Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Por que é fácil para uns e difícil para outros?

De Carolina, publicado em 12/10/2016 Blog > Música > Violão > Aprender violão sem dificuldades?

Aprender um instrumento de música nunca é algo evidente, mesmo para o violão e a guitarra.

Mas a aprendizagem do violão ou da guitarra parece ser mais tranquila: você aprende os principais acordes maiores e menores, arranha com sua palheta, posiciona seus dedos no braço do violão ou da guitarra facilmente, seja para realizar os acordes ou efetuar seus primeiros solos.

Porém, nem todo mundo tem a mesma capacidade de aprendizagem: alguns têm mais facilmente o ouvido musical que outros, alguns já têm alguma noção de música, por exemplo, o solfejo. Toda essa base conta na hora de interpretar as diferentes linguagens musicais.

Mesmo a assimilação dos cursos de violão ou guitarra pode ser rápida para uns e pode demorar horas para outros.

Uns são ágeis com as mãos ou com os dedos, sabem segurar bem um violão ou uma guitarra e começam a tocar. E para outros?

Então, por que o violão ou a guitarra é fácil de aprender para uns e difícil para outros, às vezes, impossível?

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Aprender a tocar o violão ou guitarra: uma questão de motivação

A capacidade de aprender é inerente para todos. Nosso cérebro é capaz de cumprir essa tarefa de maneira contínua a partir do momento que ele adquire uma certa metodologia de aprendizagem.

Para aprender o violão ou a guitarra, descobrir esse universo com os seus códigos, suas escritas, seus jargões, suas referências, é preciso transformar sua maneira de pensar. Isso é possível apenas através de um recurso: motivação.

É preciso garra para aprender o violão e a guitarra Nunca podemos abandonar o aprendizado do violão ou da guitarra

Ao contrário do que a gente pode imaginar, aprender violão ou guitarra não consiste em acumular conhecimentos teóricos para impressionar o seu professor de música ou para tocar na frente de seus amigos. É uma atividade que pede um acompanhamento humano e técnico.

Porém, vale a pena já que o violão traz uma série de benefícios para quem toca!

Para aprender a tocar violão ou guitarra, você deve agrupar algumas condições que são a reflexão, a integração da teoria, a prática e a colaboração com o outro.

Se você está feliz com aquilo que faz, se quiser nutrir sua paixão, se tem vontade de ir mais longe com o seu conhecimento, com o aprendizado do universo vasto do violão e da guitarra, se quer descobrindo novos estilos (rock, blues, country, pop, funk etc), então, vai conseguir!

Claro, o aprendizado do violão ou da guitarra não se faz em um clicar de olhos. É preciso treinar de maneira rigorosa e regular para chegar aos resultados desejados. Mas o sucesso está no começo da viagem se você tiver realmente vontade de fazê-lo.

É primordial que você saiba o porquê de estar aprendendo a tocar violão ou guitarra. É para se divertir? Para tocar em seu quarto tranquilamente? Para integrar um grupo? Para acompanhar um canto? Para descobrir um novo universo musical?

Quanto mais você procura a resposta, mas você descobre as razões que te impulsionam a aprender o violão ou a guitarra. Sua aprendizagem também ganha com isso! Ela será mais pertinente e eficaz!

Nesse estágio, você já deve saber se essa aprendizagem será algo tranquilo ou, ao contrário, se você corre o risco de passar por dificuldades.

Existem dois tipos de guitarristas ou violonistas

Há dois tipos de guitarristas ou violonistas: o autodidata e aquele que precisa de acompanhamento. O segundo vai fazer cursos de violão ou guitarra.

O guitarrista ou violonista autodidata

O autodidata tenta fazer tudo sozinho: sua autoconfiança e sua motivação são verdadeiros motores que vão lhe empurrar para frente.

Ele vai procurar todos os meios possíveis para desenvolver sua paixão, nutri-la e aprender cada vez mais todos os dias.

Ame ou deixe o seu violão ou guitarra! Começar a tocar violão ou guitarra tem que ser um prazer

Existem vários métodos impressos, mas outros suportes também estão disponíveis:

  • DVDs com exercícios para praticar em casa (com a possibilidade de dar um “pause” nas imagens para aprofundar em tal técnica ou entender tal movimento).
  • Ebooks que agrupam tablaturas e métodos para treinar pontos específicos.
  • Revistas que são complementares ao aprendizado do violão ou da guitarra. Há pouco método em suas páginas, mas você pode nutrir sua paixão com algumas passagens em destaque. Além disso, você pode encontrar os materias utilizados pelos seus guitarristas e violonistas preferidos etc.
  • Internet: ela mudou brutalmente o jeito de aprender a tocar violão e guitarra. Com os vídeos, os tutoriais, os cursos online, você tem um acesso formidável ao universo do violão e da guitarra. Se você é disciplinado o suficiente, ela é uma alternativa muito interessante que vai vingar! E ainda por cima, econômica!
  • Ou mesmo videogames para aprender o violão ou a guitarra.

O guitarrista iniciante que vai precisar de uma ajuda de fora

Para aqueles que precisam de ajuda, um embasamento teórico musical, um reforço, é possível fazer cursos com um professor particular de violão ou guitarra.

Ter um professor particular de violão ou guitarra tem muitas vantagens O professor de violão ou guitarra vai te ajudar a aprender mais facilmente

Esses cursos de violão ou guitarra podem ser feitos em uma escola de música, em uma associação, um centro cultural ou em um conservatório mais próximo de você.

Enfim, é possível que seu professor não faça cursos a domicílio.

A vantagem desse método é que você vai ser acompanhado regularmente por um professor experiente.

Se você errar, estagnar, você pode fazer perguntas para esse professor. Ele vai te responder, além de te dar conselhos e macetes.

O professor ensina através de uma metodologia. Nada é por acaso, ao contrário de um aprendizado autodidata em que você corre o risco de se perder no meio de tanta informação a ser assimilada.

Um acompanhamento diferenciado para cada tipo de guitarrista ou violonista

Ele vai adaptar o curso de acordo com sua personalidade, sua capacidade de concentração, seus conhecimentos em música e sua prática de violão ou guitarra.

Se alguns já tocaram um instrumento antes ou têm noções do solfejo, ter uma guitarra ou um violão em suas mãos não vai deixá-los desconfortáveis. Eles ficarão tranquilos!

Se você tiver amigos que já tocam violão ou guitarra, não deixe de perguntar para eles. Eles vão te aconselhar, dar truques e macetes para que o começo de seu aprendizado não seja tão difícil.

Mas se você nunca tiver tocado violão ou guitarra, aprendido noções de música, o aprendizado pode dar mais trabalho.

O importante é você se conhecer bem. Assim, você saberá qual tipo de guitarrista ou violonista será.

Aprender a tocar violão ou guitarra: uma questão de autonomia

Além da motivação, do autoconhecimento, você deve ter uma última noção para aprender guitarra ou violão: a autonomia.

A música e o curso de violão ou guitarra, particularmente, devem ser um prazer. Eles são uma troca que você deve comunicar com os outros.

Aprender o violão ou a guitarra é manter uma paixão que permite descobrir um novo universo mesmo em companhia de seus amigos. As boas razões para se aprender violão ou guitarra são muitas!

Tocar um instrumento é um meio de se expressar, de mostrar uma nova faceta de sua personalidade.

Além de um investimento pessoal, da vontade de aprender, é preciso que você tenha uma certa autonomia em sua aprendizagem.

Como ter autonomia no aprendizado do violão ou da guitarra? Estipulando objetivos rasoáveis e acessíveis.

Fixar objetivos rasoáveis e acessíveis

Se você quer aprender sendo autodidata, você tem que ser organizado e rigoroso.

É preciso manter uma prática regular: é melhor tocar 30 minutos todos os dias que 3 horas por semana.

Cada semana, você tem que estabelecer um ponto técnico a ser realizado. Você também tem que criar meios para verificar se conseguiu ou não atingir seus objetivos.

Não deixe de consultar o post: quanto tempo é preciso para aprender a tocar violão ou guitarra?

Estabelecer um programa adaptado as suas necessidades

Se você aprender com um professor, a metodologia será diferente: o professor, graças a sua experiência com o violão ou a guitarra, vai também aprender a te conhecer. Ele vai adaptar o programa de acordo com seu nível de experiência.

Se você “empacar” em uma técnica particular, ele saberá te dar exercícios, métodos e macetes para conseguir ir em frente.

É assim que você também vai ganhar em autonomia e em confiança de suas capacidades.

Encontrar um equilíbrio no aprendizado de violão ou guitarra

Para que o aprendizado de violão ou guitarra não seja um martírio, é importante encontrar esse equilíbrio entre motivação, autoconhecimento e autonomia.

Independente de qualquer coisa, mais você aprende, mais você progride, mais sua maneira de tocar e seu conhecimento de violão ou guitarra são ricos.

Você encontrará sempre um melhor guitarrista ou violonista que você. E mesmo para os mais experimentados, com um nível técnico incrível, é possível melhorar ainda mais.

Não podemos abandonar quando as primeiras dificuldades chegarem

É preciso admitir que, durante seu aprendizado de violão ou guitarra, você vai conhecer momentos de branco total. Você terá a impressão de não saber mais tocar: esses momentos são importantes! Eles permitem que você dê um passo para trás e analise você mesmo, sua prática do instrumento. É a ocasião de aprender com um ouvido novo, com um ângulo diferente.

Saiba que sempre teremos o que aprender em todos os níveis que chegarmos!

Nunca pare de te questionar, de te conhecer, de ser honesto com você mesmo. Mas também de entender quais são suas verdadeiras motivações, de avaliar sua autonomia, de estabelecer objetivos realistas e de treinar regularmente em seu instrumento.

Violão e guitarra devem te dar tranquilidade ao tocar Violão e guitarra devem ser uma atividade prazerosa

O violão ou a guitarra é e deve ser um prazer, nunca se esqueça disso!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz