Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Como conseguir boa nota na prova de álgebra e geometria do Enem?

De Carolina, publicado em 30/11/2016 Blog > Reforço escolar > Matemática > Como ir bem no vestibular em matemática?

Para quem quer continuar seus estudos nas ciências exatas, a prova de matemática é sempre a mais importante. Na maioria das vezes, ela tem um peso maior na contagem dos pontos e, se fizer a segunda etapa do vestibular, é a que mais conta.

Então, para que tudo corra bem com seus cálculos, símbolos, teoremas e números, vamos te dar algumas dicas para a hora H. Antes de qualquer coisa, saiba a dica mais importante: o pânico não vai te ajudar nadinha de nada. Ao contrário, só pode te atrapalhar.

Guardou bem esse conselho? Ok, agora calma e prepare-se para muitos estudos e dedicação, mas com calma…

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Prova de matemática: dicas antes do vestibular ou Enem

Todos seus esforços feitos nos últimos três anos de ensino médio (no mínimo) são um ótimo indicador de suas futuras chances de conseguir uma nota boa na prova.

Porém, o período de intensivo ou revisão geral é determinante. Ele pode durar umas semanas para uns e meses para outros. Para não dar bobeira, veja aqui algumas pistas concretas para ir bem na prova…

1. Estudar seus pontos fracos antes

Esse período de revisão antes das provas do vestibular ou do Enem serve sobretudo para trabalhar seus pontos fracos. Claro, consolidar seus pontos fortes é também recomendado, mas não deixe suas lacunas falarem mais alto no dia D! Identifique todas as matérias do programa que forem problemáticas este ano e multiplique os números de exercícios dados em aulas de matemática ou outros exercícios sobre o tema!

O pânico é o pior inimigo em dia de exame Não adianta se desesperar na hora H

Para que a revisão dê resultados ainda melhores, você deve se organizar e ser pragmático. A dispersão é inimiga de uma boa prova de vestibular ou Enem. Por exemplo,  reler as anotações de uma aula de matemática que você não entendeu da primeira vez não vai adiantar muita coisa. Utilize outros materiais didáticos sobre o assunto como livros, quiz, fóruns, sites, vídeos na internet. Analisar os exercícios corrigidos também pode ajudar.

2. Estude em grupo para o vestibular ou Enem

Existem os não sociais… Talvez possa ser o seu caso, é difícil de te ver estudando em grupo. Mas sem ter nenhuma patologia extrema nesse caso, é sempre melhor estudar com outras pessoas. Atenção na hora de escolher o grupo: nem pense naqueles seus amigos que só gostam de zoar.  Dê preferência para aqueles que querem realmente passar de ano, ter notas boas no Enem e no vestibular.

As revisões em grupo são sempre mais estimulantes e muitas vezes mais produtivas que fazê-las sozinho. Cada um tem seus pontos fortes e pode ajudar os outros que não são tão fortes neles. Mesmo com uma certa tendência a bagunça, o grupo pode se separar e se organizar em determinados conteúdos ou matérias.

Escolha os conteúdos para estudar com seu grupo. Cada ponto tem que ser revisado profundamente. Claro, os que sabem mais sobre determinado assunto vão ajudar muito e os que não sabem serão muito importantes também porque vão fazer boas perguntas sobre o tema, o que pode salvar todo mundo.

3. Veja as provas passadas

Alguns se recusam a fazer isso por superstição. Sempre há a mesma lenda todos os anos: eles vão repetir questões da prova de 3 anos atrás… Ou, ao contrário, com certeza não vai cair a mesma coisa do ano passado na prova de matemática deste ano… Suposições que só atrapalham, nunca se transformarão em certezas. Então, por que utilizar as provas passadas para estudar para este ano?

Estude exames dos vestibulares passados Questões de outros anos podem ajudar na revisão

Não é para fazer apostas, com certeza. O objetivo aqui é diferente: ver e compreender qual é o andar da carruagem da prova. Analisar o tipo de questão que você terá pela frente no dia D. Afinal, você poderá ir muito melhor se saber quais são os tipos de exercício da prova de matemática do vestibular de tal faculdade e saber de letra como funciona a transdisciplinaridade do Enem na matéria.

4. Fazer fichas de revisão para vestibular ou Enem

As fichas podem ser uma bela saída para revisar mais rapidamente. Você pode confeccioná-las sobre o que aprendeu em suas revisões em grupo, na aula de matemática, quando estudou para as provas da escola etc. Ainda mais para matemática que é cheia de fórmulas, teoremas e definições para aprender.

Mesmo se você não é muito cuidadoso, tente adotar um padrão estético para fazer suas fichas. Assim será mais fácil de destacar os pontos mais importantes de suas aulas de matemática.

Seja organizado na hora de anotar as matérias As anotações ajudam muito na hora de revisar

O simples fato de escrever todo o conteúdo, suas definições e outras fórmulas ajuda a assimilar melhor a matéria. Quando elas estiverem completas, elas serão seu principal meio de revisão.

5. Fazer algumas aulas particulares para preparar para a prova

Não ignore suas dificuldades mais arraigadas, antigas e cabeludas!  Para isso, o melhor a fazer é pegar umas aulas particulares com um professor de matemática. Só ele poderá tirar aquela sua dúvida que já esperou anos e anos para ser respondida. Há muitos alunos com defasagens que só o professor particular é capaz de detectá-la e explicá-las de uma vez por todas. Engano seu se pensar que você é muito bom para pegar algumas aulinhas… Não existe nível para pedir ajuda para um profissional!

Fazer algumas horas de aula particular com um bom professor, estudante de engenharia, vai te ajudar a enfrentar, olhos nos olhos, seus piores medos em matemática. Pode ter certeza que ele terá toda a didática para te explicar de um jeito diferente daquele de seus colegas e professores da escola.

Você terá a oportunidade de ver e combater todos os seus pontos fracos com ele!

Depois do vestibular ou Enem, você poderá se preparar para provas de concurso, por exemplo, ou estudar para matérias como cálculo, estatísticas etc.

Dicas para o Dia D

Você já está se preparando por todo esse tempo para prova de matemática. No dia D, não vale fazer feio! Esqueça tudo que possa ter uma relação com stress, cansaço, dúvidas, bloqueios, fome…

Lembre-se sempre do seu objetivo e o quanto lutou para chegar ali, naquela sala, fazendo aquela prova. Veja aqui algumas dicas importantes para o dia D!

6. Tenha uma boa escrita

Todos seus professores já te falaram, mas não custa repetir mais uma vez: escreva com capricho, de maneira organizada e legível. Preste muita atenção na sua escritura, mesmo em matemática. Pense em uma prova de segunda etapa cheia de símbolos, fórmulas, definições, números… Se isso tudo não estiver legível, sua nota será 0, simplesmente.

Não vale fazer feio no dia D Concentrados para a prova do vestibular?

Considere que o seu examinador tem centenas de provas para corrigir como a sua. Por isso, ele não vai tentar ler mil vezes seu garrancho com marcas de borracha, traços, manchas de tinta de caneta, lápis… Tudo isso será um ponto a menos para você na cabeça de seu examinador. Não corra o risco! Aliás, sempre é bom ter uma bela letra, mesmo se hoje escrevemos menos no papel e mais em computadores e smartphones. Acredite!

7. Calculadora e fórmulas para a prova de matemática

Vários estudantes cometem o mesmo erro com a calculadora…

Esses minicomputadores fáceis de transportar são um reflexo às vezes muito automático, diríamos… Podemos encontrar todas as fórmulas utilizadas pelos alunos nela, o que é bem prático durante o ano letivo ou para as provas (nas raras vezes que podemos utilizá-la…).

Vários caem na pegadinha de fazer os cálculos na calculadora nas aulas e esquecer como se faz na hora h nas provas… O problema é que no dia D será tarde demais para aprender as fórmulas e métodos…

E se você puder usar a calculadora? A pilha acabou? Você não será o primeiro nem o último durante a prova a esquecer de trocar a pilha…

Então, não esqueça de verificar se a pilha está ok, se sua calculadora está carregada etc.

Mas o conselho mais importante é não se concentrar na máquina durante a prova. Tente fazer os cálculos de cabeça, principalmente durante as aulas e revisões. Pode acreditar, se exercitar bem a sua cabeça, ela não vai falhar. Já a sua calculadora…

Faça como os profissionais e craques em matemática, memorize as fórmulas e conceitos mais importantes.

8. Preparação física e psicológica antes do vestibular ou do Enem

A preparação física e psicológica na hora do vestibular e do Enem são tão importante quanto estudar bem para as matérias. Não custa nada reforçar isso, porque a gente nunca sabe como será nosso estado no dia D. Mas para evitar qualquer tipo de surpresa, tome algumas precauções como:

  • Durma bem 2, 3 dias antes da prova. Se não conseguir, faça um pouco de exercício físico para ter a fatiga natural (não vai ficar horas na academia, hein?). Um livro pode ser também um bom aliado para te relaxar e fazer o sono chegar. O cansaço é o inimigo nº 1 das capacidades cognitivas.
  • Coma equilibrado para não ficar cansado durante a prova. A fome ou uma digestão pesada vão prejudicar sua concentração na hora H.

Depois não fale que não avisamos... Depois não fale que não avisamos…

  • A prova de matemática vai exigir muito do seu raciocínio. Você pode fazer pequenas pausas de 2, 5 minutos durante a prova para descansar seu cérebro.

9. Explique seu raciocínio no dia D

A essência da prova de matemática é de poder explicar como o aluno, a partir dos seus conhecimentos, chegou a tal resultado. Normalmente, alguns professores dizem que o resultado final de um cálculo não é o mais importante. O principal é mostrar como você chegou a tal conclusão, qual foi o seu raciocínio para solucionar o problema.

Então, a prova do vestibular ou do Enem é a ocasião perfeita para mostrar todo o seu raciocínio e conhecimento. Isso vai conduzir o examinador na direção certa, para entender melhor sua lógica. Com isso, você vai lhe mostrar o que sabe também. É agora ou nunca para praticar tudo aquilo que tanto estudou durante suas aulas de matemática.

10. Não ficar preso a um exercício

O bloqueio, o inimigo de todos os vestibulandos. O stress não vai todas as suas capacidades cognitivas em forma. Isso acontece. Neste caso, é inútil ficar preso, travado em um exercício para sempre. Não é raro lembrar como se faz o exercício cabeludo após passar para um outro mais fácil. Então, não pare na pista, já dizia Raul Seixas…

E se a resposta não vier depois de terminar todos os outros exercícios, não se preocupe. É sempre melhor tentar ganhar outros pontinhos com os outros que se preocupar com um e fazer os outros mais ou menos.

E boa sorte para seu futuro nas ciências exatas!

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz