Música Reforço escolar Idiomas Aulas particulares
Compartilhar
3

Aprender a língua inglesa com um professor particular em casa

De Fernanda, publicado em 20/06/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como otimizar suas aulas de inglês?

Fazer aulas de inglês é uma oportunidade para poucos.

Um verdadeiro luxo, acessível para uma pequena camada da população brasileira.

É por isso que não se podemos desperdiçar essa grande oportunidade e sim conseguir tirar o máximo proveito dessas poucas horas para melhorar o seu inglês.

O Superprof.com.br explica aqui a melhor forma de usufruir de suas aulas particulares de Inglês.

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Aproveite o encontro presencial para aprender inglês

Vamos falar a verdade: alguns alunos encaram essas aulas particulares como uma cruel punição imposta por seus pais. Uma tortura. Às vezes isso pode ser até compreensível, quando a escola já ocupa horas demais da vida dos jovens. Ou então quando a metodologia em questão provoca traumas no estudante.

Em suma, nem sempre é fácil aceitar essa situação. Mas é acima de tudo uma grande oportunidade, como já dissemos acima.

E, além disso, essas aulas particulares podem ser muito mais divertidas do que aquelas aulas tradicionais em grupo que todos já vivenciaram. Frequentar uma aula com trinta alunos é também ter de se adaptar ao ritmo dos outros, aos outros comportamentos e, acima de tudo, ao fato de que o professor precisa se concentrar em todos os alunos ao mesmo tempo.

Você já pensou que, quando você está frente a frente com um bom professor de inglês, 100% da concentração dele está voltada para você e para o ensino de inglês? É por isso que, mesmo se o aluno não optou voluntariamente por essas aulas particulares (não estamos dizendo que este é o caso para todos, pelo contrário!), é importante aproveitar ao máximo o momento e aprender bastante.

Como fazer render seus estudos. Como aproveitar melhor suas aulas de inglês?

O professor particular vai começar apresentando seu programa e como ele adaptou o conteúdo aos seus objetivos pessoais. É uma maneira de você se preparar e prever suas possíveis dúvidas e dificuldades. Se suas aulas estão indo bem e o relacionamento com o professor é bom, é até possível que você vá termine rapidamente esse programa.

É sempre bom ver conteúdos novos, inusitados e diferentes: faça um esforço nesse sentido, e tente enxergar além do que foi estabelecido a princípio. As aulas são construídas em conjunto, para que lhe deem ainda mais interesse e motivação.

Para aqueles que detestam sair da zona de conforto, podemos dizer: sim, é compreensível, mas comece a enxergar essas aulas como um verdadeiro bônus pessoal e acadêmico. Se você acha que elas são hoje uma perda de tempo (gastam o que seria seu tempo para lazer, por exemplo), diga para você mesmo: elas vão fazer você economizar tempo amanhã. Isso faz sentido, não faz?

Peça ao professor de inglês para se concentrar em suas dificuldades

Para aproveitar ao máximo suas aulas de inglês, é preciso planejá-las com inteligência. E o seu professor está lá para lhe ajudar. Ele vai se concentrar sobretudo no programa definido, mas também irá procurar entender quais são seus pontos fracos em inglês; eles serão prioridade. Claro, é sempre interessante reforçar os pontos fortes de um estudante por meio da consolidação dos conhecimentos, mas o primeiro objetivo de uma aula particular é eliminar todas as dificuldades existentes na língua!

Assim, se o aluno tem dificuldades reais na expressão oral (que é, infelizmente, muitas vezes o caso dos estudantes brasileiros), o professor irá, portanto, se esforçar em fazê-lo falar bem. Se expressar em inglês não é atividade tão frequente nas aulas regulares do ensino fundamental e médio. Muitas vezes o foco é na expressão escrita, sobretudo nos anos que antecedem o vestibular. Devemos, portanto, aproveitar ao máximo esta oportunidade de estar com um professor que vai lhe ensinar as noções básicas da fonética inglesa.

Da mesma forma, digamos que a dificuldade do aluno esteja na gramática ou na compreensão escrita. Na sua escola os professores pedem frequentemente dissertações e exercícios de interpretação de texto? Perfeito. Peça ao seu professor particular para dar foco nesse conteúdo! Isso vai ensiná-lo a compreender o texto em inglês muito mais rápido. Se você tiver dificuldades com tradução, seu professor pode lhe dar dicas e ferramentas úteis na hora de traduzir um texto do inglês para o português.

Aprender inglês é descobrir os diferentes aspectos da língua. Fato. Exatamente como aqueles que mencionamos acima (gramática, sintaxe, fonética, traduções), mas também a compreensão oral e expressão escrita, por exemplo. Para superar eventuais dificuldades que você talvez tenha em algum desses aspectos, as aulas particulares são perfeitas!

Aproveite sua aula de inglês para se preparar para exames ou lições de casa

Como ir bem nos exames da escola. Perca o medo das provas! Faça aulas particulares de inglês e tire tudo de letra!

O objetivo de fazer um curso ao longo do ano tem dois aspectos: adquirir sólidos conhecimentos em um determinado assunto, em primeiro lugar, mas também saber utilizar esses conhecimentos em todos os contextos da vida. Como, por exemplo, em avaliações e provas. Para ter sucesso em todos os exames, as aulas são sempre uma grande ajuda.

Mas vamos nos concentrar aqui nos exames. Durante um ano escolar, um estudante passa por dezenas de provas. E o inglês não é exceção a esta regra.

Não importa o tipo da prova: sobre verbos irregulares, gramática, interpretação de texto ou expressão oral!

É claro que as aulas particulares estão lá justamente para isso: para ajudá-lo nos momentos mais difíceis de aprender a língua. E fazer a revisão da matéria não é tarefa fácil para todo mundo. Muitos alunos têm problemas ao estudar sozinhos e precisam de apoio de alguém que domine o idioma.

Revisar exige concentração e organização. Um profissional que conheça seu histórico escolar, suas dificuldades e seus erros frequentes certamente saberá como orientá-lo na hora do vamos ver! É uma maneira muito eficaz para conseguir notas e conceitos altos no futuro.

Claro, o que acabamos de dizer se aplica também – e sobretudo – a preparação para o vestibular ou o Enem. São nesses exames que o bicho pega!

Claro que, nesse momento tão decisivo da sua vida, é muito prudente recorrer a um profissional que o oriente durante algumas horas por semana. Os preços das aulas de inglês podem ser bem acessíveis. Pagando uma média de 45 reais a hora, você consegue encontrar um professor perto de você.

Um investimento que vale muito a pena, pois lhe servirá para toda a vida. Nessa hora, um esforço a mais é sempre bem-vindo. Além disso, você ainda pode tirar todas as suas dúvidas com um profissional que está lá para atendê-lo.

Aulas particulares para praticar e melhorar a expressão oral

Como já dissemos acima, as aulas de inglês no ensino fundamental e no ensino médio no sistema educacional brasileiro nem sempre têm foco na expressão oral e na conversação.

A aquisição dos conhecimentos básicos – gramática, conjugação, vocabulário – são prioridade. O que é muito bom. No entanto, sabemos que na hora de viver uma língua, a parte oral conta muito – seja em sua vida profissional, acadêmica ou pessoal, como nas viagens.

Muito raramente, durante a sua vida escolar, pelo menos até o ensino médio, você tem a oportunidade de se sentar na frente de alguém que seja bilingue e conversar livremente com ele. Assim, por 1 hora ininterrupta. Seu professor de inglês pode lhe mostrar os recursos para se tornar bilíngue em inglês.

Expressão oral: como aprender. Como aprimorar seu inglês para situações do dia a dia?

No entanto, se há uma maneira de progredir rapidamente em inglês, é por meio da prática da conversação. Ela estimula todos os aspectos da língua nos interlocutores, especialmente para aqueles que estão iniciando seus estudos. Como, por exemplo, no caso do entendimento dos sotaques (veja nosso artigo sobre como melhorar sua pronúncia no inglês). Praticar a conversação ajuda a entender as diferenças entre o sotaque americano, o britânico e o escocês… Compreensão oral é realmente um componente essencial do conteúdo de inglês.

É importante aproveitar a presença do professor particular para falar bastante, uma excelente oportunidade para melhorar a fluidez da comunicação. Quando começamos a falar, mesmo se tivermos uma boa base gramatical e um bom vocabulário, nós travamos em alguns momentos, gaguejamos. Nosso cérebro cria pequenos bloqueios na tentativa de pronunciar corretamente as palavras e construir as frases de maneira fluida.

Em suma, é comum não termos aquela fluidez de cara. É possível, no entanto, adquirir rapidamente fluidez por meio de conversas frequentes. É com a conversação que consolidamos a fonética e também conseguimos desenvolver uma espécie de “alter ego inglês“.

Gradualmente, além do fato de transmitir suas ideias em outro idioma, você aprende a transmitir seu humor e suas emoções em uma língua estrangeira. Sua verdadeira personalidade. E todas essas etapas são alcançadas por meio da conversação. Daí a utilidade de um bom professor particular!

Fazer uma “revisão geral” na primeira aula de inglês

Quando mencionamos uma “revisão geral” com a ajuda de um professor, estamos falando, é claro, de revisar com ele as bases dos seus conhecimentos da língua inglesa.

Quais as técnicas para aproveitar sua aula de inglês. É preciso começar retomando o que você já sabe….

Em algumas situações, o fato de começar com um ensino de má qualidade causa dificuldades sérias na evolução dos estudos. Se as bases da língua estrangeira não são assimiladas, você pode ter problemas futuramente, ao tentar progredir para níveis superiores!

É por isso que o Superprof.com.br recomenda aproveitar ao máximo suas aulas particulares de inglês. Peça ao seu professor para vocês reverem juntos as bases do conteúdo.

Além disso, cabe a você escolher um professor de inglês que atenda às suas necessidades.

É preciso dizer que, em comparação ao português, o inglês apresenta, em geral, uma conjugação mais simples. Por isso, basta dominar os fundamentos do idioma, e isso passa infelizmente pela assimilação dos verbos irregulares!

Idem para a gramática, fundamental para compreender a sintaxe inglesa, muito diferente da língua portuguesa.

Possuir uma boa gramática lhe permite praticar um inglês fluente. Isso vai ser sempre uma vantagem aos olhos dos professores, diretores, gerentes, recrutadores….

Compartilhar

Nossos leitores curtem este artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *