professor particular interfere na hora de escolher a tarifa das aulas, o nível dos alunos atendidos também influencia nesse valor.

Muitos detalhes devem ser levado em conta na hora de estipular a tarifa das aulas. O valor do curso particular de português exige planejamento.

A formulação de aulas e exercícios de preparação para um concurso público exigem dedicação e conhecimentos superiores à aulas de cursinho para vestibular. Estas, por sua vez, dão mais trabalho que uma aula destinada ao Ensino Fundamental.

A maneira de conduzir as lições na presença dos estudantes também é diversificada de acordo com o objetivo daquele que procura o reforço.

Desta forma, o preço da hora de aula não depende somente do nível do professor, mas igualmente do nível do aluno.

Primeiramente, estabeleça o tipo de conteúdo dentro da matéria de língua portuguesa que você NÃO pretende abordar.

Por exemplo, se você é estudante de Letras, então pode, logicamente, dar suporte a alunos do Ensino Fundamental e Médio com as tarefas de casa. Caso você seja mestrando ou doutorando em Letras, seus conhecimentos são claramente suficientes para preparar alunos para o vestibular.

Cabe à você determinar até qual nível possui capacidade de orientar. E não hesite em procurar informações sobre os preços cobrados por professores particulares de português com qualificações similares às suas.

Estabelecer gastos fixos

Como em todo tipo de atividade profissional, dar aulas particulares de língua portuguesa demanda alguns gastos fixos da parte do professor. Para que a tarifa determinada para as prestações seja justa e cubra todas as despesas, é preciso detectar tais gastos antes de decidir o valor do trabalho.

Aulas em domicílio

Como a própria definição indica, o professor é quem se locomove para ir de encontro ao aluno. Sendo assim, é importante delimitar um perímetro no qual você prestará este tipo de serviço.

A zona geográfica estabelecida indicará quais serão suas despesas de deslocamento, sejam elas adquiridas através de transporte público ou privado.

Calcule também a quantidade de cursos por semana que você pode oferecer.

Em seguida, leve em consideração o material necessário para que você consiga dar uma aula em boas condições. Lembre-se que além de caderno, lápis e borracha, impressões de textos e atividades também são necessárias. Sejam elas feitas em casa ou na gráfica, dinheiro é gasto com o papel, a tinta da impressora ou com o serviço prestado.

Se seus cursos são declarados, o cálculo dos impostos que serão cobrados pelo serviço no fim do ano merecem igualmente atenção na hora de decidir o valor da tarifa.

Levando tudo isso em conta, um preço justo e rentável será encontrado para suas aulas particulares de português.

O deslocamento do professor é um gasto fixo.

O valor das aulas em domicílio deve incluir o transporte do tutor. O deslocamento do professor é um gasto fixo.

Escolher plataformas de divulgação

Todos os passos acima percorridos, chegou a hora de procurar seus clientes: alunos interessados em cursos individuais da língua portuguesa.

Mas onde encontrá-los?

Existem várias empresas especializadas na indicação de professores particulares. Muitas delas contratam profissionais em regime de meio horário ou horário integral.

Ponto positivo é que você terá um lugar equipado para dar aulas e não precisará se preocupar em construir sozinho sua clientela. Ponto negativo é que o professor não ganha o valor integral da hora cobrada ao aluno, mas sim a quantia determinada pela empresa na hora da sua contratação.

O bom e velho método do boca-à-boca assim como a panfletagem na porta das escolas e comércios especializados em materiais escolares também pode ser super eficiente.

Sem falar que nós do Superprof.com.br disponibilizamos a nossa plataforma para facilitar o encontro entre os tutores e seus pupilos.

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *