Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Diplomas para dar aula de língua espanhola

De Carolina, publicado em 19/06/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > Quais estudos fazer para ser professor de espanhol?

Você sempre gostou do idioma do vizinho? Não é o vizinho da sua rua, do seu prédio, do seu condomínio. Pense mais alto (maior, seria mais apropriado…).

Nós estamos pensando em escala continental! Isso mesmo, seus vizinhos da América Latina. Já parou para pensar que o Brasil é o único país da América do Sul e Central que fala outra língua, o português (exceto Guiana, Suriname e Guiana Francesa)?

Tudo bem, a gente ocupa quase 50% do território da América do Sul. Mesmo assim, estamos rodeados por países que falam espanhol! Então, não é de se estranhar sua paixão pela língua dos países hermanos!

Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai, Argentina, Uruguai e Chile (único que não faz fronteira com o Brasil). Qual deles você prefere? Todos têm suas belezas e características próprias.

Porém, é triste constatar que poucos brasileiros sabem falar a língua do vizinho. Por isso, a importância de se aprender espanhol para poder nos comunicarmos com nossos vizinhos que têm a cultura tão próxima da nossa.

Então, seu objetivo profissional é se tornar professor de espanhol?

Seja um bom aluno para depois ser um bom professor Estude espanhol desde pequeno para ser bilíngue e arrasar nos estudos da língua

O único caminho de curso superior a ser seguido é o de Letras! Somente esse curso dá a possibilidade de ter um diploma de nível superior em espanhol.

Há muitos estudantes que seguem esse caminho dos estudos linguísticos… Para ser professor, mas não somente! O domínio das línguas estrangeiras é indispensável em vários setores profissionais!

Qual é o melhor caminho para ser professor em língua espanhola? Qual diploma escolher?

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Curso de Letras

O curso de letras é essencial e existe em quase todas as universidades do Brasil. Nele, você estuda as línguas em todas as suas vertentes: gramática, vocabulário, sintaxe, literatura, etc.

O curso dura 4 anos e o estudo da língua portuguesa é obrigatório. Além do idioma, você estuda a literatura brasileira. Em algumas universidades, o estudo do português é acompanhado pelo estudo do latim e do grego.

Mas, claro, você não vai estudar somente o português e as línguas que deram origem ao nosso idioma. Você pode optar por outra língua estrangeira.

A maioria dos alunos opta pela língua inglesa e espanhola porque são as mais faladas no mundo depois do chinês. Porém, há mais demanda de professores de inglês e de espanhol que de mandarim… Isso porque as duas outras línguas são faladas em quase todo o mundo, já o chinês…

No caso, a língua espanhola é estudada como a portuguesa em todos os seus aspectos.

Bacharelado e Licenciatura

Existem os dois tipos de diploma na faculdade de letras: o bacharelado e a licenciatura. O primeiro é para os profissionais que querem trabalhar com tradução, em empresas de editoração e jornalismo, pesquisador e editor.

Já a licenciatura é para aqueles que querem se dedicar ao ensino. Eles têm as mesmas matérias que aqueles do bacharelado, mas possuem disciplinas específicas para dar aulas como metodologia, didática, estrutura e funcionamento da educação básica, psicologia do desenvolvimento e aprendizagem, práticas do ensino, etc. O nome das matérias podem variar de uma faculdade para outra, porém, o conteúdo é praticamente o mesmo e é utilizado para auxiliar o aluno em sua futura carreira como professor.

A Sagrada Família ao fundo da cidade com as obras de Gaudì Sonha em conhecer a capital da Catalunha? Aprenda a língua espanhola lá!

Então, o mais apropriado para você que quer se tornar professor é fazer a licenciatura. Assim, além de estudar toda a teoria sobre a língua espanhola e portuguesa, você terá as matérias específicas para aprender como planejar e executar uma aula.

Curso Cervantes para professores de espanhol

O Instituto Cervantes é uma instituição do governo espanhol para disseminar a língua hispânica pelo mundo. Eles atuam no Brasil e tem 8 sedes espalhadas no país: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife e Belo Horizonte.

Eles oferecem aulas de espanhol para diversos tipos de alunos, preparam para o DELE (Diploma de Espanhol Língua Estrangeira) e dão aulas para profissionais da área de espanhol.

Eles oferecem um curso de espanhol para professores que já tem uma formação na área ou que já atuam como professores e querem se aperfeiçoar.

Os interessados devem ter cursado Letras português/espanhol, ter curso superior na área de humanas ou ter outros percursos profissionais.

O objetivo das aulas é preparar o futuro professor para questões recorrentes no ensino da língua espanhola: “fonética, da gramática, do vocabulário e da pragmática”. Veja abaixo as informações do site:

  1. “Atualização em aspectos fundamentais, para professores de espanhol como língua estrangeira.
  2. Oferecer uma atualização na metodologia e didática de espanhol como língua estrangeira.
  3. Oferecer uma atualização na exploração de recursos em classes de E/LE.
  4. Observar aulas.
  5. Realizar práticas de ensino.”

Então, caso você queira aperfeiçoar suas técnicas como professor de espanhol, esse curso pode ser uma boa ideia.

E se eu não quiser fazer Letras?

Se você não quiser fazer curso superior de Letras, existe uma outra maneira de ser professor de espanhol?

Normalmente, quem quer ser professor e seguir na carreira acadêmica de espanhol deve fazer o curso de Letras, mas há outras saídas.

Os alunos de humanas costumam ter mais afinidades com o estudo e ensino de línguas. Muitos jornalistas, historiadores, filósofos já deram aulas de línguas estrangeiras, inclusive espanhol.

O que você pode fazer mais tarde é uma especialização em língua espanhola como essa dada pelo Instituto Cervantes, uma pós-graduação ou mestrado em língua espanhola. Assim, você terá uma base para ensinar o idioma para outros alunos.

O idioma é muito bonito e deve ser aprendido in loco Visite um país da América Latina e apaixone-se diretamente com a língua espanhola

Mas o professor autodidata também existe e é possível exercer a profissão principalmente como professor particular. Aqui, o que manda é principalmente a qualidade de suas aulas e o boca a boca. Se suas aulas forem boas e eficazes para seus alunos, eles vão te indicar automaticamente para seus colegas e amigos próximos.

Assim, você terá vários alunos dispostos a ter aulas com você! A vantagem da aula particular é que você pode organizar os seus horários, encurtar o deslocamento se encontrar alunos próximos a sua casa ou escritório.

Além disso, há alunos de todas as idades: crianças, adolescentes, adultos e níveis: básico, intermediário, avançado, fluente…

Como você pode ver, não é obrigatório ter um diploma para ser professor de espanhol. Claro que se quiser dar aulas em escolas públicas e seguir carreira acadêmica, o percurso mais garantido é o curso de letras. Mas ele não é o único. Você pode correr atrás do seu sonho de ser professor de espanhol de outras maneiras.

Estude no exterior para ser bilíngue

Quando a gente entra de cabeça nos estudos de línguas estrangeiras, o objetivo é se tornar bilíngue ou trilíngue.

Para aprender uma língua, as aulas no curso de idiomas muitas vezes não é o suficiente. Acredite, nem para aqueles que fazem aulas na universidade…

Uma temporada hispanófona é indispensável para se aperfeiçoar no oral, melhorar sua compreensão e adquirir prática, fluidez e domínio.

Se estiver na universidade, você pode pesquisar se não há um intercâmbio no exterior em um país da América Latina ou na Espanha para você praticar o seu espanhol. Em muito desses casos, você pode fazer uma parte de seus estudos em uma universidade na Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, etc.

Por que não juntar uma graninha, comprar as passagens e passar uma temporada em um desses países? Com certeza a experiência é muito válida e você não vai se arrepender.

Ela é mesmo muito importante porque você terá mais credibilidade com seus alunos caso tiver uma experiência em um país hispânico. Além disso, você terá mais experiência praticando a língua e vai ter mais autoconfiança na hora de ensinar o espanhol.

Sem contar que você sempre terá um caso engraçado para contar em sala de aula ou com seus alunos de aulas particulares.

Hábitos importantes para um professor de espanhol

O diploma é muito importante para ser professor de espanhol. Porém, a certos hábitos a serem criados por todos os professores de espanhol para nunca se distanciarem da língua e aprender cada vez mais.

Não deixe de estudar a história para ensinar as palavras Che Guevara e outros revolucionários latino-americanos devem estar na ponta da língua de um professor do idioma

  1. Ler mídia hispânica – Ler jornal, sites de notícias, revistas em espanhol é muito importante para praticar a língua e saber o que está acontecendo nos países que falam a língua. O portal El País tem versões para América e Espanha, por exemplo.
  2. Ver filmes em espanhol: há muitos diretores incríveis espanhóis como: Almodóvar, Buñuel, Bigas Luna, Álex de la Iglesia (espanhóis), Carlos Reygadas (mexicano) , Fernando E. Solanas (argentino), Pablo Larraín (chileno)…
  3. Conversar em espanhol: nunca deixe de praticar a língua com nativos latino-americanos ou espanhóis. Faça amizades com eles e sempre converse na língua. Caso não conhecer um espanhol na sua cidade, vale a pena fazer amizades online e conversar pelo skype ou outro meio de comunicação.
  4. Ler livros em espanhol: há tantos bons autores na língua de Miguel de Cervantes que fica até complicado indicar alguns: Gabriel Garcia Marquez, Pablo Neruda, Jose Luis Borges, Julio Cortázar…
Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz