A revista que adora os profes, os alunos, as aulas particulares e o intercâmbio de saberes

Descubra como encontrar mais estudantes para seus cursos de violão e guitarra

Par Fernanda le 08/11/2016 Blog > Música > Violão > Como achar alunos para dar aulas particulares?
Table des matières

Você sabe tocar violão ou guitarra e tem uma vontade antiga de compartilhar sua paixão com outras pessoas e ainda ganhar com isso. Parabéns! Você quer se tornar um professor particular de música! Existe algo melhor do que receber dinheiro para fazer aquilo que mais gosta? É o sonho de qualquer um!

Mas logo depois que você toma essa decisão e decide começar sua carreira, muitas dúvidas e dificuldades surgem. Como e onde conseguir alunos para fazer minhas aulas particulares? Qualquer pessoa que tenha vontade de dar aulas encontra esse dilema no começo, seja ela menos ou mais experiente, estudante, trabalhador ou aposentado. Aliás, esse é um dos principais dilemas, que vai acompanhar sua trajetória de professor até você conseguir se estabelecer. É a principal dificuldade que você vai encontrar. Mas uma dificuldade que, uma vez superada, vai se tornar uma habilidade. Não desanime: leia neste artigo todas as informações sobre os métodos mais eficazes para encontrar alunos para suas aulas de violão e guitarra.

Lei da oferta e procura: um clássico

É fato: o princípio da oferta e da procura também rege o mercado dos cursos particulares de música, e principalmente de violão e de guitarra. Existem muitas pessoas, das mais novas até as mais idosas, que desejam aprender música ou tocar um instrumento, e para isso vão em busca de um professor particular. Isso é bem comum.

A princípio, tudo ótimo, não é? Mais ou menos. Alguns professores particulares em início de carreira tendem a pensar que basta ter o domínio do instrumento para atrair dezenas de alunos batendo à sua porta. E as coisas são um pouco mais complicadas que isso. O grande problema, na verdade, é que você não é o único a querer ensinar violão ou guitarra. Pelo contrário!

Dê uma olhada à sua volta: é muito comum conhecer no mínimo um guitarrista razoavelmente talentoso, talvez até uma dezena de músicos que já tenham certa experiência e que são capazes de dar um curso. O violão, hoje em dia, é um dos instrumentos mais tocados no Brasil e no mundo. Sendo assim, também não seria uma surpresa descobrir que você não é o único a querer começar uma carreira de professor de violão. Caia na real: a oferta de professores de violão é abundante! Principalmente porque não existe uma lei que regulamente os critérios mínimos para se dar aulas particulares de música. De maneira geral, não há nenhum diploma específico exigido para o ensino individual de música. O convite à aventura é para todos e todas!

Por outro lado, a demanda por aulas também é bem grande, mas não o suficiente: uma equação que não ajuda muito. Muitas vezes, a procura por alunos de violão ou guitarra pode se transformar numa guerra! Como lidar com esse problema? Existem soluções e dicas que podem ajudá-lo a aprimorar e qualificar sua busca.

Encontrar alunos com a ajuda de conhecidos e por meio do boca-a-boca

Quem nunca sonhou em tocar bem violão, ao menos uma vez na vida? Principalmente quando somos jovens, seja para fazer amigos, ou ajudar na paquera, ou simplesmente porque gosta de música? Partindo desse princípio, com certeza você já conhece alguém no seu meio social que tenha interesse em aprender violão ou outro instrumento.

E quando dizemos seu meio social, estamos falando de seus amigos, sua família, mas também dos amigos dos amigos e dos amigos de familiares. Um meio social bem amplo! Sabia que uma pessoa pode estar ligada a quase mil pessoas se aumentamos o grau de conhecimento para três, ou seja, amigos dos amigos dos amigos? Uma rede e tanto, não?

Pois bem, com essa rede de conhecimentos, você precisa começar sua prospecção de alunos da seguinte maneira:

  • Transmita sua mensagem (e certifique-se de que ela seja transmitida) a todos os seus amigos, a todos seus colegas de escola, colegas de trabalho, membros da família. Pense também em falar com as pessoas com quem você cruza diariamente e com aqueles que você já se dá bem.
  • Insista para que essas pessoas também passem a mensagem para amigos e família.

O único problema desse método – um dos mais eficazes, diga-se de passagem – é que o círculo das suas relações é pequeno, e os conhecidos mais distantes (segundo e terceiro grau) não são tão acessíveis assim. Nem todo mundo tem como amigos excelentes marqueteiros ou vendedores – ainda mais voluntários!

Como dar mais aulas de violão e guitarra! Lembre-se: os filhos de amigos ou de colegas de trabalhos podem ser seus novos alunos!

Encontrar alunos nas redes sociais

Segunda possibilidade: as redes sociais! O desenvolvimento e o fortalecimento da relações online é uma carta na manga para você. Seria um erro não utilizar a Internet! É o canal mais novo e com certeza o mais rápido para encontrar o que deseja. Que tal tentar o Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e muitos outros? São meios perfeitos para você publicar seu anúncio e encontrar alunos.

Recomendamos que você publique seu anúncio mais de uma vez na sua linha do tempo. Pelo Facebook, você também tem uma ideia clara do grau de conhecimento de amigos, família e conhecidos. O Twitter é outra uma boa ferramenta para encontrar alunos de música, pois as mensagens já são em formato de anúncio, claras e objetivas. Aproveite o espaço e abuse das hashtags; escolha bem suas palavras. As hashtags contribuem para que você alcance desconhecidos em busca de um professor em São Paulo ou no Rio de Janeiro, por exemplo.

No entanto, o método das redes sociais tem também seus contras. A principal dificuldade está justamente na velocidade de difusão de informações: muitas vezes o feed de notícias anda tão rápido que os posts acabam se perdendo no meio de tantos outros com maior popularidade. É, ao mesmo tempo, a vantagem e o maior defeito das redes.

Anúncios e folhetos no comércio local

É um método antigo, mas ainda válido nos dias de hoje. Pode levar um pouco mais de tempo, pois exige um pouquinho mais de trabalho do que um simples post em alguma rede social! Mas nada muito demorado: entre redigir o anúncio e imprimir algumas cópias, você vai levar no máximo duas horas. Lembre-se de colocar todos os elementos importantes no seu anúncio:

  • O que você está oferecendo: aulas particulares de guitarra ou de violão (deixe bem claro os detalhes do seu serviço, como os níveis de ensino: iniciante, aperfeiçoamento ou avançado?; o local do curso: em domicílio, na sua casa ou em outro local?; os tipos de instrumentos:  violão clássico, guitarra, sete cordas…);
  • Um descritivo rápido da sua formação e da sua experiência: anos de prática, diplomas etc. Seja honesto e valorize seus atributos!
  • Seu nome;
  • Seus contatos (telefone e e-mail).

Em seguida, faça um tour no seu bairro. Visite lojas, supermercados, mercearias. Converse com os responsáveis locais, explique seus objetivos, procure por painéis de ofertas e serviços. Se você for simpático e comunicativo, certamente será bem recebido. Dê prioridade para os locais que já frequenta, e caso considere necessário, você pode aumentar seu campo.

Problema desse método: hoje muitas pessoas desconfiam de anúncios impressos em papéis comuns, consideram a técnica um pouco amadora. Se você dispor de um pouco de dinheiro para investir em comunicação, vale a pena produzir um pequeno flyer ou folheto em uma gráfica local. O produto vai parecer muito mais profissional. Caso você não tenha esse valor disponível, tente o último método!

Publique um anúncio em um portal de aulas particulares

Super moderna, essa metodologia é cada vez mais utilizada pelas pessoas em busca de alunos particulares (aulas de música ou de reforço escolar). Ela é altamente recomendável. Antes de mais nada, a Internet é um canal inevitável hoje em dia. E por meio dela, as pessoas tem a possibilidade de criar canais voltados para seus interesses individuais. Esses portais online são exemplo disso. Há vários tipos de sites especializados: de sites exclusivos para anúncios simples a grandes plataformas que fazem o papel de mediadores entre alunos e professores. Por isso, como com tudo na Internet, é preciso fazer uma seleção do que é confiável e do que não é. Muitos sites deixam a desejar, fora que a grande maioria exige um pagamento já no primeiro acesso.

Certamente o Superprof é o portal ideal para a publicação de anúncios de aulas particulares de violão ou guitarra. A sua utilização é gratuita para os professores e o número visitantes é altíssimo. Inscreva-se em nosso portal, você vai encontrar rapidamente seus alunos!

Como achar estudantes para seus cursos particulares de violão Valorize experiência e formação no seu anúncio! Vai fazer a diferença na hora de encontrar alunos!

A influência do preço na busca de alunos novos

Para conseguir encontrar um número razoável de alunos, é preciso adequar o valor que você cobra aos preços do mercado. De novo, a lei da oferta e da procura ganha peso aqui: se você cobra muito caro, os alunos vão procurar aulas mais baratas. Por isso, é importante pensar bem na hora de estabelecer o preço da sua hora.

Veja três critérios importantes que você deve levar em conta para estabelecer um preço justo para suas aulas de violão ou guitarra:

  • A zona geográfica (cidade ou Estado): as aulas de violão em São Paulo são mais caras que em cidades menores, por exemplo;
  • Sua experiência e sua formação: quanto mais prática e habilidades você tiver, mais você poderá cobrar pela sua hora. É evidente que um curso para iniciantes em guitarra custa menos que um curso para alunos que dominam o instrumento em níveis avançados.
  • A qualidade da sua aula deve corresponder ao nível das suas habilidades.

Pronto! Agora você já sabe por onde começar sua busca! Essas orientações são fáceis de seguir e servem para todos os tipos de professores. Além disso, são rápidas: publicar um anúncio no Superprof dura em média 10 minutos!

Por isso, não desanime. Tenha paciência e organize bem sua busca. Com certeza você vai encontrar seus alunos em poucos dias. Boa sorte!

Nos précédents lecteurs ont apprécié cet article

Cet article vous a-t-il apporté les informations que vous cherchiez ?

Aucune information ? Sérieusement ?Ok, nous tacherons de faire mieux pour le prochainLa moyenne, ouf ! Pas mieux ?Merci. Posez vos questions dans les commentaires.Un plaisir de vous aider ! :) (Soyez le premier à voter)
Loading...
Fernanda
Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.

Commentez cet article

avatar
wpDiscuz