Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar

Guia: como preparar cursos da língua de Camões

De Camila, publicado em 13/07/2017 Blog > Reforço escolar > Português > Preparação de aulas particulares da língua do Brasil para professores

Diferente das aulas oferecidas pelo sistema escolar tradicional, o curso particular de língua portuguesa permite ao professor detectar as dificuldades específicas de cada aluno, ajudando-o de maneira personalizada e dando suporte específico de acordo com o objetivo de cada aprendiz.

Neste modelo de ensino, aluno e professor estabelecem uma relação de parceria, favorecendo o sucesso de ambas as partes.

O propósito do aprendiz pode ser a melhora das médias para não pegar recuperação, o aumento das notas para não repetir de ano, a preparação para o Enem ou o sucesso em uma prova específica.

O professor particular precisa detectar as necessidades individuais de cada aluno e trabalhar seguindo os requisitos da escola que ele frequenta.

Lições de reforço da língua portuguesa. Aula particular de português deve acompanhar o currículo nacional.

Se as aulas são feitas durante o Ensino Médio e têm como objetivo o Enem ou o vestibular, é de grande importância a expansão do programa de atividades pelo educador individual.

As explicações e exercícios devem prender o interesse do aluno e serem adaptadas ao nível de cada um para que eles consigam atingir o sucesso buscado.

Sendo assim, antes de cada aula particular de português, é preciso um mínimo de preparação da parte do professor!

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Avaliar o nível do aluno

O primeiro curso com um novo aluno é o momento ideal para professor e pupilo se conhecerem.

O tutor precisa, antes de mais nada, conhecer o nível do seu novato. Para um primeiro contato de sucesso, é preciso que o jovem ganhe confiança naquele que guiará seu aprendizado personalizado.

Diversos motivos podem levar um estudante a procurar aulas particulares:

  • notas baixas;
  • conflito com professores da escola;
  • falta de interesse pelas aulas;
  • falta de motivação para estudar;
  • falta de confiança em si mesmo.

Sendo assim, é muito importante que o professor se dedique também à reinclusão do aluno em uma rotina de estudos, devolvendo-lhe o gosto pelas aulas e pela matéria.

Aulas particulares representam um esforço e dedicação a mais da parte do aluno, assim como uma despesa financeira extra no orçamento familiar. Por isso é muito importante que o retorno seja rápido e eficaz.

O professor pode preparar um teste de avaliação de 15 minutos para detectar quais são os pontos cruciais a serem tratados:

  • conjugação;
  • nível ortográfico;
  • sintaxe;
  • leitura;
  • interpretação de texto;
  • literatura; etc.

Após o teste, o educador poderá estabelecer as principais deficiências a serem reforçadas, sempre tomando cuidado para seguir o currículo escolar.

Acompanhar o currículo escolar

As aulas particulares devem ser complementares ao que o aluno aprende na escola. Sendo assim, o professor de reforço da língua portuguesa deve acompanhar e trabalhar paralelamente ao conteúdo que é apresentado no currículo escolar do aprendiz. O tutor individual pode se informar com a própria escola ou seguir a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Tal estrutura é estabelecida pelo MEC e pode ser facilmente encontrada na internet.

A BNCC disponibiliza a relação dos pontos da língua portuguesa a serem abordados em cada fase do aprendizado. No entanto, a Base Nacional Comum Curricular é focada apenas no Ensino Infantil e Fundamental.

Para encontrar o programa adotado pelo Ensino Médio, os portais das Secretarias de Educação de cada estado são uma boa fonte oficial.

O conteúdo apresentado é obrigatório. No entanto, cada professor tem a liberdade pedagógica de abordar os temas de acordo com seu interesse e criatividade.

Sendo assim, é cativante para o aluno uma abordagem diferenciada sobre cada ponto da matéria, sempre respeitando o programa de base, claro!

O tão pouco amado dever de casa é essencial entre uma aula e outra. É através dele que o pupilo ficará sempre conectado ao aprendizado.

Complemento do português dado no colégio. As aulas de reforço são um complemento à matéria dada na escola.

Ser um complemento às aulas de português da escola

Grande número de pais esperam que o professor particular faça seus filhos trabalharem a partir das atividades que lhes foram dadas na escola. Tais exercícios são uma base importante para o tutor de reforço. No entanto, ele deve focar seu esforço em tornar a dinâmica das suas lições atraente ao aluno. Os conhecimentos pedagógicos do professor são ferramentas essenciais para que ele torne sua prática prazerosa e de fácil assimilação pelo aprendiz.

O ponto alto das aulas particulares é a possibilidade de se fazer um ensino sob medida. Tal esforço e dedicação às explicações, atividades e exercícios personalizados assim como a qualidade das aulas deve refletir no preço cobrado.

Durante as sessões individuais, o professor deverá manter seu foco na solidificação das bases da língua de maneira pluridisciplinar.

Como ajudar um aluno que tem dificuldades com ortografia?

Mesmo com a argumentação e as respostas corretas, a nota do estudante será sempre deficiente se a ortografia estiver carregada de erros.

O trabalho do professor é de fornecer listas de vocabulários de acordo com os erros recorrentes do aprendiz. Um bom exemplo disso acontece durante a utilização de palavras homófonas. Elas são pronunciadas de maneira idêntica, mas possuem significados distintos. A utilização de “acento” e “assento” nas frases e textos é uma demonstração da dificuldade que o jovem pode encontrar na hora da redação. É importante, então, um reforço na base da língua através de pequenos ditados.

Como melhorar a gramática do aprendiz?

Quando o aluno começa a confundir regras gramaticais de base, é essencial que as aulas de reforço sejam voltadas a uma revisão destas normas primárias. Uma boa sugestão é a introdução de uma explicação ligada ao tema durante a leitura de um texto.

Como auxiliar o aprendizado da sintaxe?

Prática fundamental para o desenvolvimento das habilidades de uma boa sintaxe é a da escrita. O aluno deve se habituar, então, a redigir muitos textos, sejam eles curtos ou longos.

Enquanto professor particular, você pode propor redações com temas ligados ao campo de interesse do jovem. Desta maneira sua motivação e imaginação serão maiores. As produções escritas devem ser bem estruturadas e apresentarem um desenvolvimento lógico.

Não se desespere se o aluno “atirar para todos os lados” na hora da redação: isso é perfeitamente normal. Pode ocorrer uma mistura de linguagem formal e coloquial assim como a presença de frases que nem mesmo o próprio autor compreenda na hora da releitura. O trabalho do professor é o de reforçar o ensino da expressão escrita, incentivando a construção de frases curtas com um vocabulário formal.

Os pupilos devem aprender a gostar da língua. As aulas de reforço devem ser divertidas para os alunos.

Construir uma aula de português

Reforço da metodologia de ensino

Um grande número de estudantes não sabe organizar o trabalho escolar de maneira eficiente. O resultado da falta dessa habilidade é presenciado ao final de cada trimestre com as notas baixas.

Ditados

Durante uma prova, o aluno tem o instinto de se precipitar ao responder uma determinada questão, acarretando na multiplicação dos erros. Tal atitude é presenciada principalmente durante exercícios de ditado.

Uma boa abordagem das aulas particulares é a proposição de ditados de 3 frases por sessão. Quanto mais prática o aluno tiver, melhor será sua conjugação, pontuação e ortografia da língua portuguesa. Sendo assim, quanto maior o número de exercícios, melhor será o desenvolvimento do aprendiz.

Redação

Ao que diz respeito à produção de texto, o educador deve dar atenção ao desenvolvimento do tema estruturado em uma dissertação. Ele deve possuir 3 partes: introdução, desenvolvimento e conclusão. Durante o tempo do curso, o tutor pode, então, auxiliar o aluno na construção de uma estrutura correta para a redação.

É igualmente importante que o jovem aprenda a “domar” sua imaginação, pois ela pode fazer com que ele se perca no processo da escrita.

Revisão do básico

O professor particular deve construir suas aulas de português em função de conhecimentos a serem adquiridos.

A poesia, por exemplo, é considerada pelos mais jovens como um gênero literário complicado. Rica em um vocabulário específico, ela necessita de um certo conhecimento para sua compreensão.

No início, o aluno só enxergará as rimas e o número de versos por estrofe. E o fato de conseguir distinguir versos de estrofes não é suficiente para o aprendizado completo.

O professor tem por missão ajudar o pupilo a reconhecer os campos lexicais, semânticos e as figuras de linguagem que o permitirão de avançar no conhecimento da língua.

Propor exercícios como exemplos

Se o professor explica passo-a-passo uma teoria, o aluno deve colocá-la em prática para melhor assimilação. Nada mais indicado do que exercícios relacionados ao que acabou de ser aprendido.

No entanto, as atividades não devem durar horas a fio, pois o curso de reforço tem um tempo limitado. Para otimizar o cronograma das aulas, o mais aconselhável é a proposição de atividades que durem entre 15 e 20 minutos. Assim o aluno tem tempo suficiente para pensar sobre o que foi apresentado e ainda receber explicações ligadas às suas dúvidas.

Exercícios de longa duração devem ser dados como dever de casa, para serem feitos fora do horário da aula.

Criar um ambiente lúdico e interativo

As aulas particulares devem conter um ambiente bem humorado e descontraído.

Levar um assunto a sério não quer dizer abordá-lo de maneira monótona e entediante.

O tutor de reforço tem a oportunidade de criar um momento no qual o aluno irá aprender a redescobrir e a amar a língua portuguesa.

A internet está à disposição do ensino e propõe diversos tipos de jogos pedagógicos online. Use a abuse da sua criatividade e das ferramentas que estão ao seu alcance.

Para casa é importante sim! O dever de casa é essencial para o aprendizado do aluno.

Prever exercícios para as aulas seguintes

Entre uma aula e outra, o professor deverá estimular a dedicação do aluno à sua matéria. Pesquisa em livros ou na internet sobre temas abordados nas lições pode ser uma boa opção.

Assim como o professor da escola, o tutor de reforço também é aconselhado a passar deveres de casa aos pupilos. Isso os dará maior oportunidades de aperfeiçoamento em seus pontos fracos.

A abertura das várias possibilidades da língua portuguesa se faz igualmente essencial. Para tal prática, a indicação de leituras complementares e adaptadas à faixa etária do aprendiz é o mais aconselhável.

 

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *