Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Superprof uma comunidade de
1.421.871
professores particulares independentes
TOP 10 professores
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Matemática
Inglês
Inglês
Italiano
Teatro
Fotografia
Português para Estrangeiros
Inglês
Inglês
Inglês
Programação
Fotografia
Teatro
Química
Inglês
Inglês
Superprof uma comunidade de professores particulares independentes
TOP 10 professores
Música Violão e Guitarra Reforço escolar Matemática Idiomas Inglês Aulas particulares Dar aulas particulares
Compartilhar

Saiba como aproveitar ao máximo suas aulas de guitarra

De Fernanda, publicado em 07/11/2016 Blog > Música > Violão > Como otimizar as aulas de violão?

Para aprender a tocar bem violão ou outro instrumento, não existem quinhentas opções: a verdade é que você tem de passar pelas aulas e pelos estudos. Mesmo se você quiser apenas tocar entre amigos, começar a fazer shows com sua banda ou se quiser aprender um estilo musical diferente.

Até os melhores músicos que se dizem autodidatas (e que no fundo não são tantos assim) passaram ao menos uma vez na vida por algum curso ou aula.

Estudar música faz bem em muitos sentidos: você aprende as escalas, o solfejo, novas técnicas, tem um enriquecimento cultural, abre a mente, aumenta seu repertório musical, com os novos estilos que vai descobrir.

Além disso, as aulas de violão trazem muitos benefícios pessoais: desenvolvimento de habilidades diversas, compartilhamento de emoções, expressão do seu caráter, diversão ao tocar as músicas que gostamos.

Estudar com um profissional experiente também é vivenciar tudo isso, é ter alguém do seu lado que atenda suas expectativas, objetivos e que se adapte ao seu nível de estudos.

Aprender guitarra com um professor experiente Que tal encontrar um professor particular que ensine tudo o que você sempre quis?

Além disso, ele vai esmiuçar conteúdos e orientá-lo sobre todos os caminhos possíveis para o conhecimento do instrumento (por meio de exercícios práticos e teóricos), além de estar sempre presente, apresentando novos estilos e artistas que você nunca teria tido contato.

Com aulas particulares, você compartilha uma mesma paixão desse universo incrível que é a música.

Mas como aproveitar ao máximo esses momentos?

Mariana

Nossos professores são realizados

”Com o Superprof, eu consegui encontrar alunos sérios, motivados e com vontade de aprender. Eu recomendo o Superprof!”

Prepare-se para estudar violão

Uma das vantagens de fazer aulas particulares de violão é: não importa qual método você siga ou qual o estilo do seu professor, você nunca mais vai se esquecer dos ensinamentos aprendidos.

Isso porque, ao seguir aulas particulares, você vai desenvolver aos poucos suas habilidades e criar novos e bons hábitos que vão se transformar na base do seu jeito de tocar.

Se você adotar bons hábitos e movimentos, com certeza vai ser capaz de tocar qualquer estilo de música. Já no caso contrário, uma hora ou outra vai ficar estagnado e cheio de vícios. Não vai ser fácil tocar guitarra.

Como se preparar bem para a aula

Cursos particulares ajudam muito na aquisição de noções sólidas de música, no plano teórico e prático.

Para seguir em frente com esse novo aprendizado e progredir sempre, pense em se preparar antes das aulas, treinando em casa ou até na casa de amigos.

Como treinar suas aulas de guitarra Não se esqueça: praticar nunca é demais!

Refaça os exercícios que seu professor passou na aula anterior, treine primeiro com calma e depois aumente a velocidade.

Quando o assunto é guitarra, frequência, intensidade, repetição e paciência são palavras-chave que ajudam muito nos estudos.

Treine exercícios específicos antes da aula de guitarra

Depois, se você se sentir à vontade com o que seu professor propõe, fale abertamente com ele: revejam juntos qual é o seu nível (como profissional, ele vai saber avaliar tranquilamente) e adapte as aulas de violão em função dos seus objetivos.

Peça para seu professor lhe dar músicas ou trechos de canções do seu estilo preferido, pergunte se existem exercícios básicos para fazer em casa, como por exemplo treinar as diferentes escalas: maior, menor, pentatônica, de blues (que na verdade é uma pentatônica mas com notas de blues), em sétima, e muitas outras.

Existem trechos de músicas mais ou menos simples (dependendo do seu nível, claro), que são fáceis de praticar e podem ajudá-lo a progredir rapidamente. Você vai se superar!

Aproveitando as aulas particulares de violão

Uma questão de respeito ao professor

Antes de mais nada, saiba como encontrar seu professor ideal aqui no neste artigo.

É evidente que a primeira coisa que você deve fazer ao começar aulas de violão – e isso é o mínimo – é chegar sempre no horário, sem atrasos.

A pontualidade também é sinônimo de respeito perante seu professor, que sempre está lá, pronto para transmitir conhecimentos e nutrir a sua paixão. Além disso, claro, é um sinal de compromisso e dedicação perante a música em geral e a aprendizagem de violão.

Curso de violão particular Pense no compromisso e no respeito que deve manter com seu professor!

Da mesma maneira, é interessante que você sempre vá com seu material em mãos para as aulas. Pode parecer até um pouco ingênuo, mas não é papel do seu professor ficar carregando os papeis com exercícios, suas partituras ou tablaturas, muito menos os equipamentos ou acessórios como um capotasto, conjuntos de cordas extras ou palhetas.

Enriqueça a relação com seu professor

Para que as aulas sejam sempre interessantes e tragam sempre algo de novo, é fundamental que você participe ativamente dela, seja protagonista e não um mero espectador.

Tudo está no caráter da relação que você estabelece com seu professor de violão ou guitarra: você tem de alimentar essa relação, tem de ser curioso, perguntar, pedir exercícios para treinar, conselhos, dicas de músicas interessantes para seu estilo e seu nível de prática.

Como estabelecer uma relacão com seu professor de guitarra Interaja com seu professor: sua aula será muito mais divertida e produtiva!

Quanto mais você solicita o seu professor, mais ele fica satisfeito em ajudá-lo e orientá-lo para que você progrida em seus estudos.

Aproveite que vocês já têm algo em comum: a paixão pela música! Fale sobre esse assunto, pergunte seu gosto musical, sua opinião sobre determinado guitarrista ou técnica, dicas de como enfrentar determinada dificuldade.

No geral, professores adoram alunos curiosos e entusiasmados; por isso você certamente vai ter mais informações depois de sair das aulas.

E depois da aula?

É claro que os estudos não acabam depois da duração de uma hora do curso. Antes que esse tempo chegue ao fim, comece a pensar em como vai ser a próxima aula, expondo suas expectativas juntamente com seu professor.

É preciso voltar em algum ponto que não ficou legal? Existe algum jeito de melhorar a técnica da palheta que utilizou, ou o posicionamento de uma das mãos? A sequência de acordes soou bem? E aquele solo, será que ficou fluido ou vale tocar mais uma vez?

Ao longo de sua aula de violão, seu professor vai certamente corrigir você, dar dicas e orientações para que você consiga aperfeiçoar as técnicas e conseguir tocar melhor uma música ou um trecho específico.

Não espere muitos dias depois da aula para pegar no seu instrumento e praticar; o quanto antes e mais você treinar o que viram na aula passada, melhor para seus estudos.

Com a memória fresca, as orientações parecem mais fáceis de se seguir.

Prepare sua próxima aula

Quando você estiver em casa e tiver um tempo disponível, aproveite para se preparar para o próximo curso. Comece pensando nos momentos em que encontrou dificuldade durante os treinos: uma música um pouco mais complicada de tocar, um solo que está saindo meio truncado; uma batida que não parece redonda: faça uma lista dessas dificuldades em um caderno de anotações para levar ao seu professor. Pode até utilizar seu smartphone! O importante é registrar suas dúvidas e seus pontos que necessitam reforço.

Não deixe nada de fora, leve tudo para a aula: assim, seu professor ficará por dentro dos seus treinos e poderá ajudá-lo mesmo quando não estiver presente. Muitas vezes essas dúvidas aparecem quando estamos sozinhos. E resolvê-las é essencial para que você possa avançar e progredir de nível.

Quanto mais conversar com seu professor, mais vai esclarecer pontos obscuros; só assim ele poderá ter a noção completa de como avançam seus treinos. E vai poder, desse jeito, adaptar ou complementar sua metodologia em função das suas necessidades.

Você também pode complementar seus estudos com outros materiais de apoio.

Outros materiais de apoio para estudar guitarra

Com a Internet, hoje em dia é moleza ter acesso ao conhecimento para aprender o que você quiser. A Internet revolucionou os métodos de ensino e traz inúmeras opções de apoio para sua aprendizagem de violão ou guitarra.

Mas é preciso saber fazer a triagem e escolher conteúdos de qualidade e apropriados para você!

Os videos tutoriais, por exemplo, são uma boa fonte de informação, trazendo exercícios específicos e com a vantagem pedagógica do visual e do áudio.

que tal usar videos para aprender guitarra? Tutoriais no Youtube e outros canais facilitam a vida do guitarrista aprendiz!

Muitos sites especializados também propõem videos de qualidade e extremamente didáticos. Conheça alguns deles:

  • Cifraclub: site brasileiro bem completo que traz vídeos explicativos, partituras e muitas ferramentas (metrônomo, dicionário de acordes, afinador), para apreciadores de todos os estilos musicais.
  • Guitar Player Brasil: esse canal do Youtube tem centenas de vídeos com diferentes músicos (baixo, guitarra, violão) em aulas de duração diversas. Mais voltadas para a prática do instrumento.
  • Guitar Bob: um site de referência (em inglês) para todo guitarrista e amante do universo da guitarra em geral, voltado mais para  rock. Centenas de lições em vídeo.
  • Guitar Dreams: um site para guitarristas em nível avançado, com muitas técnicas e aulas em vídeo.
  • Que tal aulas de guitarra ou violão por webcam?

Os métodos tradicionais impressos, livros e periódicos também são bem validos. Os autores de métodos impressos mais conhecidos são:

  • Henrique Pinto, pela Editora Ricordi
  • Almir Chediak, pelas Edições Irmãos Vitale
  • Nelson Faria, pela Editora Lumiar

Nada substitui as aulas de guitarra e violão

No final das contas, você já sabe: fazer aulas de música é a melhor saída para aprender bem um instrumento. Mas além disso, é uma ocasião incrível para enriquecer sua cultura musical e abrir horizontes conhecendo estilos e gêneros novos.

Você ainda tem a liberdade de determinar quais são seus objetivos com seu curso, e quanto está disposto a pagar pelas aulas particulares.

É uma oportunidade única para compartilhar uma paixão com um profissional que, também do seu lado, quer transmitir conhecimentos teóricos e práticos.

E você? Que tal começar seu curso agora?

Compartilhar

Nossos leitores adoram deste artigo
Este artigo trouxe a informação que você estava procurando ?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar
wpDiscuz