Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Saiba como organizar suas aulas de guitarra e violão

De Fernanda, publicado em 07/11/2016 Blog > Música > Violão > Quais são os objetivos de uma aula de guitarra?

Você saberia dizer, por acaso, por que quer fazer aulas de guitarra ou aprender a tocar violão? A princípio seria para dominar um instrumento e tocá-lo bem, certo?

Mas nem sempre é fácil estabelecer objetivos e metas precisos na hora de organizar seus estudos. E isso pode muito bem mudar de aluno para aluno.

Alguns podem decidir estudar música apenas para ter noções de base de um instrumento; já outros podem querer se tornar verdadeiros profissionais da música.

Do mesmo jeito, um guitarrista iniciante não tem as mesmas pretensões e os mesmos objetivos que um guitarrista em aperfeiçoamento ou que um músico profissional: alguns preferem arranhar a guitarra e aproveitar para aprender solfejo; outros querem apenas aprender suas músicas prediletas; outros ainda desejam descobrir um estilo novo, ou abrir horizontes.

Podemos citar muitos outros exemplos de objetivos. Mas antes de conhecer os principais deles, é preciso saber que existem diferentes tipos de aulas de guitarra e de violão.

Em função da modalidade que você escolher, seus objetivos certamente serão outros.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Modalidades de aulas de guitarra

Cada tipo de curso tem uma proposta diferente de ensino, com pedagogia e metodologia diversificadas e, consequentemente, com com metas específicas.

As escolas de música e os conservatórios

Se você escolhe ingressar uma escola particular ou um conservatório, suas aulas com certeza vão seguir uma metodologia mais rígida. Ou seja, o professor geralmente segue uma linha de ensino padrão, menos flexível em relação às suas vontades e expectativas pessoais. As escolas possuem programas pré-estabelecidos que variam em função da idade e do nível de estudos de cada músico aprendiz.

Escolas de música e conservatórios são opção para estudos de guitarra e violão Quer estudar em uma escola? Informe-se bem sobre sua metodologia!

O inconveniente dessa modalidade é justamente seu aspecto escolar: os cursos são de longa duração, há audições, provas, avaliações, diplomas… No entanto, sua principal vantagem é trazer uma visão geral do universo da música e da guitarra, com bases teóricas sólidas para um futuro promissor.

Lembre-se que também é possível encontrar professores que dão aulas de violão online! A vantagens é que você não precisa se deslocar para aprender!

As iniciativas sociais e os centros culturais

Prefeituras, governos, associações e centros culturais têm opções diversificadas e acessíveis para se aprender música ou um instrumento em particular.

Essas iniciativas são geralmente acessíveis (localização, processo seletivo e valores) e oferecem uma metodologia mais descontraída, em forma de oficinas ou ateliês.

iniciativas públicas e sociais para aprender violão e guitarra Centros culturais reúnem diversidade e preço acessível: informe-se em sua cidade!

Há, por outro lado, muitas instituições públicas que fornecem Programas de Formação de longa duração e com conteúdo de qualidade. Vale a pena se informar.

Procure a lista de ações educativas ou culturais oferecidas em sua cidade e escolha a mais apropriada para você.

Aulas particulares de guitarra ou violão

Por fim, outra alternativa interessante é contratar um professor autônomo para realizar aulas em casa: com esse tipo de ensino, você consegue seguir seus objetivos de forma personalizada, em função do seu nível de estudo, da experiência e da formação de seu professor.

Aulas de guitarra em casa Que tal encontrar o professor particular dos seus sonhos?

Todos os tipos de guitarristas podem fazer aulas particulares: iniciantes, em aperfeiçoamento ou em nível avançado ou profissional.

A vantagem dessa modalidade de ensino é justamente a construção de uma relação sólida entre professor e aluno; e isso não é simplesmente uma transmissão de informações sobre música de um para o outro, mas o estabelecimento de uma verdadeira relação de troca e compartilhamento de saberes e dessa paixão que é a guitarra ou o violão.

Enfim: em função do tipo das suas aulas de música e do quanto quiser investir financeiramente, você vai percorrer um caminho diferente: se concentrar em uma formação musical mais teórica ou aprender ritmos novos, por exemplo.

Os objetivos complementares do estudo da guitarra

É possível ter objetivos variados ao se estudar guitarra ou violão. Alguns podem se opor, outros podem se complementar.

A princípio, a principal meta de estudar música é adquirir bases teóricas e práticas em formação musical (solfejo) e no instrumento de sua escolha (guitarra ou violão).

Depois de aprender essas primeiras noções de base, depois de conhecer os principais acordes maiores e menores e de memorizá-los bem, você precisa consolidar o que aprendeu. Para isso, é preciso treinar, praticar, descobrir novas técnicas, se atualizar, ampliar sua cultura musical.

Em função da sua modalidade de estudos, o professor pode aconselhar e orientar sobre as melhores maneiras de aprimorar sua aula de guitarra. Assim, os objetivos variam:

  • Preparar suas aulas de violão e guitarra
  • Tocar mais rápido
  • Saber improvisar na guitarra
  • Ou simplesmente dominar completamente seu violão.

Desenvolvendo um conhecimento

Outro objetivo fundamental é ter a oportunidade de desenvolver e aprimorar algumas técnicas: tem guitarristas que querem tocar numa velocidade incrível; outros preferem aprofundar seus conhecimentos em solfejo; alguns querem ser os reis da improvisação, e por aí vai.

A importância de ter metas para suas aulas

É simples: cada um tem seus próprios objetivos ao estudar guitarra ou violão. Mas é preciso sempre ter isso bem claro em mente: quais são as próximas etapas a seguir, dificuldades a enfrentar? Onde eu quero chegar?

Organize seus estudos

Nada como estabelecer metas e objetivos a médio e longo prazo para que você consiga superar obstáculos eventuais, melhorar e progredir gradualmente.

Alguns estudantes passam dias e dias tentando conseguir tocar uma música em especial, mas esquecem, por exemplo, de revisar algumas técnicas essenciais e necessárias para chegar lá.

Estudar com prazos determinados, estabelecendo metas para serem alcançadas, alimenta a sua motivação e traz frequência, ritmo e organização aos estudos.

Ter objetivos claros e realistas

Para conseguir estudar guitarra ou violão, aprimorar seus estudos e progredir gradualmente de maneira eficaz é fundamental estabelecer metas realistas.

Vejamos: se você quiser, por exemplo, se tornar o novo Satriani ou Jimi Hendrix do século XIX, num prazo de seis meses, há uma grande chance de se decepcionar em pouco tempo. E mais, você certamente vai desistir e querer abandonar tudo o que se refere à guitarra.

Comece estudando conteúdos correspondentes ao seu nível: se você é iniciante, fique nas escalas, acordes mais importantes (maiores, menores, em sétima, harmônicos etc.) e progrida no seu ritmo. Mas com segurança.

Se você já está num nível mais avançado da prática da guitarra ou do violão, verifique junto a um professor de violão ou guitarra qual é o seu grau  exato de estudos: pergunte o que você ainda pode aprender e fale de suas expectativas, de suas vontades, contextualizadas sempre em relação ao seu nível.

Os objetivos ajudam a determinar seu progresso na guitarra

Com metas realistas, você fica com os pés no chão e progride de maneira concreta e duradoura. Você pode, por exemplo, estabelecer objetivos como:

  • Ser capaz de tocar em um tempo mais rápido; praticar os exercícios mais depressa;
  • Conseguir fazer um solo três vezes na sequência sem errar;
  • Realizar um exercício de arpejo durante 5 minutos, uma vez olhando para os acordes, outra sem olhar;
  • Alcançar uma distância maior entre as casas do braço do violão;
  • Alternar acordes diversos de pestana, tocando cada um por dois segundos, no mínimo.

Podemos continuar dando exemplos para sempre. O importante aqui é saber que você precisa determinar tarefas concretas e realistas.

Que tal criar um caderno para as aulas de violão?

A ideia pode ser simples: mas que tal registrar aos poucos seus objetivos, com os prazos determinados para cada meta, seja num caderninho de anotações, num excel, ou no próprio smartphone? Isso pode ajudar bastante no acompanhamento das suas aulas.

Depois de cada aula, a cada semana, verifique se você conseguiu alcançar um ou dois objetivos. Acrescente também novos alvos, para enriquecer sua performance.

Essa é uma das chaves de sucesso para progredir na guitarra ou no violão: seja paciente, organizado, motivado e estruturado o suficiente. Com essas qualidades você vai aprimorar seus estudos sem nem mesmo se dar conta.

Ter objetivos claros ao estudar música é condição para  o aprendizado de algumas técnicas novas, e quem sabe daquelas músicas que você nunca pensou em tocar?

Objetivos pessoais, aulas individuais

Você só vai progredir nas suas aulas de violão ou guitarra, ou seguir um determinado caminho, em função do que estabeleceu lá trás como objetivo. Nada é por acaso.

Alguns só querer aprender o violão para tocar aquela música preferida. Outros só querem a guitarra para ser especialista de solos melódicos, outros querem se tornar mestres do improviso. Ou então ter aquela pegada nos acordes mpb, ou saber tocar um chorinho de cabo a rabo.

Objetivos e metas nas aulas de guitarra Descubra o que você quer com a música. E a música vai chegar até você.

As razões para aprender um instrumento são múltiplas, assim como nossas personalidades individuais. Os objetivos variam em função do nosso gosto pessoal, da nossa história, das nossas ambições de vida… O importante é saber qual é o seu objetivo.

Na verdade, é esse objetivo que é nossa estrela guia, que conduz nossas ações e nossos próximos passos.

Objetivos definidos também determinam seu percurso de estudante, seu jeito de tocar, suas horas de estudo, as técnicas a serem aprendidas, as dificuldades a serem enfrentadas…

Tocar guitarra e violão é uma maneira artística de se expressar, em grupo ou sozinho: abre horizontes, amplia a cultura e ajuda na socialização.

No final das contas, tenha em mente que o principal de tudo é se divertir: aprender guitarra ou violão não pode ser um sacrifício, mas um prazer. Só assim você vai garantir e levar a paixão musical para sua vida!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz